Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Ateliê
  4. Chile
  5. Olimpia Lira
  6. 2018
  7. Casa Abóboda / Olimpia Lira

Casa Abóboda / Olimpia Lira

  • 20:00 - 17 Julho, 2019
  • Curadoria de Clara Ott
  • Traduzido por Julia Brant
Casa Abóboda / Olimpia Lira
Casa Abóboda / Olimpia Lira, © Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez

© Tomás Rodríguez © Tomás Rodríguez © Tomás Rodríguez © Tomás Rodríguez + 27

  • Arquitetura

  • Localização

    Las Condes, Chile
  • Arquiteta Responsável

    Olimpia Lira
  • Área

    330.0 m2
  • Ano do Projeto

    2018
  • Fotografias

© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez

Descrição enviada pela equipe de projeto. A encomenda consistiu em projetar um ateliê para uma ceramista, em conjunto a uma residência para sua jovem e crescente família. O projeto deveria relacionar estes programas o suficiente para que houvesse controle de um sobre o outro, mas também mantendo certa independência para separar o lugar de trabalhar do de habitar. A matéria prima em um ateliê de cerâmica é a argila, a qual é queimada para ganhar estrutura. Com essa mesma operação são feitos os tijolos, material escolhido para a construção da obra. Esse material foi deixado em evidência em todos os momentos, fazendo uma conexão entre a estrutura e o que acontece dentro dela.

© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez
Planta - Primeiro Pavimento
Planta - Primeiro Pavimento
© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez

A abóboda, por sua vez, como elemento arquitetônico faz uma alusão formal aos fornos onde se queima a cerâmica e ao tradicional sistema construtivo de coberturas feitas em tijolo e que dessa vez foi construída como uma estrutura mais leve do que as convencionais. Além disso, a abóboda permite ter uma altura maior em cada ambiente, sem a necessidade de ter paredes laterais altas, permitindo obter espaços íntimos e amplos ao mesmo tempo. A mesma abóboda do ateliê é repetida paralelamente em diversas longitudes através do terreno, criando um sistema de naves onde se estabelecem os diferentes usos do projeto. Assim, no ateliê há uma grande nave para trabalhar e fazer aulas de cerâmica, enquanto na casa há uma nave para dormir, outra para brincar, uma para estar, uma para comer e outra para cozinhar e lavar. Essas naves deixam espaço entre si para a circulação e para integrar antigas castanheiras, as únicas árvores preexistentes no terreno.

© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez
Cortes AA e BB
Cortes AA e BB
© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez

No interior, o espaço comum da sala jantar, estar e uma saleta é contínuo e aberto, mas em termos espaciais, cada um desses programas é separado pelas próprias abóbodas que vão em sentido perpendicular ao espaço geral. As diferentes alturas entre os apoios e os pontos mais altos das abóbodas permitem aberturas em todos os sentidos, privilegiando uma conexão com o entorno através das vistas em diferentes alturas e a entrada de luz a todo momento. Desta maneira também há uma permanente mudança de atmosfera luminosa através do dia e das estações do ano. De fora, as naves das abóbodas foram pintadas de branco, deixando em evidência a textura do tijolo, enquanto nas circulações, onde o teto é plano, o tijolo foi deixado aparente, como uma forma de diferenciar os dois sistemas. Os acabamentos internos são de materiais nobres e simples, assim como os materiais utilizados na cerâmica.

© Tomás Rodríguez
© Tomás Rodríguez

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Casa Abóboda / Olimpia Lira" [Casa Bóveda / Olimpia Lira] 17 Jul 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/920347/casa-aboboda-olimpia-lira> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.