Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. Estados Unidos
  5. Arquitectonica
  6. 2018
  7. Escola de Arquitetura da Universidade de Miami / Arquitectonica

Escola de Arquitetura da Universidade de Miami / Arquitectonica

  • 13:00 - 16 Dezembro, 2018
  • Curadoria de Fernanda Castro
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Escola de Arquitetura da Universidade de Miami / Arquitectonica
Escola de Arquitetura da Universidade de Miami / Arquitectonica, © Robin Hill
© Robin Hill

© Robin Hill © Robin Hill © Miami In Focus © Robin Hill + 43

  • Arquitetos

  • Localização

    1223 Dickinson Drive Coral Gables, Flórida 33146 , Estados Unidos
  • Sócios responsáveis

    Bernardo Fort Brescia, Laurinda Spear
  • Diretor de projetos

    Sherri Gutierrez
  • Gerente de projetos

    Rafael Guissarri
  • Arquiteto de projeto

    Raymond Fort
  • Área

    13125.0 ft2
  • Ano do projeto

    2018
  • Fotografias

  • Arquiteto de registro

    Sherri Gutierrez
  • Paisagismo

    ArquitectonicaGEO
  • Arquitetos de interiores

    ArquitectonicaINTERIORS e University of Miami Interior Design, Office of the University Architect
  • Estrutura

    GMG
  • Acústica

    Shen Milsom & Wilke LLC
  • Complementares

    Stantec
  • Civil

    VSN
  • Geotecnia

    NV5
  • Especificações

    Arquitectonica
  • Quantitativos

    Atkins
  • Sustentabilidade

    SUMAC
  • Construtora

    Coastal Construction Group
  • Gestão de obras

    Coastal Construction Group
  • Cliente

    Universidade de Miami, Facilities Planning & Construction
  • Mais informações Menos informações
© Robin Hill
© Robin Hill
Implantação
Implantação

Descrição enviada pela equipe de projeto. A parceria entre o escritório Arquitectonica e a Escola de Arquitetura da Universidade de Miami é uma história de longa data. Bernardo Fort-Brescia, Laurinda Spear e seu filho Raymond Fort, sócios e fundadores do Arquitectonica, já foram ou são professores da escola de Miami. O projeto do edifício Thomas P. Murphy Design Studio vem para somar e dar ainda mais brilho a esta longínqua cooperação, concretizando o compromisso do escritório com a Universidade e com a cidade que acolheu e assistiu o nascimento e crescimento da empresa. O novo edifício de ateliês conta com mais de mil e oitocentos metros quadrados, um espaço colaborativo integrado que será a casa da próxima geração de arquitetos formados pela escola de arquitetura de Miami. Transpondo o conceito pedagógico para o espaço da físico da escola, o projeto transforma e amplia a maneira como se pretende ensinar arquitetura e além disso, recebeu a certificação LEED de sustentabilidade, mostrando a sensibilidade e a eficiência do mais novo edifício da Escola de Arquitetura de Miami. Sua estrutura de concreto aparente e vidro é por si só uma ferramenta para o ensino e aprendizado da disciplina, a qual expressa alguns dos princípios mais elementares da arquitetura moderna, de construção e sustentabilidade.

© Robin Hill
© Robin Hill

Localizado em uma importante interseção do Campus da Universidade de Miami, o edifício cria uma praça que se conecta à um caminho adjacente ao Metrorail de Miami. Em essência, o edifício é um grande salão aberto e coberto por uma laje de concreto aparente abobadada, a qual flutua à cinco metros de altura, suspensa por estreitas colunas de aço e paredes estruturais. A leveza da estrutura de cobertura e seu generoso pé-direito proporcionam uma completa sensação de abertura, permitindo que a luz natural permeie o edifício naturalmente. Uma empena de concreto curva marca o acesso principal da escola à partir da rede pública de transporte e sua conexão com o Centro de Arquitetura Jorge M. Pérez, um edifício projetado pelo arquiteto Leon Krier, o coração da faculdade de arquitetura e do Campus da Universidade de Miami. A parede ao sul, outra empena curva de concreto aparente, dialoga com o pórtico arqueado e o auditório octogonal do edifício de Krier. Atuando como um gesto simbólico de boas-vindas, convidando os alunos a entrar e suavizando as vigorosas linhas do edifício. 

© Robin Hill
© Robin Hill

A cobertura por si só, uma esbelta estrutura de concreto, é o principal elemento arquitetônico do projeto. Ela se deforma ligeiramente, como se estivesse derretendo sob o sol forte da Flórida, formando um arco suave que proporciona ainda mais complexidade à silhueta do edifício. Além disso, seus generosos balanços proporcionam um sombreamento efetivo para as fachadas vítreas voltadas à leste e à oeste. A sinuosidade de sua forma compõe perfeitamente com a curva que marca a entrada do edifício, explorando toda a plasticidade das estruturas de concreto. Esses dois momentos formais, transformam o que seria apenas um singelo pavilhão em um edifício extremamente expressivo e dinâmico, incorporando princípios modernistas em um projeto contemporâneo de arquitetura que servirá como uma referência para as futuras gerações.

© Robin Hill
© Robin Hill

A implantação, orientação e seus principais elementos foram concebidos de acordo com o movimento do sol de forma a garantir as melhores condições de conforto no interior do edifício, até mesmo nos meses mais quentes do ano. A laje de concreto inclina-se em direção ao sul para melhor sombrear a fachada mais exposta a incidência direta do sol. Devido à sua envoltória completamente translúcida e permeável, o edifício pode ser utilizado durante o dia sem a necessidade de iluminação artificial, lembrando de que este é o primeiro edifício a apresentar um sistema de panos de vidro resistentes a furacões com mais de 5 metros de altura. Além disso, janelas operáveis permitem uma adequada ventilação cruzada no verão para minimizar a necessidade do uso de sistemas artificiais de condicionamento de ar.

© Robin Hill
© Robin Hill
Fachadas
Fachadas

O ateliê é o coração de uma escola de arquitetura, a fonte de inspiração para seus alunos e futuros arquitetos. Ostentando as mais modernas instalações, espaços expositivos e sociais, o projeto deste ateliê sintetiza todos os conceitos pedagógicos do ensino da arquitetura nos dias de hoje, reunindo-os com perfeição  sobre esta escultórica laje de concreto. O espaço de trabalho em si é baseado em um módulo de cinco metros quadrados que pode acomodar uma ampla variedade de configurações de layout. A partir da entrada principal chega-se à um foyer que suavemente nos encaminha até os estúdios. As paredes leste e oeste do volume central foram concebidas como grandes painéis expositivos, onde os alunos podem afixar seus trabalhos e compartilhá-los com toda a escola. Os ateliês ao lado sul foram destinados aos cursos de design e construção e possuem acesso direto às áreas de trabalho ao ar livre. Os volumes cúbicos dispersos dentro do espaço de ateliê abrigam diferentes programas: cortinas para as salas de aula, vidro e painéis para salas de reunião e seminários, concreto para o laboratório de fabricação de modelos. Dois outros pavilhões independentes abrigam as salas dos professores, os quais podem ser constantemente redesenhados e reconstruídos pelos alunos a cada ano, proporcionando um ambiente fértil para a criatividade e o trabalho colaborativo.

© Miami In Focus
© Miami In Focus

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola de Arquitetura da Universidade de Miami / Arquitectonica" [University of Miami School of Architecture / Arquitectonica] 16 Dez 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/907397/escola-de-arquitetura-da-universidade-de-miami-arquitectonica> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.