Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Centro de Visitantes na Islândia / Andersen & Sigurdsson Architects

Centro de Visitantes na Islândia / Andersen & Sigurdsson Architects

© Christopher Lund © Christopher Lund © Christopher Lund © Christopher Lund + 26

Borgarfjörður Eystri, Islândia
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 345.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2019
  • Fotógrafo Fotografias: Christopher Lund
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Ceramica Vogue, Hörmann, Schuco, Vitral
  • Arquitetos Responsáveis

    Thorhallur Sigurdsson, Ene Cordt Andersen
  • Equipe de Projeto

    Thorhallur Sigurdsson, Ene Cordt Andersen, Kim Bendsen, Laura Ioana Voinescu, Antoine Piquemal
  • Clientes

    The Municipality of Borgarfjörður Eystri
  • Engenharia

    Efla
Mais informações Menos informações
© Christopher Lund
© Christopher Lund

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizado a apenas alguns metros acima do nível do mar, com vista para Borgarfjordur Eystri, seu porto e Hafnarholmi, este centro de visitantes surge como um monólito preciso em forma de quadrado que protege o porto e seus arredores. Um monólito dividido em uma série de espaços, internos e externos, abrigando diferentes atividades e paisagens da região; o céu, o fiorde azul profundo, as montanhas características e a biosfera local.

© Christopher Lund
© Christopher Lund

A Islândia é verdadeiramente uma ilha com uma localização remota no meio do Oceano Atlântico. Com a maioria dos habitantes do país morando no canto sudoeste da ilha, Borgarfjordur Eystri tem uma localização remota, sendo o fiorde mais ao norte da Islândia. A Islândia tem uma população de 360.000 habitantes e é visitada por mais de dois milhões de turistas a cada ano. Apesar das grandes distâncias e, às vezes, das dificuldades de acesso, Borgarfjordur Eystri não foi poupado do aumento de turistas no país nos últimos anos.

O centro de visitantes está situado nos arredores da pequena vila de Bakkagerdi, habitada por meras 130 pessoas. A navegação e a agricultura ainda são as principais indústrias locais, mas o turismo está crescendo rapidamente.

© Christopher Lund
© Christopher Lund

Em 2015, o município realizou um concurso de arquitetura para um edifício à beira-mar, um local para atender às necessidades dos pescadores e autoridades portuárias, além de ser um ponto focal para os turistas. A área possui uma extensa vida de pássaros, com aves migratórias, como patos e papagaios-do-mar reunidos no verão. Cerca de 40.000 turistas visitam anualmente e o novo edifício deve garantir uma interferência mínima entre as atividades do porto e as atividades dos turistas.

Como a edificação é compartilhada por moradores e turistas, sua função será variável ao longo do ano. No verão, o foco será nos muitos turistas que visitam a área para ver os papagaios-do-mar na pequena península do porto. No inverno, o espaço pode ser usado pelos locais para pequenos eventos culturais e sociais. O térreo será usado principalmente pelas autoridades portuárias e pelos pescadores e abriga um pequeno escritório portuário, banheiros e uma garagem. O primeiro andar abriga um pequeno café e o segundo andar é um espaço de exposições que receberá exposições focadas em mostrar aspectos da natureza circundante, o mar, as focas, as montanhas e os pássaros.

O edifício é um monólito em forma de cubo, onde seções alternadas foram cortadas para permitir espaços ao ar livre ao redor. Uma escada posicionada na diagonal conecta todos os seus três andares, separando cada andar em um espaço interior e exterior e permitindo que o cubo se incline naturalmente na paisagem.

© Christopher Lund
© Christopher Lund
© Christopher Lund
© Christopher Lund

O edifício tem um total de 345 metros quadrados e pode ser acessado tanto no nível superior quanto no nível do solo. Ele tem um caráter robusto e materialidade que acomoda bem a natureza de seus diferentes usuários. A textura do edifício enfatiza a natureza simples e a humilde existência no ambiente espetacular. O concreto fundido in-loco é misturado com agregados de pedra regionais coloridos, criando uma textura áspera e variável que muda ao longo do dia e das estações do ano. O edifício é de execução simples, com piso de concreto polido e esquadrias de aço preto.

© Christopher Lund
© Christopher Lund

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Borgarfjörður Eystri, Islândia

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Visitantes na Islândia / Andersen & Sigurdsson Architects" [Visitor Centre in Iceland / Andersen & Sigurdsson Architects] 03 Dez 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/929363/centro-de-visitantes-na-islandia-andersen-and-sigurdsson-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.