Pavilhão KOODAARAM Kochi-Muziris / Anagram Architects

Pavilhão KOODAARAM Kochi-Muziris / Anagram Architects

© Suryan//Dang© Suryan//Dang© Suryan//Dang© Suryan//Dang+ 37

Kochi, Índia
  • Arquitetos: Anagram Architects
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Suryan//Dang
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Cement Board, HRDUA, Panel joints, Rexalon Pvt, Scorpio tiles, Tata Steel
  • Engenharia Estrutural:B L MANJUNATH
  • Desenho De Mobiliário:STUDIO WOOD
  • Programação E Curadoria:ANITA DUBE
  • Construtora:THOMAS CLERY INFRASTRUCTURES & DEVELOPERS PVT LTD
  • Fabricante Estrutura Metálica:VINTON ENGINEERING PVT. LTD.
  • Área Do Terreno:5,000.0 m2
  • Pavilhão:560.0 m2
  • Art Room:150.0 m2
  • Edible Art Archive:50.0 m2
  • Cozinha Kudumbashree:50.0 m2
  • Toalete:42.0 m2
  • Equipe De Projeto:Madhav Raman, Vaibhav Dimri Khyati Kohli, Abhishek Semwal, Narkant Negi.
  • Cidade:Kochi
  • País:Índia
Mais informaçõesMenos informações
© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Kochi-Muziris Biennale ou KMB, é o maior festival de arte contemporânea realizado na Ásia. A cada dois anos, edifícios abandonados e estruturas decadentes são adaptadas para receber uma intensa e variada programação artística e cultural. Reaproveitadas como galerias e cafés, estas estruturas são o principal foco da Bienal de arte realizada em Fort Kochi-Mattancherry, em Kerala, no sul da Índia. Em cada edição do evento, um novo pavilhão é construído para acolher parte da vasta programação do evento em Cabral Yard, um campus verde no coração de Fort Kochi. Durante o festival de 2018, a curadora Anita Dube convidou os arquitetos da Anagram para projetar o principal Pavilhão temporário da Bienal. Por sua vez, o Anagram Architects chamou seus parceiros da B L Manjunath para o desenvolvimento do projeto estrutural e o Studio Wood, para o design de interiores.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

Como de costume, o Pavilhão central serve essencialmente como auditório para a projeção de filmes e realização de performances ao vivo. Na edição de 2018 porém, a curadoria exigia um uso programático mais intensivo e inclusivo para o festival. Uma série de oficinas, palestras, performances, conferências e lançamentos de livros teriam lugar na KMB 2018. Além disso, a estrutura do pavilhão foi mantida e a programação estendida ao longo do ano sabático da bienal. Além do Pavilhão, em 2018 foram construídos também dois restaurantes, um espaço de arte infantil, um caixa eletrônico, banheiros públicos e uma usina de reciclagem de lixo orgânico.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

“... um desejo de explorar várias possibilidades e uma vida não alienada ...” Da nota curatorial de Anita Cube para a Kochi-Muziris Biennale 2018.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

A arquitetura, através de seus dispositivos e elementos construídos, conforma e define o espaço, fazendo a mediação entre o homem e o ambiente natural. A ideia de pavilhão remete ao conceito de “ilha”: um lugar de descanso, de reflexão, contemplação, conversação e transitoriedade. Ao contrário dos outros locais onde a Bienal de Fort Kochi acontece, o Campus Cabral Yard não possui nenhum vestígio arquitetônico do passado. É um parque, uma área verde que sempre esteve livre de edifícios e estruturas permanentes. Por isso decidiu-se por construir pavilhões, estruturas que adormecem entre as bienais, que voltam a ser ocupados pela natureza. São espaços simultaneamente fechados e abertos, uma mistura entre natureza e ambiente construído, um espaço onde as pessoas se encontram, mas onde elas também encontram-se próximas da natureza. O Cabral Yard é o coração da nossa bienal, um espaço para o desenvolvimento e promoção da arte como processo, um evento ou melhor, um acontecimento na vida das pessoas.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang
Isométrica explodida
Isométrica explodida
© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

Inspirados pelo projeto curatorial da KMB 2018, decidimos desconstruir a ideia do “pavilhão dentro do pátio”. Criamos um edifício aberto para uma programação aberta, uma arquitetura que se espalha para ocupar todo o campus, ativando os quatro cantos do Cabral Yard e transformando-o em uma ilha de arte e cultura em Fort Kochi.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

Um pavilhão construído com a leveza da luz: um projeto que nós batizamos de Koodaaram, ou simplesmente 'tenda' na língua Malaiala. É um espaço performático com capacidade para 420 pessoas, metade opaco e metade transparente, meio enterrado e meio suspenso. Buscamos inspiração no Koothaambalam, um tradicional templo Kerala utilizado para a realização de performances e rituais. Ao transformar o Cabral Yard em um pavilhão aberto para à comunidade o ano todo, este projeto contraria a ideia de exclusividade associada a este tipo de espaços. Abertura, transparência e luz, um projeto de arquitetura contemporânea acessível à todos. Koodaaram é, portanto, a antítese do Koothaamablam.

Planta do térreo
Planta do térreo
Corte humanizado
Corte humanizado

O projeto também explora a sua transitoriedade através da leveza de seus materiais. A estrutura foi projetada para pousar “levemente” sobre o terreno, uma estrutura metálica pré-fabricada erguida em apenas dois meses. Além disso, o pavilhão foi projetado para ser desmontado e reutilizado, desaparecendo sem causar nenhum dano ao terreno.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

O pavilhão projetado pela Anagram Architects é uma ilha dentro de uma ilha. A antítese do edifício especializado, uma arquitetura leve, transparente e democrática. O pavilhão foi desconstruído, atravessado, permeado. Um edifício poroso, flexível e integrado à paisagem. A intenção é ampliar a experiência do espaço arquitetônico, levando-a para o lado de fora. Paredes e piso parecem ser uma coisa só, assim como a cobertura metálica dá lugar a uma estrutura vazada de bambu, um espaço aberto e acolhedor, um lugar de encontro e socialização assim como é a alma da Bienal de Fort Kochi.

© Suryan//Dang
© Suryan//Dang

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Cabral Yard, Fort Kochi, Kerala, Índia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão KOODAARAM Kochi-Muziris / Anagram Architects" [KOODAARAM Kochi-Muziris Pavilion / Anagram Architects] 18 Ago 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/922872/pavilhao-koodaaram-kochi-muziris-anagram-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.