Residências Amé 236 / Lavalle + Peniche Arquitectos

Residências Amé 236 / Lavalle + Peniche Arquitectos

© Onnis Luque© Onnis Luque© Onnis Luque© Onnis Luque+ 34

Mérida, México
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  2136
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Onnis Luque
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Autodesk Media and Entertainment, Chaos Group, Comex, Helvex, Interceramic, Procon
  • Arquitetos Responsáveis:Luis Alejando Peniche Arroyo, José Carlos Lavalle Alonzo
  • Equipe De Projeto:Jimena Canto Sobrino, Karla Rey Sosa, Jorge Zaldívar Ramírez, Asís Silveira Tus.
  • Colaboradores:Grupo Consur
  • Cidade:Mérida
  • País:México
Mais informaçõesMenos informações
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Descrição enviada pela equipe de projeto. Diante da crescente demanda de pessoas que chegam a Mérida buscando por uma melhor qualidade de vida, os incorporadores imobiliários geraram uma oferta desmedida de empreendimentos que respondem exclusivamente a interesses financeiros e de mercado.

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Diagramas
Diagramas
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Em um terreno regular em uma área residencial intra-urbana, recebemos a encomenda de desenvolver um projeto patrimonial para aluguel, que gerasse a maior quantidade de unidades comercializáveis possível.

A orientação e localização do edifício e a liberdade do cliente de "propor" uma tipologia mais favorável, nos levaram a um esquema compositivo em forma de catavento, o qual ordena quatro blocos habitáveis que giram a partir de suas necessidades e usos, e que permitem fazer um projeto flexível que pode ser construído em etapas, além de responder aos fluxos financeiros do investidor.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

A primeira fase, ou bloco, foi concebida para pequenas famílias de três membros e é resolvida em dois níveis que tomam a escala urbana e resultam em um esquema linear e perpendicular à rua, que marca o acesso ao empreendimento, abrindo-se para o norte e conduzindo o usuário ao segundo bloco.

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Planta Térreo
Planta Térreo
© Onnis Luque
© Onnis Luque

O segundo e terceiro blocos giram no sentido anti-horário, procurando as melhores orientações e adaptando-se ao contexto para ganhar altura e respeitar a escala da região. Estes edifícios oferecem três tipologias habitacionais focalizadas em casais recém-casados, adultos solteiros ou estudantes universitários.

O último bloco gira novamente, colocando-se paralelo à rua, em um volume de um pavimento, que toma a escala da propriedade imediata, e que gera um comércio aberto em direção à rua, oferecendo uma praça arborizada à cidade e uma cobertura comum para os usuários do edifício e da região.

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Corte longitudinal X1
Corte longitudinal X1
Corte transversal Y1
Corte transversal Y1
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Sempre compreendendo o caráter imobiliário da obra, realizamos um projeto formalmente pragmático e local, modulando tudo em eixos estruturais de 60 cm, que tentam não ultrapassar vãos de mais de 4,80m de comprimento, a fim de utilizar o sistema tradicional de construção de bloco, viga e arcos. Para o acabamento final, buscamos utilizar um material simples; um revestimento de pó branco prensado que evoca a cor da terra local e que, ao mesmo tempo, é um material de baixa manutenção e que recebe com dignidade as marcas da passagem do tempo.

A expressão formal do projeto resulta em uma sequência de espaços servidos e servidores, que expressam sua vontade e que geram volumes fechados para os serviços, circulações, planos horizontais e abertos para as áreas habitáveis.

O resultado final é um empreendimento que cumpre três premissas. A primeira, maximizar o retorno do investidor, oferecendo-lhe um projeto flexível e gradual que densifica o seu terreno para gerar a maior quantidade de metros comercializáveis. Por outro lado, oferecemos diversidade, gerando diferentes tipologias que se adaptam às necessidades espaciais e econômicas do usuário. E, finalmente, procuramos integrar o projeto à cidade, através do comércio e da praça comum, gerando um projeto inclusivo e de fachada externa que gere diversidade cultural e favoreça a convivência do bairro.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residências Amé 236 / Lavalle + Peniche Arquitectos" [Viviendas Amé 236 / Lavalle + Peniche Arquitectos] 02 Jan 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/930740/residencias-ame-236-lavalle-plus-peniche-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.