Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Stoned / ELASTICOSPA+3

Stoned / ELASTICOSPA+3

© Elisabetta Crovato © Mattia Balsamini © Mattia Balsamini © Mattia Balsamini + 19

San Quirino, Itália
  • Arquitetos: ELASTICOSPA+3
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2018
  • Fotógrafo Fotografias: Elisabetta Crovato, Mattia Balsamini
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Cava Iaconcig, DBG, Lithos Pav
  • Colaboradores: Valeria Brero, Corrado Curti, Daniele Almondo, Marco Burigana, Andrea Rosada, Serena Nano
  • Engenharia Estrutural: Antonio Colonnello
  • Consultor: Proj-system
  • Construção: Bedin e Arrigò
  • Área Do Terreno: 2216.0 m2
  • Houses: 420.0 m2 (300.0 + 120.0)
Mais informações Menos informações
© Mattia Balsamini
© Mattia Balsamini

Descrição enviada pela equipe de projeto. Stoned é o projeto de reforma de uma pequena casa em San Quirino, província de Pordenone, na região italiana de Friuli-Veneza Giulia. Todo o centro histórico desta pequena cidade passou por um recente e completo projeto de reurbanização. Vários tipos de intervenções foram levadas à cabo, desde a recuperação de edifícios em risco até a demolição e reconstrução de outras tantas estruturas. Durante este processo, os arquitetos desenvolveram uma ampla pesquisa sobre os materiais utilizados em projetos de renovação urbana em centros históricos de pequenas cidades no país. As tradicionais paredes de pedra foram reinventadas, compreendendo a fragilidade deste material em uma região de alto risco sísmico.

© Elisabetta Crovato
© Elisabetta Crovato

O principal edifício deste projeto de renovação (casa nº1), foi reformado para abrigar uma residência unifamiliar, preservando algumas de suas mais importantes características arquitetônicas: muros de pedra, um pórtico arqueado e uma fachada que combina a solidez de seus materiais construtivos com uma harmoniosa leveza e transparência.

© Elisabetta Crovato
© Elisabetta Crovato

O outro edifício, chamado de "casa nº2", nasceu no local onde antes havia um antigo celeiro, cuja estrutura estava em condições críticas, e atualmente abriga uma garagem.

© Mattia Balsamini
© Mattia Balsamini

Como um todo, o projeto reinventou - com uma pequena dose de ironia -, os elementos construtivos típicos da região, reinterpretando a tradição construtiva local de modo a criar novas hierarquias entre os seus elementos.

© Mattia Balsamini
© Mattia Balsamini

Na casa nº1, a estrutura original foi tratada como uma casca, um contêiner no qual decidimos inserir um novo organismo vivo, construído pelo desencontro fortuito de seus volumes para criar espaços complexos em seus diferentes níveis. Essas caixas de concreto armado se revelam de diferentes maneiras quando vistas à partir do exterior do edifício: em alguns lugares elas atravessam as paredes originais, em outros pontos, terminam niveladas com as paredes de pedra existentes.

© Mattia Balsamini
© Mattia Balsamini

O projeto de reconstrução da casa nº2, teve que seguir à risca todas as regras do código de obras local, o qual impõe que toda nova intervenção no centro histórico da cidade deva utilizar a pedra como seu principal elemento construtivo, evitando a perda da identidade deste pequeno e caricato centro histórico. Enquanto o volume do espaço da casa é definido por lajes de concreto armado, o tradicional uso pedra foi reinterpretado e aplicado como uma “maquiagem”, subvertendo assim a hierarquia construtiva de sua arquitetura.

© Elisabetta Crovato
© Elisabetta Crovato

Como partes de um mesmo conjunto, ambas as casas possuem estruturas de concreto, (a primeira como um reforço das antigas paredes de pedra), utilizadas para atender às exigências estruturais de uma área com alto risco de abalos sísmicos.

© Mattia Balsamini
© Mattia Balsamini
Planta - térreo
Planta - térreo

Os edifícios apresentam uma envoltória altamente isolante e sistemas de baixo consumo de energia (utilizando bombas de calor, por exemplo). A camada de isolamento foi colocada na face interna das paredes e recobertas com painéis de madeira ou drywall, complementando a aparência mais fria das paredes de concreto e pedra.

© Elisabetta Crovato
© Elisabetta Crovato

A luz é um elemento fundamental utilizado neste projeto: no edifício principal, ela organiza o equilíbrio entre os cheios e vazios, proporcionando uma experiência espacial impar em uma estrutura deste tipo.

Cortes
Cortes

No edifício garagem, as grandes aberturas voltadas para o sul e o oeste foram protegidas por “brises de pedra”, os quais criam efeitos especiais e um fantástico jogo de luz e sombra no interior do edifício.

© Elisabetta Crovato
© Elisabetta Crovato

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Stoned / ELASTICOSPA+3" [Stoned / ELASTICOSPA+3] 29 Jan 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910289/stoned-elasticospa-plus-3> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.