Villa Catwalk / NOMO STUDIO

Villa Catwalk / NOMO STUDIO

© Adrià Goula© Adrià Goula© Adrià Goula© Adrià Goula+ 26

Es Mercadal, Espanha
  • Arquitetos: NOMO STUDIO
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  312
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Adrià Goula
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Balay, Cortizo, Roca, Vogue Italia
  • Equipe De Projeto:Karl Johan Nyqvist, Laura Guitart, Noelia de la Red, Mario García, Marina Miró, Mira Botseva, Jennifer Méndez
  • Engenharia:Laura Guitart
  • Colaboradores:Juan Mora SA, Gaimo SL
  • Arquitetos Responsáveis:Alicia Casals
  • Cidade:Es Mercadal
  • País:Espanha
Mais informaçõesMenos informações
© Adrià Goula
© Adrià Goula

Descrição enviada pela equipe de projeto. Situada em meio a ilha balear espanhola de Menorca, a Villa Catwalk está implantada no topo de uma colina no interior de um condomínio residencial que desfruta das mais belas vistas para a paisagem insular. Além de sua privilegiada localização dentro do condomínio, a casa esta implantada de frente para o Monte Toro, a montanha mais alta da ilha de Menorca e rodeada de uma exuberante paisagem mediterrânea. Por conta da proximidade dos vizinhos e das futuras casas que deverão ser construídas ao lado, os arquitetos procuram proteger as vistas para o interior da casa através de um dinâmico jogo de volumes.

© Adrià Goula
© Adrià Goula
Planta - superior
Planta - superior
© Adrià Goula
© Adrià Goula

O programa da casa conta com cinco quartos, uma garagem, uma piscina e, logicamente, uma série de espaços de convívio intimamente conectados com o exterior e as belas paisagens de Menorca. Para fazer a transição entre o interior e o exterior criamos uma plataforma longitudinal que acabamos batizando de passarela, ou "catwalk", a qual atravessa o volume do edifício conectando as paisagens opostas dos dois lados da casa. Esta plataforma foi concebida como um espaço interno-externo que acolhe a sala de estar e jantar. Efetivamente, a Villa Catwalk representa o paradigma da casa tropical de final de semana, um espaço sem definição e limites, uma casa que convida as pessoas a estar do lado de fora, aproveitando ao máximo o contado direto com a natureza. 

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Além disso, esta enorme laje de concreto em forma de passarela, marca uma clara divisão entre a zona social e íntima da casa. Nestas duas áreas a estrutura segue uma modulação de três por três metros, organizando um conjunto de pequenos volumes que acomodam o programa da casa; a partir de alguns destes espaços é possível acessar diretamente o pátio através de varandas ou jardins escalonados. Fragmentando o enorme programa da casa em unidades menores, evitamos construir um volume muito grande e assim pudemos integrar o edifício à paisagem com mais clareza. Através da passarela que permeia os espaços interiores da casa, arquitetura e paisagem se fundem em uma coisa só, convidando os moradores à apreciar as vistas para a paisagem mediterrânea das Ilhas Baleares.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Os cubos brancos que acolhem os quartos, banheiros e demais atividades do programa, se apresentam como espaços mais contidos e reservados. A passarela é o elemento mais extrovertido do projeto, aquele que organiza e distribui o restante dos espaços da casa. Este platô construído pelo homem é onde a vida cotidiana da casa acontece. Em cada uma das extremidades da passarela encontra-se duas grandes portas de vidro de correr que emolduram as impressionantes vistas para a paisagem. Quando abertas, a passarela se transforma em um único espaço interior-exterior de vinte e oito metros de comprimento que, no projeto original, desaguava em uma piscina de borda infinita apontado em direção ao mar mediterrâneo no horizonte. Para realçar a amplitude do espaço, o pé direito é maior que no interior da casa, potencializando as condições de iluminação e ventilação natural. Para finalizar, o jogo de volumes que espalha o programa da a casa no terreno acaba por criar uma forte sensação de leveza e conexão entre a arquitetura e a paisagem.

© Adrià Goula
© Adrià Goula
Fachadas longitudinais
Fachadas longitudinais
© Adrià Goula
© Adrià Goula

Por sua parte, a cobertura da passarela está composta por duas vigas treliçadas embutidas de 1,2 metros de altura que se apoiam sobre elementos ocultos dentro das paredes, revelando um espaço contínuo e descomplicado. Como se estivesse flutuando sobre este espaço, a laje de cobertura que tangência os volumes adjacentes acaba por criar uma dinâmica relação com suas peças que se assemelham a um conjunto de pixels que se esparramam colina abaixo. A estrutura modular da casa funciona em conjunto, amarrando um cubo ao outro conseguimos minimizar os custos de construção. Além disso, optamos por utilizar materiais facilmente encontrados no local como blocos de concreto e massa grossa para o revestimento das paredes.

© Adrià Goula
© Adrià Goula

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Villa Catwalk / NOMO STUDIO" [Villa Catwalk / NOMO STUDIO] 30 Jun 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/918690/villa-catwalk-nomo-studio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.