Pavilhão do Futuro / NOVOE

Pavilhão do Futuro / NOVOE
© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

© Ilya Ivanov© Ilya Ivanov© Ilya Ivanov© Ilya Ivanov+ 13

  • Arquitetos: NOVOE
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  465
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

Descrição enviada pela equipe de projeto. O mundo atual é um mundo de transformações. O crescimento populacional, a crise econômica, os cataclismos ambientais, o aquecimento global, a realidade virtual e a digitalização nos colocam novas questões todos os dias.

© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

O mundo de hoje é um lugar onde as principais habilidades são a capacidade de auto-transformação rápida, a propensão a novos conhecimentos e interesses para as colaborações que permite responder ao fluxo interminável de desafios. Neste mundo, as grandes cidades funcionam como os principais centros da agenda global, pois as áreas de importantes mudanças estão concentradas ali. No entanto, quase metade da população mundial vive fora das megalópoles e esta parte está longe do acesso a conhecimentos sobre a sustentabilidade. Esses conhecimentos são fundamentais para a existência do planeta.

© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

Cidades na Rússia

A população da Rússia é de 146.781.095 pessoas, mas apenas 23% dela vive em grandes cidades com uma população de pouco mais de um milhão de habitantes. Quase metade da população russa está localizada em cidades e vilarejos médios. Em um ritmo de desenvolvimento e engajamento da agenda global, essas cidades e vilas não são tão importantes, como megalópoles, mas também têm impacto nos processos globais. Felizmente, no mundo de hoje, toda localidade pode ser incluída no sistema de troca de conhecimento e experiência. Desta forma é possível resolver problemas importantes para todos os habitantes do planeta. Essa maneira de pensar também requer plataformas e instituições culturais para acumular valores e possibilidades. As megalópoles russas têm lugares apropriados, mas em cidades pequenas, os lugares para tais necessidades estão desatualizados ou completamente ausentes.

© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

Pavilhão 

O Pavilhão do Futuro é uma parte da plataforma de compartilhamento de conhecimento para os residentes de diferentes territórios russos. O sistema de pavilhões, localizado em diferentes partes do país, está integrado com a plataforma digital: devido a isso, a comunidade urbana pode mudar sua experiência e, em conjunto, buscar soluções para problemas urgentes. O pavilhão é uma parte material da plataforma cultural. Deve ser flexível, multifuncional, aberto e amigável, sustentável e acessível para se tornar um símbolo do progresso.

© Ilya Ivanov
© Ilya Ivanov

Arquitetura

A forma do pavilhão, baseada no cilindro, não possui fachada definida: o pavilhão se encaixa em qualquer contexto, pois demonstra igual relação com qualquer objeto no ambiente. A estrutura é dada pela superfície do helicoide duplo - a superfície mínima do parafuso. Essa superfície permite dividir o espaço do pavilhão em duas partes independentes, o que permite combinar diferentes formatos de eventos dentro dele. Dependendo do número de voltas e do raio inicial, o princípio helicoidal permite que a área efetiva do pavilhão seja variada e expandida em 2, 5 ou 10 vezes e mantenha um ponto de construção compacto. O movimento ao longo da superfície, subindo e descendo na parte posterior, cria uma rota sem fim dentro do pavilhão, aumentando sua capacidade e fluxos separados de pessoas. A superfície helicoidal é programada devido à natureza das etapas: seções diferentes são resolvidas como uma escada, anfiteatro ou são armazenadas como rampas.

A integração de plataformas horizontais planas dentro do pavilhão torna o espaço o mais diversificado possível, e paredes deslizantes em diferentes locais permitem transformar o ambiente. O pavilhão pode operar simultaneamente com uma sala plana ao nível do solo, um anfiteatro, uma escada que leva até a cobertura, uma plataforma de observação, co-working ao ar livre, sala de palestras, oficinas, banheiro e depósitos para móveis e equipamentos. A fachada do pavilhão é uma vitrine universal que permite adaptá-la ao contexto circundante ou organizar eventos temáticos.

Vyksa

Todos os anos, a pequena cidade Vyksa, localizada na região de Nizhny Novgorod, recebe o festival Art-Ovrag, dedicado à cultura moderna. A população da cidade é de 53.406 pessoas. Um projeto piloto do Pavilhão do Futuro foi implementado como parte do festival no verão de 2019. A tarefa do projeto piloto era testar as soluções arquitetônicas do pavilhão, a tecnologia de construção e o processo de interação com os moradores locais. Hoje, após a implementação do pavilhão piloto e teste de sua funcionalidade como parte do programa público do festival, os moradores de Vyksa formam seu próprio programa de curadoria dos eventos no espaço.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Pavilhão do Futuro / NOVOE" [Pavilion of the Future / NOVOE] 25 Ago 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/922991/pavilhao-do-futuro-novoe> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.