Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Pavilhão de Esportes e Eventos / Horizontes Arquitetura e Urbanismo

Pavilhão de Esportes e Eventos / Horizontes Arquitetura e Urbanismo

© Gustavo Xavier © Gustavo Xavier © Gustavo Xavier © Gustavo Xavier + 54

Ginásio  · 
Alphaville, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Gustavo Xavier
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Fotógrafo Created with Sketch.
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Gail, Hunter Douglas, Portobello, segato
  • Arquitetos responsáveis

    Gabriel Velloso da Rocha Pereira, Luiz Felipe de Farias, Marcelo Palhares Santiago
  • Ano do projeto

    2018
  • Colaboradores

    Carolina Pereira Rosa de Souza, Cristiane da Silva Coutinho, Iris Dias Resende Pereira, Luiza Buccini Carneiro, Mateus de Oliveira Castilho, Larissa Nunes Costa, Silvia Guastaferro Magalhães
  • Estagiárias

    Camila Saraiva, Laila Faria, Lorena Coscarelli, Ludmila Costa
  • Consultoria em conforto acústico

    Oppus Acústica (Marco A. M. Vecci)
  • Projeto e detalhamento de esquadrias

    BM Projetos (Paulo Sérgio Mol)
  • Climatização

    Interclima (Carlos Rodrigo Andrade)
  • Projeto de Prevenção e Combate a Incêndio

    Abadia
  • Estrutura de Concreto

    Paula Machado Engenharia e projetos (Ari de Paula Machado)
  • Consultoria para projeto luminotécnico

    Interpam
  • Estrutura Metálica

    Techneaço
  • Terraplanagem e Contenções

    Sergio Velloso Projetos Ltda (Sergio Velloso)
  • Projetos de Instalações Elétricas e Instalações Hidrosanitárias

    Tese Projetos Sociedade Civil ltda.
Mais informações Menos informações
© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Minas Tênis Clube é o maior clube social de Minas Gerais e um dos mais importantes do Brasil. A unidade náutica foi criada em 1998, no Alphaville Lagoa dos Ingleses, município de Nova Lima, com intenção de oferecer contato com a natureza e esportes náuticos (vela e remo).

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

O aumento da frequência dos sócios gerou demanda para ampliação da estrutura. O Plano Diretor do Clube foi então atualizado, adaptando as diretrizes originais para as necessidades atuais. As mudanças resultaram na alteração do programa, relocação de usos, além de redefinição da imagem volumétrica, que era pré-determinada pelo plano diretor.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

Os novos itens de programa foram reunidos em edificação única, conciliando usos, criando fluxos de acesso independentes e liberando espaço no terreno para atender outras demandas.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

O projeto prevê construção em três etapas:

  1. Parque aquático coberto, salão de eventos, bloco administrativo, portaria principal e guarderia para barcos;

  2. Terraço descoberto, lanchonete, vestiários e quadras de squash;

  3. Ginásio esportivo com quadra e arquibancadas.

No volume leste (concluído) ficam as piscinas cobertas e aquecidas, integradas visualmente ao parque aquático externo. No mesmo nível, ficam as quadras de squash, lanchonete, vestiários e administração. No pavimento superior ficam salão de eventos, área de apoio técnico e terraço. No pavimento inferior ficam as guarderias de barcos e depósitos.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

No volume oeste ficará o Pavilhão Esportivo (em construção). O pavilhão será usado para treinamento e competições oficiais, principalmente basquete, vôlei e futsal. Durante a Olimpíada Rio 2016, parte da estrutura do Pavilhão foi usada pela equipe britânica de remo, indicando as possibilidades de intercâmbio que serão oferecidos no edifício.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

O desenho do edifício buscou referências no desenho do antigo ginásio do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (já demolido). Sua arquitetura modernista, projetada por Raphael Hardy, era caracterizada por empenas laterais, cobertura curva assinalada por sheds/aberturas de iluminação e ventilação natural. A característica mais marcante era o acesso público pelo nível mais alto da arquibancada, que propiciava leitura integral do espaço interno, acima do nível do público.

Croquis 02
Croquis 02
Planta - 1° Pavimento
Planta - 1° Pavimento
Croquis 03
Croquis 03

O desenho do Pavilhão repete esses elementos marcantes, utilizando empenas laterais e um plano único de cobertura, assinalado pelos pórticos frontais de iluminação e ventilação. Esses pórticos marcam o ritmo da fachada e definem a imagem marcante do edifício. Funcionam também como indicação dos acessos e atendem a uma indicação do plano diretor que recomenda que cada edifício seja destacado por elementos verticais de composição.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

A variação de cores da fachada (pintura clara e placas metálicas alaranjadas e acobreadas) se relaciona com a cor do minério de ferro, predominante na região, além de se harmonizar com as obras já construídas no clube. As relações entre novo e antigo, ambiente natural e ambiente construído, público e privado, foram fatores preponderantes para que se chegassem ao resultado final.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

A estratégia de projeto solucionou as necessidades do escopo de forma harmoniosa com o entorno, gerando uma volumetria impactante, mas ao mesmo tempo respeitosa. As linhas acentuadas da arquitetura pretendem criar um novo referencial na paisagem da região.

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Av. Princesa Diana, 440 - Alphaville, Nova Lima - MG, 34000-000, Brasil

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão de Esportes e Eventos / Horizontes Arquitetura e Urbanismo" 30 Nov 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/906095/pavilhao-de-esportes-e-eventos-horizontes-arquitetura-e-urbanismo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.