Museu do Holocausto e dos Direitos Humanos de Dallas / OMNIPLAN

Museu do Holocausto e dos Direitos Humanos de Dallas / OMNIPLAN
© Jason O’Rear
© Jason O’Rear

© Jason O’Rear© Jason O’Rear© Jason O’Rear© Jason O’Rear+ 26

  • Arquitetos: OMNIPLAN
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  4850
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Jason O’Rear
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Guardian Glass, Aurubis, AutoDesk, Hussey Copper, Kawneer, Robert McNeel & Associates, Tempo Architectural, Trimble, Yankee Hill Brick & Tile
  • Autores:Mark Holsinger, Scott Hall
  • Arquiteto Do Projeto:Steve Brookover, AIA
  • Equipe:Martin Medina, Meredith Quigley, Scott Hall, Emily Teng Yan, Selina Cinecio
  • Expografia:Eddie Jacobs, Barenbaum Group
  • Clientes:The Dallas Holocaust & Human Rights Museum
  • Engenharia Estrutural:Datum Engineers
  • Engenharia Mecânica, Elétrica E Hidráulica:Blum Consulting Engineers
  • Engenharia Civil:Walter P. Moore
  • Paisagismo:Talley Associates
  • Consultor Gráfico:RSM
  • Consultor De Iluminação:Schuler Shook
  • Consultor De Segurança:Telios
  • Proteção Contra Incêndio:Jensen Hughes
  • Envelope:The Conley Group
  • Cidade:Dallas
Mais informaçõesMenos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. O novo Museu do Holocausto e dos Direitos Humanos de Dallas (Dallas Holocaust and Human Rights Museum) tem a missão de lembrar e ensinar a história do Holocausto e promover os direitos humanos. O museu está localizado no bairro histórico chamado West End, no centro de Dallas, Texas. Embora nenhum edifício seja capaz de representar as injustiças desumanas que ocorreram durante o Holocausto, sem dúvida a arquitetura pode ser uma forma de expressar as repercussões, experiências humanas e as realidades que este evento causou, além de influenciar e gerar mudanças na sociedade de uma maneira significativa. A arquitetura usada como um meio de educação, conscientização, reflexão e transformação.

© Jason O’Rear
© Jason O’Rear

O projeto do edifício é baseado na amplificação da narrativa do museu, guiando os visitantes através de um passeio por uma série de espaços que permitem que o visitante esteja completamente submerso nas exposições. A arquitetura é o reflexo de uma jornada: expressiva em seus movimentos desde a chegada até a partida. Planejada para proporcionar um caminho intuitivo aos visitantes e priorizar os temas exibidos nas salas de exposições, mantendo os usuários longe das distrações da vida cotidiana. Este percurso é efetuado em salas internas sem luz natural, com exposições interativas. O passeio termina na sala de reflexão, este é o primeiro momento durante todo o passeio em que a luz natural é permitida no espaço interior.

© Jason O’Rear
© Jason O’Rear
Planta
Planta
© Jason O’Rear
© Jason O’Rear

A orientação do edifício responde a uma série de condições, criando um espaço urbano aberto e vibrante que permite a entrada de luz natural ao museu e responde às melhores vistas de ícones e monumentos da cidade encontrados nos arredores. Com seu revestimento externo de cobre, que adquirirá uma pátina natural ao longo do tempo, o MHDHD se tornará um legado arquitetônico distintivo e deslumbrante. O museu foi projetado com o objetivo de obter a certificação LEED. Este projeto está localizado no distrito histórico de West End, anteriormente uma zona industrial próxima a uma antiga linha ferroviária. O design do edifício procura limitar a quantidade de luz solar que chega diretamente às grandes extensões de vidro. As asas da planta em forma de U protegem do sol, a grande parede cortina que se abre ao pátio interno, enquanto a ala oeste tem um balanço sobre a entrada, limitando os efeitos da exposição ao sol vinda do oeste.

© Jason O’Rear
© Jason O’Rear

O projeto aproveita sua localização para incentivar o uso de outros meios de transporte: com a proximidade às linhas de trem e ônibus DART (Dallas Area Rapid Transit), o uso de bicicletários e provisões para veículos eficientes de baixa emissão e baixo consumo de combustível. O projeto se concentra no uso eficiente de água, com a seleção de vegetação adequada para a região e resistente à seca, além de acessórios e instalações hidráulicas de alta eficiência. Além disso, a seleção de materiais externos e internos é baseada na ideia de reutilização de materiais e inclui conteúdo reciclado. O uso predominante do cobre como material interior e exterior tem um alto conteúdo reciclado. O cobre tem uma vida reciclável infinita, portanto pode ser altamente reutilizável para as futuras gerações.

© Jason O’Rear
© Jason O’Rear

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:300 N Houston St, Dallas, TX 75202, Estados Unidos

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Museu do Holocausto e dos Direitos Humanos de Dallas / OMNIPLAN" [The Dallas Holocaust & Human Rights Museum / OMNIPLAN] 22 Nov 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/926237/museu-do-holocausto-e-dos-direitos-humanos-de-dallas-omniplan> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.