Acomodação em Hepburn Spring / CBG Architects

Acomodação em Hepburn Spring / CBG Architects

© Pietro Giordano© Pietro Giordano© Pietro Giordano© Pietro Giordano+ 16

Hepburn Springs, Austrália
  • Arquitetos: CBG Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  850
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fotógrafo Fotografias:  Pietro Giordano
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Architrend, Capral, Decina Venice, James Hardie, James Hardie Australia, Mizu, Real Flame, Veridian
© Pietro Giordano
© Pietro Giordano

Descrição enviada pela equipe de projeto. Projetado para conquistar os hóspedes desde a chegada, este projeto envolveu a criação de uma série de acomodações lineares em Hepburn Springs. Implantadas no alto de montanhas, as unidades foram cuidadosamente estudadas de forma a impactar o mínimo possível no terreno natural, levando a menos escavações e alterações na paisagem. Sustentabilidade e singularidade foram uma consideração importante em todo o projeto.

Implantação
Implantação

Cada unidade é térrea e foi pensada em receber até duas pessoas. O quarto tem 59 metros quadrados de área interna e 16 de espaço externo, além de uma varanda com 12,4 metros quadrados. Cada acomodação também recebe um spa que acompanha a planta livre do quarto com uma lareira de vidro que pode ser desfrutada tanto da cama como do spa ou do espaço de estar. Os quartos também dispõem de uma grande cama, chuveiro duplo, uma cozinha equipada  tudo cuidadosamente projetado. Há neste projeto uma mistura de texturas naturais e materiais com tons quentes que foram considerados e usados para criar um clima de total privacidade para os hóspedes.

A área do Hepburn Springs é bem abastecida de comércio e casas de veraneio, o que significa que este projeto precisava de atrativos para poder se diferenciar de seu entorno. Isso foi atingido a partir da composição total criada a partir da implantação de cada unidade, que é avistada logo na chegada do hóspede. Isso foi uma oportunidade importante de projeto, e os arquitetos acreditam que o projeto se tornou uma parte da paisagem.

© Pietro Giordano
© Pietro Giordano

 A estrutura de nível único foi projetada sobre palafitas para minimizar a pegada na paisagem circundante e vários elementos ESD foram incorporados por toda parte. Eles também foram construídos para garantir uma vista relaxante da paisagem, permitindo que os hóspedes desfrutem do ambiente natural e, por sua vez, promovendo relaxamento, contemplação e rejuvenescimento.

Cada acomodação foi projetada com a sustentabilidade em mente. Era crucial que a paisagem existente fosse protegida durante todo o processo. A sustentabilidade foi alcançada e apoiada através do uso de sistemas que direcionam a água da chuva para um sistema de reticulação naturalmente filtrado. Isso permite a coleta de água que é reutilizada na paisagem. Outros recursos de sustentabilidade incluem células fotovoltaicas para geração de eletricidade, grandes beirais em áreas de convivência para controle solar e projeto amplo e arejado que permite ventilação cruzada.

© Pietro Giordano
© Pietro Giordano
© Pietro Giordano
© Pietro Giordano

O grande e inclinado aterro da estrada principal e a paisagem natural existente no local criaram uma oportunidade para projetar formas que funcionais e visualmente impressionantes. A inclinação significativa exigia planejamento adicional, mas permitia a construção de grandes formas estendidas em balanço, criando um impacto visual imediato na chegada pela via principal de acesso. Simultaneamente, o projeto precisava garantir que cada unidade tivesse privacidade suficiente, incorporando o ambiente natural. O projeto elevado e posição das acomodações permitiu a privacidade e a natureza individual das unidades, o que significa que os hóspedes podem se sentir diretamente dentro do ambiente natural.

Fachada e Planta
Fachada e Planta

Durante o processo, o projeto permaneceu fiel ao conceito e intenção originais, o que é bastante raro na hora de projetar um desenvolvimento comercial. O resultado final das dez unidades assemelha-se muito ao conceito original da consulta inicial do projeto com o cliente. Os novos regulamentos da zona de incêndio para a área foram introduzidos durante o processo de projeto, tornando essencial garantir que todos os membros da equipe fossem instruídos sobre as novas regulamentações para garantir a conformidade do projeto no produto acabado. É importante ressaltar que a intenção do projeto ainda era capaz de ser mantida por meio dessas mudanças regulatórias.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Acomodação em Hepburn Spring / CBG Architects" [Hepburn Spring Pods / CBG Architects] 21 Nov 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/906155/acomodacao-em-hepburn-spring-cbg-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.