O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escritórios
  4. Brasil
  5. Vernare Projetos
  6. 2018
  7. AASP – Espaço Jardim Paulista / Vernare Projetos

AASP – Espaço Jardim Paulista / Vernare Projetos

  • 10:00 - 10 Fevereiro, 2019
AASP – Espaço Jardim Paulista / Vernare Projetos
AASP – Espaço Jardim Paulista / Vernare Projetos, © Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo

© Guilherme Rebelo © Guilherme Rebelo © Guilherme Rebelo © Guilherme Rebelo + 21

  • Arquitetos

  • Localização

    Alameda Santos, 2159 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01418-200, Brasil
  • Arquitetos Responsáveis

    Maria Inês Jabur Zemella, Luciano Soares de Oliveira, Wagner Lima Fernandes, Tatiana A. Souza, Julia Jabur Zemella
  • Ano do projeto

    2018
  • Fotografias

  • Construção

    Illi Engenharia e Construção
  • Gerenciamento

    Plano A Gestão e Mentoria
  • Elétrica, Hidráulica e Sistemas

    MA2 PQR
  • Ar Condicionado

    Planag Engenharia
  • Áudio e Vídeo, Luminotécnica

    Vernare Projetos
  • Cliente

    Associação dos Advogados de São Paulo
  • Mais informações Menos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto.
Fomos convidados pela AASP para participarmos do concurso de ideias para seu novo endereço, um andar do recém-inaugurado edifício “Santos Augusta”, na região da Avenida Paulista. As orientações do cliente pediam a concepção de um espaço contemporâneo e versátil, que abrigasse diferentes funções em situações distintas, com espaço de atendimento ao cliente, salas de aulas, uma arena de eventos, biblioteca, e, principalmente, atraente à nova geração de advogados, que busca a informalidade e a possibilidade de um início de carreira em espaços de coworking.

© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo
Layout
Layout

A vista sudoeste privilegiada do 15º pavimento escolhido pelo cliente alcança bairros como os Jardins, a várzea do Rio Pinheiros e a extensa área de vegetação da Cidade Universitária até as colinas do Morumbi. Baseando-se nessa paisagem emoldurada nos vãos das janelas e com a perspectiva de que essas vistas dificilmente serão perdidas, optamos por posicionar a recepção do andar nessa porção da planta.

© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo

Logo na entrada utilizamos uma estante modular em aço, com quase 9 metros de comprimento, abrigando o posto para a recepcionista, entre os nichos da biblioteca. Essa estante funciona ainda como elemento direcionador à área de convívio do andar. Junto à recepção, cabines funcionam como suporte ao espaço de leitura e espaço para reuniões rápidas. Na porção oposta ao pavimento, posicionamos 4 salas de atendimento individuais com total isolamento acústico. A divisão entre salas acontece com paredes móveis, possibilitando a integração total do espaço e o convertendo em uma grande sala de reunião.

© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo

© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo

Ao centro da planta temos o espaço de convívio, funcionando como a “praça cívica” do espaço, com mobiliário de fácil manuseio que possibilita diversas composições de uso. Um balcão com pia funciona como apoio para eventual coffeebreak de eventos e aulas. Esse balcão fica em maior parte do tempo oculto atrás de duas portas deslizantes, revestidas com laminado melamínico branco escrevível, podendo ser utilizado como lousa e também para projeções. Junto a ele, temos ainda um grande armário para guarda de cadeiras empilháveis que eventualmente não estão em uso. No mesmo espaço de convívio, paredes móveis em madeira e vidro separam o ambiente em até duas salas de aulas independentes. Na situação de todas as vedações recolhidas, temos um grande salão de eventos ou um auditório.

© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo
© Guilherme Rebelo

Mesmo com a pouca compartimentação do espaço, buscamos a especificação de materiais mais adequados para cada uso do local: pisos do tipo carpete foram utilizados nos locais onde existe uma maior exigência de cuidado acústico, como o caso das salas de aula, atendimento e locais de leitura. Nas áreas de circulação e grande fluxo de pessoas, foi utilizado piso do tipo vinílico com aparência e textura de cimento queimado. A excelente execução do edifício nos permitiu manter aparentes todos os elementos do sistema estrutural do conjunto, aplicando apenas uma camada de verniz brilhante sobre o concreto. Abrimos mão de realizar sobre quase todo o andar qualquer tipo de forro, mantendo aparente todos os componentes das instalações, fazendo uso de nuvens acústicas em madeira ou tecido e forro acústico apenas nas salas de aula/reuniões.

Axonométrica
Axonométrica

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "AASP – Espaço Jardim Paulista / Vernare Projetos" 10 Fev 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910930/aasp-nil-espaco-jardim-paulista-vernare-projetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.