Residência sem impacto / A-01

Residência sem impacto / A-01
© Fernando Alda
© Fernando Alda

© Fernando Alda© Fernando Alda© Fernando Alda© Fernando Alda+ 33

Ojochal, Costa Rica
  • Arquitetos: A-01
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  150
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Fernando Alda, Manduca Audiovisual
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Deca, Barazza, Buen Precio, Concrelite, Ditesa, El Lagar, Extralum, Ferromax, Francolor Decsa, Franz Viegener, Green Panel Costa Rica, Grupo Elefante, Grupo Sur, High Lights, Holcim Costa Rica, Ikea, Solatube, TECNI GYPSUM
  • Equipe De Projeto:José Pablo González, Mauricio Rodríguez, Misael Rodríguez, Ronald Carvajal Soto
  • Pesquisa De Mercado:Marije van Lidth de Jeude
  • Projeto Estrutural:Engenharia Cañas: Rafael Cañas
  • Projeto Elétrico Mecânico:Consost: Pablo Mora
  • Construtora:SLO Studiolocal: Hernán Mora
  • Colaboradores:Villas Gaia: Luuc van Wezel
  • Arquiteto Responsável:A-01 Oliver Schütte
  • Cidade:Ojochal
Mais informaçõesMenos informações
© Fernando Alda
© Fernando Alda

Descrição enviada pela equipe de projeto. Essa residência está localizada em Ojochal, uma pequena vila à beira da vasta floresta tropical que corre ao longo da costa do Pacífico Sul na Costa Rica. Localizado em um clima tropical úmido, o projeto responde ao seu habitat circundante através do controle passivo do clima por meio de ventilação natural e proteção solar.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Ela está organizada em torno de um núcleo central que inclui todas as máquinas, armários, banheiros, cozinha e área de serviço. A compressão de utilidades em uma unidade compacta permite uma instalação livre em todo o núcleo. Além disso, contribui para a eficiência da edificação em termos de montagem e manutenção.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Móveis adicionais são colocados na fachada de dupla camada da edificação, criada por colunas estruturais verticais e fechamentos externos inclinados. A inclinação diminui o impacto direto da luz solar e da precipitação, que protege o piso elevado do superaquecimento e respingos de água. Os painéis das fachadas podem ser abertos ou fechados individualmente para regular a vista e a exposição, aumentar ou reduzir o fluxo de ar, criar privacidade e segurança. Eles convertem espaços interiores em exteriores e brincam com a dinâmica entre a natureza e o ambiente construído, uma das principais características da arquitetura tropical.

© Fernando Alda
© Fernando Alda
© Fernando Alda
© Fernando Alda

A residência em Ojochal foi desenvolvida como um protótipo para produção em massa, com base em uma caixa de ferramentas para diferentes tipologias residenciais. Foi pré-fabricada no Vale Central da Costa Rica e transportada para o local de destino em um único caminhão. O processo de criação e habitação do protótipo cria uma experiência valiosa para otimizar a série, que estará disponível a partir de 2020.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Em sua fase inicial, ela vem em três tamanhos diferentes, que podem ser auto-configurados em relação à distribuição e conexões internas, aos materiais de acabamento e ao nível de serviços desejado: de pequeno (36m2) a médio (81m2) e família (108m2). Cada edificação é personalizada a partir de um catálogo de componentes pré-fabricados, o primeiro de seu tipo na América Central.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

A seleção de todos os elementos e materiais é baseada em uma investigação exaustiva da origem, processamento e impacto ambiental. As opções de componentes que fazem parte do catálogo incluem aço e madeira estrutural, diferentes tipos de grades e painéis perfurados para fachadas, forros de bambu e madeira, além de acabamentos minerais e sintéticos para paredes e pisos. Eles podem ser escolhidos de acordo com as necessidades e gostos específicos de cada cliente.

© Fernando Alda
© Fernando Alda
© Fernando Alda
© Fernando Alda

Em Ojochal, a residência CSH-108 foi construída como uma estrutura de aço flutuante com acabamentos em madeira. Ela baseia-se em uma grade estrutural de 12 x 9 metros, que contém uma área combinada para estar e jantar, dois banheiros, dois dormitórios e um terraço multifuncional.

Salas privadas podem ser fechadas usando diferentes camadas de portas de vidro deslizantes e “paredes cortinas” para permitir níveis variáveis de separação espacial ou integração social. A seção superior da edificação permanece aberta para garantir fluxos de ar contínuos e ventilação cruzada. As redes mosquiteiras impedem a entrada de insetos. A casa está conectada à rede pública de água e energia, que funciona quase inteiramente com recursos renováveis na Costa Rica. Somente a água é aquecida localmente com energia solar.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Configurações de construção autossuficientes estão disponíveis para locais fora da rede, bem como um "kit de peças" para casas totalmente destacáveis e removíveis. A CSH foi projetada para se fundir com seu ambiente natural e minimizar o impacto da construção. Ao mesmo tempo, oferece uma ampla gama de soluções ajustáveis, acessíveis e replicáveis.O projeto busca sustentabilidade integral em termos de desempenho ambiental, econômico, social e espacial.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Residência sem impacto / A-01" [Casa sin huella / A-01] 08 Set 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/924239/residencia-sem-impacto-a-01> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.