La bouteillerie / Architecture Cotugno Thiry

La bouteillerie / Architecture Cotugno Thiry

© Johnny Umans© Johnny Umans© Johnny Umans© Johnny Umans+ 25

Rochefort, Bélgica
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  220
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Johnny Umans
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: MTTS Concept, Osram, Rubio Monocoat, Sapa Building System International NV, Sika
© Johnny Umans
© Johnny Umans

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa de garrafas de cerveja da cidade de Jemelle está localizada ao longo do rio Lhomme, que serpenteia entre campos e florestas na região de Famenne. Construído por volta de 1895, o prédio era usado para engarrafar cerveja e armazenar os ingredientes necessários para a produção de cerveja.
O projeto visa a conversão desse espaço em uma residência unifamiliar. O desafio era enfatizar o caráter industrial deste lugar imerso na história e ao mesmo tempo proporcionar o máximo de luz natural para os espaços habitacionais.

© Johnny Umans
© Johnny Umans

As divisões internas e os anexos – que foram adicionados mais tarde – foram completamente demolidos para recuperar o edifício original. Apenas três paredes externas, bem como o revestimento de tijolos e vigas de aço foram preservados. Mas o estado de deterioração do edifício tornou necessário reforçá-los bastante.

© Johnny Umans
© Johnny Umans
Plantas
Plantas
© Johnny Umans
© Johnny Umans

Como todas as aberturas do edifício estão voltadas para o norte e a fachada sul voltada para a propriedade vizinha não permite outras janelas, a fachada oeste foi totalmente aberta ao longo de toda a largura até o térreo para maximizar a entrada de luz natural na residência e criar uma abertura dando para o jardim. Uma entrada independente também foi criada pelo lado da Rue du Congo.

© Johnny Umans
© Johnny Umans

Duas outras janelas foram inseridas nos fachadas – uma para o banheiro do andar de cima e a outra para a nova escadaria. Esta última foi aberta acima de um prédio adjacente que abrigava velhos tonéis de cerveja. A escada está localizada em uma longa e escura estrutura de 11 metros que conecta todos os ambientes no térreo ao longo da fachada sul: uma cozinha equipada, armários, um banheiro – que é acessado através de uma porta oculta –  e todos os serviços técnicos de construção.

© Johnny Umans
© Johnny Umans
Cortes
Cortes
© Johnny Umans
© Johnny Umans

Uma gama de novos materiais cuidadosamente selecionados complementa a arquitetura original, de modo que esta última pode claramente se destacar das novas adições: resina de poliuretano cinza para o piso, painéis MDF escuros e esquadrias de alumínio com molduras de metal para diferenciar as novas aberturas das janelas originais com peitoris de pedra azul. A bancada e o aparador de aço inoxidável escovado na cozinha lembram o caráter industrial do lugar, enquanto os antigos pavers de cimento recuperados da cervejaria cobrem o piso do banheiro do andar de cima. As paredes de tijolos foram pintadas de branco para refletir o máximo de luz nesses espaços. Uma atmosfera calma, discreta e minimalista empresta a este projeto uma elegância atemporal.

© Johnny Umans
© Johnny Umans

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "La bouteillerie / Architecture Cotugno Thiry" [La bouteillerie / Architecture Cotugno Thiry] 02 Mar 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912087/la-bouteillerie-architecture-cotugno-thiry> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.