Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Índia
  5. Mette Lange Architects
  6. 2000
  7. Kiranpani / Mette Lange Architects

Kiranpani / Mette Lange Architects

  • 10:30 - 4 Março, 2019
  • Curadoria de María Francisca González
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Kiranpani / Mette Lange Architects
Kiranpani / Mette Lange Architects, © Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

© Hampus Berndtson © Hampus Berndtson © Hampus Berndtson © Hampus Berndtson + 18

© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

Descrição enviada pela equipe de projeto. Na antiga colônia portuguesa de Goa, na Índia, a arquiteta Mette Lange projetou uma casa para sua família, depois de passar quase 10 anos viajando e estudando a arquitetura local em Goa. A casa apresenta tradicionais pátios e grandes galerias cobertas por grandes telhados baixos e bonitos que oferecem sombra quando há sol e abrigo quando há fortes chuvas. As casas são muitas vezes construídas com tijolos, feitas da pedra laterítica vermelha local - a mesma cor do solo vermelho de Goa. Lange, em Kiranpani, trabalhou com as tradições, mas simplificou-as e juntou-as de forma diferente.

© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson
Localização
Localização
© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

A casa em Goa é chamada Kiranpani, que significa raio de água, porque há uma fonte no sopé da montanha que abastece a casa de água. Kiranpani está localizada na colina, aproximadamente 40m acima do rio Teracol. De longe, a casa parece uma casa clássica de Goa.

© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

A casa é cuidadosamente posicionada no terreno existente, preservando as grandes árvores, que também fornecem sombra e mantêm o solo estável. Entra-se na propriedade a partir da estrada que está acima da casa. A casa é invisível a partir da rua, uma vez que se situa em um nível inferior por trás da vegetação da selva e de edificações menores. Em seguida, quem entra desloca-se em movimentos circulares, descendo uma escadaria, até uma grande parede fechada de pedra laterítica, com pouquíssimas aberturas em vitrais - também uma referência à arquitetura goesa local. À direita da entrada, Lange plantou uma árvore Frangi Pant que projeta lindas sombras na grande parede durante a tarde e deixa cair flores brancas em frente à porta principal. Entra-se, então, na casa através de uma ponte, colocada acima de uma grande calha para a água da monção, feita de arenito. A ponte leva a uma plataforma coberta por um grande telhado. Ao entrar na casa, experimenta-se a mudança do calor para o frio e da aridez para a selva, além de uma vista magnífica sobre o rio, com as montanhas ao longe e o mangue no final da encosta.

© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

A grande plataforma coberta é a casa. Possui uma planta baixa e um corte muito nítidos, simples e conceituais com vários cômodos para armazenamento ao longo da grande parede, conectando-se aos quartos e à cozinha, mas também funcionando como estabilizadores para que não precisasse ser utilizado aço na construção da parede. Os quartos são feitos de paredes de madeira semifechadas, também baseadas nos costumes locais de construção, permitindo a ventilação natural. Os materiais aconchegantes e rústicos funcionam como uma forma de suavizar as linhas simples e nítidas da casa e criam uma atmosfera vívida. Os pisos são feitos de um arenito dourado de Jaisalmer, uma pedra que fica mais e mais dourada com o tempo, e quase brilha onde é mais usada.

© Hampus Berndtson
© Hampus Berndtson

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Kiranpani / Mette Lange Architects" [Kiranpani / Mette Lange Architects] 04 Mar 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912253/kiranpani-mette-lange-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.