Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Estádios
  4. Catar
  5. Zaha Hadid Architects
  6. 2019
  7. Estádio Al Janoub / Zaha Hadid Architects

Estádio Al Janoub / Zaha Hadid Architects

  • 20:00 - 21 Maio, 2019
  • Curadoria de Paula Pintos
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Estádio Al Janoub / Zaha Hadid Architects
Estádio Al Janoub / Zaha Hadid Architects, © Hufton + Crow
© Hufton + Crow

© Hufton + Crow © Hufton + Crow © Hufton + Crow © Hufton + Crow + 49

  • Sócio responsável

    Johannes Hoffmann
  • Equipe de projeto

    Annarita Papeschi, Andreas Urff, Antonio Monserrat, Cynthia Du, Edgar Payan, Ermis Chavaltzi, Fernando Poucell, Ganesh Nimmala, George King, Ho-Ping Hsia, Irene Guerra, Jan Klaska, Junyi Wang, Karim Muallem, Karoly Markos, Ming Cheong, Moa Carlsson, Mohamed Al-Jubori, Nastassia Linau, Paulo Flores, Peter Irmscher, Rafael Portillo, Stephane Vallotton, Thomas Soo, Vincent Konate, Yeena Yun, Wen-Kai Li (Kevin)
  • Cobertura móvel

    Schlaich Bergermann Partner
  • Consultoria

    Aecom
  • Structural Engineering

  • Mais informações Menos informações
© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Descrição enviada pela equipe de projeto. Estádio Al Janoub é a mais recente obra inaugurada para a Copa do Mundo de 2022 no Catar. Projetado para abrigar um total de 40.000 espectadores, a estrutura projetada pelo escritório de Zaha Hadid e Patrik Schumacher poderá ter a sua capacidade reduzida pela metade depois da Copa. O Catar é um país de pouco mais de dois milhões de habitantes e por isso é fundamental prever estratégias que facilitem a manutenção deste estádio no futuro. Quarenta mil lugares pode parecer pouco para um estádio de Copa do Mundo, mas definitivamente, vinte mil assentos é uma capacidade bastante razoável para o novo estádio do Al Wakrah Sport Club, equipe de bastante sucesso no campeonato nacional de futebol do Catar. Desta forma, o estádio foi projetado para ser parcialmente desmontado depois do torneio, cumprindo temporariamente com as rígidas regras da FIFA ao mesmo tempo que encontra uma solução viável para o seu futuro.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow
© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Devido as condições climáticas extremas do Catar, o estádio foi projetado com uma cobertura removível de alta tecnologia, desenvolvida e operada pela Schlaich Bergermann Partner. Além disso, como a Copa do Mundo é realizada durante o verão no hemisfério norte, foi necessário prever um sistema de refrigeração bastante complexo para garantir as mínimas condições de conforto dentro do estádio. A cobertura, embora tenha sido projetada e produzida por uma equipe independente, parece desaparecer no conjunto da obra - integrando-se perfeitamente com a arquitetura do edifício. Assim como o estádio, a cobertura removível faz uso de tecido e cabos de PTFE como revestimento e sistema de isolamento térmico. Quando fechado, o teto cobre todo o estádio, proporcionando as condições ideais para o terreno de jogo e seus jogadores. Princípios de design passivo foram utilizados ao longo de todo o processo para minimizar um consumo energético inevitavelmente bastante elevado. 

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow
Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects
© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Localizado na cidade costeira de Al Wakrah, o projeto do estádio foi inspirado pelas formas do tradicional barco da região, o 'Dhow'. Zaha Hadid Architects criou um edifício que simplifica estas formas navais e as transforma em um eficiente projeto de arquitetura, um estádio padrão FIFA para a Copa do Mundo. A abstração de suas formas permite aproximar a cultura local ao futebol, permitindo múltiplas interpretações dessas referências e convidando os visitantes a conhecer mais a fundo o contexto no qual estarão inseridos.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

O desenho da cobertura empresta suas formas do casco de um navio, invertido e transfigurado em uma espécie de vela horizontal que cobre toda a estrutura do estádio. Assim como o teto removível, as fachadas do estádio possuem a mesma materialidade que simula as velas ao vento. Como um barco na superfície d'água, o estádio parece flutuar acima do solo. Esta sensação de leveza é enfatizada pelos seus grandes balanços laterais, enquanto que o revestimento metálico que reflete as cores do pôr-do-sol lembram a madeira que recobre o casco de um navio. 

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Tanto a cobertura como o revestimento do estádio foi executada em superfícies têxteis, plissadas como um vestido. O ziguezague de suas costuras, foi inspirado nas formas da arquitetura e caligrafia árabe, adicionando textura à envoltória externa do edifício, enfatizando sua a geometria única. Os materiais de revestimento foram selecionados cuidadosamente em uma paleta muito simples de cores; ou seja, além do branco que recobre a maior parte da estrutura,  cores mais escuras foram utilizadas nas partes mais baixas, incluindo as paredes dos volumes térreos e o revestimento dos beirais.

Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects
Cortesia de Zaha Hadid Architects

O esquema simples de cores e texturas reforça a singularidade de suas formas transformando o estádio em um ícone. O revestimento branco da cobertura e das fachadas possui um acabamento de superfície brilhante, como nas conchas do mar, enfatizando as suas dobras e adicionando ainda mais textura à envoltória do edifício. Os beirais e a estrutura treliçada por trás das fachadas de vidro do térreo foram pintadas em um tom de bronze, adicionando mais detalhes e profundidade ao projeto do estádio. A cor bronze é utilizada em outra forma de homenagem à cultura local, fazendo menção à tradicional arte islâmica.

© Luke Hayes
© Luke Hayes

A estrutura do estádio pousa suavemente sobre um pódio amplo e ajardinado. Como em um parque, os visitantes são convidados a passear por uma série de percursos por entre jardins e árvores, os quais os direcionam para os portões de acesso ao estádio. O pódio encontra-se elevado em relação ao campo, diluindo a escala do edifício em relação à paisagem adjacente. Grandes vazios de formas orgânicas foram recortados na superfície da praça que se desenvolve sobre este enorme platô, os quais abrigam uma variedade de diferentes programas de apoio. Cada um destes programas complementares foi implantado em uma esquina deste gigante terreno triangular. Na esquina à leste, estes vazios geram acesso e organizam o fluxo principal de visitantes durante os eventos. No ângulo nordeste, foi implantado um mercado público, enquanto que no lado sudeste há um grande parque aberto à comunidade. Na lateral oeste deste triângulo, o recorte no platô da acesso direto ao estacionamento, além de acolher aos profissionais da mídia e também as equipes.

© Luke Hayes
© Luke Hayes

O estádio foi projetado como o elemento central de um novo distrito urbano que esta sendo construído em Al Wakrah. Além deste, diversos programas foram especialmente criados para atender a comunidade local, trazendo vida a este enorme espaço público até mesmo em dias normais, quando não há jogos ou Copa do Mundo. O estádio Al Janoub será um dos mais importantes destinos em Al Wakrah durante o mega evento de 2022, e o que é mais importante, depois dele também.

© Luke Hayes
© Luke Hayes

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Estádio Al Janoub / Zaha Hadid Architects" [Al Janoub Stadium / Zaha Hadid Architects] 21 Mai 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/917422/estadio-al-janoub-zaha-hadid-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.