Residência Carmela / Fae + NOMADA

Residência Carmela / Fae + NOMADA

© Gonzalo Viramonte© Roger Berta© Gonzalo Viramonte© Gonzalo Viramonte+ 42

Córdoba, Argentina
  • Arquitetos: Fae, NOMADA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  190
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fotógrafo Fotografias:  Gonzalo Viramonte, Roger Berta
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Allux Aluminios, Mármoles Caraffa, ROCCA PREMEZCLADOS / http://roccapremezclados.com.ar/
  • Autores:Romina Rossetti, Fernando Abud
  • Cálculo Estrutural:Juan Aranguren
  • Cidade:Córdoba
  • País:Argentina
Mais informaçõesMenos informações
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa está localizada no setor noroeste da cidade de Córdoba, Argentina. O bairro se destaca por sua boa qualidade ambiental, caráter residencial e aberto, lotes entre empenas e residências de até dois pavimentos.

© Roger Berta
© Roger Berta

A residência retoma dois conceitos da nossa cultura: o pátio e as empenas. Elementos que constituem uma forte tradição cultural em nossas cidades, por isso decidimos valorizar as empenas como "um elemento contínuo" e os pátios como "lacunas vinculativas", para organizar em torno deles os espaços da casa.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Os espaços foram estruturados em uma sequência de “pátios e usos”, do mais público ao mais privado. Um primeiro pátio: o jardim, que é sucedido pelo espaço para churrasco e garagem dupla. Um segundo pátio, dá acesso à casa. E um terceiro, mais privado, articula o espaço da sala de jantar com o dos dormitórios, vinculado por circulações nas empenas: um com um programa de biblioteca e outro com a escada que se conecta a um ateliê que possui uma varanda voltada à sala de estar.

© Roger Berta
© Roger Berta

Flexibilidade, não hierarquia de espaços e não obsolescência do projeto foram questões estruturantes. A casa teve que responder as diretrizes da vida atual, contemplando mudanças em seu uso ao longo do tempo.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

A ideia de continuidade espacial interior-exterior, por meio de conexões em níveis e alturas em todas as suas dimensões, era uma busca constante no projeto.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

O conceito estrutural surgiu da ideia de liberar as empenas e concentrar todo o peso no centro. Por meio de uma grande viga de concreto armado que suporta em sua parte central uma divisória também concreto e em direção às extremidades possui dois perfis deslocados dos eixos, projetamos outra viga em balanço sobre ambas as empenas. Concentramos o "peso" no centro e a leveza no perímetro, acompanhando com esta decisão estrutural o caminho do perímetro da casa e seu esquema funcional. A casa é coberta por suas empenas e ao redor de seus pátios.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Tentamos reforçar o conceito de “experiência tectônica do espaço”, por meio do uso de materiais nobres e visíveis. A estrutura funciona não apenas como elementos de suporte e transmissão de carga, mas também configura as fachadas da casa. A exaltação dos elementos construtivos: estrutura, instalações e materiais, tem sua correlação na intenção de refletir a complexidade e a atemporalidade da arquitetura.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Escritório
Cita: "Residência Carmela / Fae + NOMADA" [Casa Carmela / Fae + NOMADA] 05 Mar 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/934804/residencia-carmela-fae-plus-nomada> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.