Residência da Irmã / Balthazar Aroso Arquitectos

Residência da Irmã / Balthazar Aroso Arquitectos

© Tiago Casanova© Tiago Casanova© Tiago Casanova© Tiago Casanova+ 29

Penafiel, Portugal
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  264
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Tiago Casanova
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Saint-Gobain, Accoya, BMI Cobert, CIN, Dörken, Lunawood, Sika, TERMOLAN, URBIMAGEM
  • Engenharia:ADF - Engenheiros Consultores, Imagemfiel - Arquitectura e Engenharia
  • Construtora:Joaquim Fernandes de Campos
  • Consultoria Construção Em Madeira:Banema
Mais informaçõesMenos informações
© Tiago Casanova
© Tiago Casanova

Descrição enviada pela equipe de projeto. A edificação está localizada em terras rurais e tem sido utilizada para fins agrícolas desde sempre. Considerando o uso e o local onde está localizada, a intenção era criar um ambiente que integrasse a ação humana e a relação com a natureza, aproveitando não só os recursos paisagísticos como a exposição solar que, combinados, tornam o local tão privilegiado.

© Tiago Casanova
© Tiago Casanova

Assim, em total respeito pelo terreno, foram utilizados materiais da região no revestimento da edificação, como granito, madeira e telhas, à imagem das construções agrícolas existentes, procurando reinterpretar técnicas e costumes tradicionais, bem como certos espaços, estruturas e objetos, adaptando-os ao cotidiano atual e à novas experiências.

© Tiago Casanova
© Tiago Casanova

Em termos de distribuição programática e funcional, havia três diretrizes para a proposta. A primeira foi a orientação solar, que condicionou a localização das áreas de serviço ao norte para permitir uma melhor exposição dos dormitórios, posicionando-os na direção sul. Ao sul também está localizada a paisagem visual que se pretendia privilegiar, sendo esta a segunda condição orientadora da organização dos espaços e da localização das aberturas. O terceiro princípio foi a separação das áreas íntimas e social.

© Tiago Casanova
© Tiago Casanova

A edificação é, então, dividida em dois volumes, que se distinguem pela altimetria e pela inclinação dos telhados, e também abrigam diferentes funções. A entrada, marcada pelo jardim, situa-se no meio do volume principal permitindo, de forma simples, distinguir e separar a área íntima da área social. Esta separação é enfatizada pela criação de um pátio coberto exterior no sul que permite iluminar o átrio. O uso de tetos em várias alturas também pode criar sensações de compressão / descompressão e hierarquizar espaços, evitando a criação de barreiras físicas e melhorando a articulação entre funções, promovendo também a vida familiar.

Planta
Planta
Corte Transversal
Corte Transversal

Aspectos como ecologia, clima e sustentabilidade também foram significativos na concepção do projeto, tanto na criação dos espaços e aberturas como na escolha do sistema e dos materiais construtivos.

O resultado é uma casa simples, confortável e ecológica, onde a família gosta de viver.

© Tiago Casanova
© Tiago Casanova

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência da Irmã / Balthazar Aroso Arquitectos" [Sister’s House / Balthazar Aroso Arquitectos] 17 Jan 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/909451/residencia-da-irma-balthazar-aroso-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.