Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. Japão
  5. HIBINOSEKKEI
  6. 2018
  7. Jardim de Infância SMW / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro

Jardim de Infância SMW / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro

  • 11:00 - 4 Janeiro, 2019
  • Curadoria de María Francisca González
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Jardim de Infância SMW / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro
Jardim de Infância SMW / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro, © Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS) © Toshinari Soga (studio BAUHAUS) © Toshinari Soga (studio BAUHAUS) © Toshinari Soga (studio BAUHAUS) + 34

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

Cultivando a independência

O projeto está localizado em uma área residencial em Zama, Kanagawa, Japão, e surge da necessidade de construir um novo espaço para que as 110 crianças na lista de espera possam ser contempladas. Recentemente, é difícil para as crianças brincarem criativamente devido à segurança excessiva dos adultos e à regulamentação muito rígida. O que é pior, na maioria das escolas, as crianças aprendem passivamente. Assim, a oportunidade de pensar e agir espontaneamente está diminuindo. Considerando esta situação, planejamos este espaço com o conceito “Cultivando Independência”, onde as crianças pensarão e criarão em meio a muitos desafios. 

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

A primeira abordagem é colocar muitas aberturas. O prédio de um único pavimento é posicionado a fim de gerar jardins em todos os lugares, o que é diferente do layout geral que os edifícios são colocados no lado norte e espaços de jardim no lado sul. Através desse planejamento, muitas aberturas são feitas, espaços pequenos que instigará a curiosidade e criatividade.

Planta
Planta

A segunda é fazer muitos movimentos para cima e para baixo. No exterior existem várias pequenas montanhas e no interior existe uma rede de escalada. Isso dá às crianças chances de criar novas apropriações, que não podem ser geradas apenas em lugares planos. Através destes elementos, a força física das crianças será desenvolvida enquanto estiver brincando.

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

A terceira é estimular as crianças a terem interesses no mundo exterior. As salas principais estão abertas para o exterior com portas que podem ser totalmente abertas, cujos beirais ficam mais altos e mais largos para o lado de fora. Então os ventos e a luz entram naturalmente. Levar a natureza para dentro fará com que as crianças tenham interesse no exterior e as incentivará à brincar lá fora. Através das portas e janelas, vários tipos de árvores podem ser vistos. Em qualquer época do ano, as crianças podem sentir a mudança da natureza em sua vida diária, como acompanhar os frutos e folhas que caem, cultivando seu senso de admiração e sensibilidade.

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

Desta forma, tanto dentro como fora, o ambiente é mutável. As crianças têm mais chances de encontrar algo novo e divertido para brincar. Ao compartilhá-lo com seus amigos e criar uma nova brincadeira, sua independência será cultivada enquanto estiverem brincando naturalmente.

© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)
© Toshinari Soga (studio BAUHAUS)

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Jardim de Infância SMW / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro" [SMW Nursery / HIBINOSEKKEI + Youji no Shiro] 04 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/908267/jardim-de-infancia-smw-hibinosekkei-plus-youji-no-shiro> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.