Casa N / A3 LUPPI UGALDE WINTER

Casa N / A3 LUPPI UGALDE WINTER

© Albano García© Albano García© Albano García© Albano García+ 41

Belén de Escobar, Argentina
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  313
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Albano García
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Adobe, Agüero, Aquabelle, AutoDesk, DE OTRO TIEMPO, Grupo Moras, Napoli, SBG, Sabato Paglioca, Wellpack
  • Arquitetos Responsáveis:Santiago Luppi, Javier Ugalde, Andrea Winter
  • Engenharia:Conest SRL
  • Paisagismo:BM
  • Consultoria De Concreto E Alvenaria:Diaco Construcciones
  • Consultoria Instalações Hidrossanitárias:Piunti hnos.
  • Consultoria Instalações Elétricas:Villalba hnos.
  • Consultoria Instalações Termo Mecânicas:Arq. Alberto Gianini
  • Colaboradores:Esteban Gonzalez, Gonzalo Zylberman, Paula Bianco, Sofia Covello
  • Cidade:Belén de Escobar
  • País:Argentina
Mais informaçõesMenos informações
© Albano García
© Albano García

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto da Casa N nasceu com o objetivo de ser uma casa aberta, um lugar onde os clientes pudessem aproveitar ao máximo as condições favoráveis do clima subtropical de Buenos Aires. Como este condomínio residencial em Belén de Escobar foi construído em cima de uma bacia de inundação do delta do rio Paraná, optamos por elevar o plano da casa em relação ao nível natural do terreno. Somando-se à esta condicionante, e se tratando de um terreno de dimensões restritas, o maior desafio deste projeto foi encaixar todo o espaço social da casa na planta baixa, contando ainda com uma área externa com piscina. Outro fator considerado determinante para a implantação deste edifício foi a presença de um pequeno córrego nos fundos do terreno, o que nos levou à orientar o edifício e as suas principais vistas nesta direção.

© Albano García
© Albano García
Planta - térreo
Planta - térreo
© Albano García
© Albano García

Uma casa galeria.

Seguindo estas premissas, tivemos a ideia de criar uma casa forma de galeria, um espaço completamente aberto, emoldurando as vistas em direção ao curso d'água.

Com este plano de fundo definido, os espaços de convívio foram implantados no térreo da casa, com o deck da piscina servindo de mediador entre a arquitetura e a paisagem. Uma galeria que se transforma no coração da casa. A piscina, como um espelho d'água flutuando acima do solo, se funde com a paisagem e a amplitude do lago ao fundo. Duas escadas laterais permitem ancorar o volume de concreto ao terreno, integrando o plano da piscina ao jardim.

© Albano García
© Albano García

A natureza da estrutura. Desafiando a gravidade.

“De acordo com o dicionário, a gravidade é a força de atração que a Terra exerce sobre um corpo material”. Uma peça monolítica de concreto que parece flutuar acima do solo, a Casa N parece emergir da natureza em uma tentativa de capturar a paisagem e integrar-se à ela. A intenção deste projeto era criar um conjunto coeso capaz de integrar em um único conceito, a estrutura, o programa e a materialidade do edifício. Este conceito finalmente se revela na forma da casa, uma estrutura de concreto aparente que parte de uma enorme viga suspensa, desde onde a planta da casa é atirantada, flutuando sobre o terreno.

© Albano García
© Albano García
Corte 1
Corte 1
© Albano García
© Albano García

As paredes de concreto aparente, com sua textura de ripas de madeira, se abrem e se fecham, são limites físicos ou transposições que respondem diretamente às necessidades funcionais do programa, ao mesmo tempo que direcionam as vistas para a vasta paisagem. As enormes empenas laterais, que suportam a laje do primeiro pavimento, permitem tanto liberar o térreo de estruturas secundárias quanto desobstruir toda a extensão da fachada principal. No que se refere à materialidade, o aspecto tátil do concreto foi alcançado com a utilização de fôrmas de ripas irregulares de madeira, que através de suas diferentes medidas e profundidades, proporcionam um terceira dimensão à envoltória da casa.

© Albano García
© Albano García

Organização espacial / funcional

Os espaços da casa encontra-sem organizados de acordo com o programa de necessidades. A planta baixa, é um único espaço que atravessa o terreno, permitindo conectar o espaço da rua às vistas para o curso d'água na parte posterior. Os espaços da sala de estar e jantar, assim como a cozinha, são os elementos que animam este amplo espaço aberto em forma de galeria. As áreas de apoio e serviço complementam este espaço principal, e estão localizadas nas laterais junto às empenas. No segundo pavimento encontram-se os quartos e a área íntima da casa, todos com vistas para o lago.

A minha casa é o meu refúgio, uma arquitetura concebida com emoção, não apenas para ser conveniente”. Luis Barragán.

A Casa N é uma combinação de estrutura, arquitetura e materialidade, entendendo que a obra final deve transcender a sua função específica, sendo tão importante para as pessoas que ali vivem, quanto para todos aqueles que por ali passam.

© Albano García
© Albano García
Diagrama 2
Diagrama 2
© Albano García
© Albano García

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa N / A3 LUPPI UGALDE WINTER" [Casa N / A3 LUPPI UGALDE WINTER] 19 Mar 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/935660/casa-n-a3-luppi-ugalde-winter> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.