Centro Interdepartamental de Administração / Ateliers 2/3/4/

Centro Interdepartamental de Administração / Ateliers 2/3/4/

© Clément Guillaume© Clément Guillaume© Clément Guillaume© Clément Guillaume+ 30

  • Engenharia :SAS Mizrahi / ABC Décibels / L’EAU
  • Construtora:Léon Grosse / SOGEFI / JPV Batiments / De Cock / Frameto / ITB / STEPC / Léon Grosse électricité / les Jardins de Gally
  • Cliente:CIG Versailles
  • Custo Construção:11.4 M€
  • Equipe 2/3/4/:Olivier Arene, Architect Partner, Jean-François Patte, Marie Boutet, Sylvain Réty, Ana-Monica Stoinea, Fabrizio Glorioso, Giulio Tarquini, Tae Hyung Kim, Fabienne Garrigues, Emilie Sopena, Sungrok Kwon, Elie Marçais, Agate Mordka, Arnaud Tallon, Oana Radu, Camille Etivant, Pauline Gaulard, Nina Rotter, Arnaud Mousset, Jean Guidet
  • Cidade:Versalhes
  • País:França
Mais informaçõesMenos informações
© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

Um desafio funcional e ambiental

Essa extensão de um prédio público existente faz parte de um bairro predominantemente residencial. Portanto, apesar de sua adição de 4.840 m² e 150 vagas de estacionamento, o projeto precisava encontrar seu lugar no bairro sem sufocá-lo. O edifício é concebido quase inteiramente sobre pilotis, explorando a diferença de altura de cerca de 3 metros entre a rua e o aterro das ferrovias, e sua altura é limitada a 9 metros pelo Plano de Urbanismo Local. Ele abriga um estacionamento de qualidade e literalmente "acompanha" a rua Molière.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume
Planta  - térreo
Planta - térreo
© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

De acordo com o programa, o edifício consiste em dois blocos, um aberto ao público e o outro abrigando os escritórios do IGC, a entrada é colocada entre esses dois elementos. Um pátio desliza entre os dois blocos de construção que abrigam as duas principais entidades do programa e uma ampla galeria que atravessa o prédio de leste a oeste dá acesso a eles. A recepção está localizada no cruzamento desta praça com a galeria.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

Dois pavilhões: simbólicos e funcionais

- Na parte oeste, todos os serviços compartilhados, salas de conferência e treinamento, hall comum e restaurante acontecem em um "pavilhão" independente, que é colocado mais perto dos prédios existentes e tem uma identidade arquitetônica específica para marcar seu papel unificador;
- Na parte leste, os escritórios e outros serviços são colocados em um prédio em torno do jardim, oferecendo uma grande flexibilidade para o desenvolvimento e uma circulação “em loop” garantindo a melhor conexão possível entre os serviços.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

A questão acústica

Nenhuma instalação está voltada para as ferrovias do norte, apenas as áreas de circulação dos dois pavimentos do prédio de serviços criam um amortecedor, enquanto a proteção acústica da sala de conferência é reforçada pelas salas de armazenamento e pela sala de controle.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume
Detalhes Cortes
Detalhes Cortes
© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

Fachadas

O edifício precisava ter uma forma simples para se encaixar em seu ambiente e apresentar um desenho contemporâneo, ao mesmo tempo em que participava da integração do CIG em seu bairro suburbano. O pavilhão que contém as funções compartilhadas é o mais emblemático, requer fachadas opacas feitas de concreto pré-fabricado branco polido, contrastando com as fachadas dos outros pavilhões e as habitações, que consistem principalmente em pedra e alvenaria tradicional.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

As fachadas dos escritórios consistem em uma parede de alumínio anodizado cujas partes sólidas são feitas de vidro e painéis de madeira (OKALUX). A maioria dos escritórios é orientada para o leste e oeste, eles são protegidos por brises solares verticais de alumínio anodizado. Esta escolha de modelagem reforça a unidade arquitetônica das fachadas que conectam visualmente os 2 níveis. A materialidade de todas elas é qualitativa e garante durabilidade à edificação.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

Paisagismo

Desempenhando um papel fundamental para a qualidade ambiental e conforto do usuário, este "parque" é concebido para servir tanto como um elemento de estacionamento e qualificação para o contexto como também oferece vistas agradáveis para os escritórios. Áreas de relaxamento são organizadas, combinando funcionalidade técnica (estacionamento) e prazer do usuário (jardim, vista). As espécies de plantas foram escolhidas cuidadosamente para este ambiente particular (pouca luminosidade) garantindo boa biodiversidade.

© Clément Guillaume
© Clément Guillaume
Diagramas
Diagramas
© Clément Guillaume
© Clément Guillaume

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:78000 Versalhes, França

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro Interdepartamental de Administração / Ateliers 2/3/4/" [Interdepartemental Management and Administration Center / Ateliers 2/3/4/] 20 Dez 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/907761/centro-interdepartamental-de-administracao-ateliers-2-3-4> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.