Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Reabilitação e adaptação do Palacete da Quinta do Bom Pastor / Nuno Valentim

Reabilitação e adaptação do Palacete da Quinta do Bom Pastor / Nuno Valentim

© João Ferrand © João Ferrand © João Ferrand © João Ferrand + 18

Lisboa, Portugal
  • Arquitetos: Nuno Valentim
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 1465.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2017
  • Fotógrafo Fotografias: João Ferrand
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: DDL, MARGON, Mosaic Del Sur, Osmo, RESSETENDE
  • Relatório De Inspecção E Diagnóstico, Projecto De Estabilidade E Infraestruturas Hidráulicas: GEPECTROFA - Prof. Aníbal Costa, Rossana Pereira
  • Projecto De Infraestruturas Eléctricas, Telecomunicações E Segurança: AFACONSULT - Raul Serafim, Vasco Sampaio, Maria da Luz Santiago
  • Projecto Avac: GET – Gestão de Energia Térmica - Raul Bessa, Ricardo Carreto
  • Projecto De Comportamento Acústico E Consultoria Higrotérmica: Prof. Vasco Freitas
  • Consultoria De Conservação E Restauro: António Vasques
  • Projecto De Arquitectura Paisagista: PAISAGEM ILIMITADA - Cristina Marques
  • Construtor: AOF – Augusto Oliveira Ferreira - Filipe Ferreira, Belmiro Xavier, Ana Varajão
  • Fiscalização: RPR – Rui Prata Ribeiro - Alfredo Cruz, Manuel Correia, Cláudia Alves, Rita Pereira, Carlos Leal
Mais informações Menos informações
© João Ferrand
© João Ferrand

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projecto de reabilitação do Palacete da Quinta do Bom Pastor consistiu numa obra de adaptação para a instalação da sede da Conferência Episcopal Portuguesa – um programa de serviços extenso, diversificado e complexo. Embora a primeira referência histórica à Quinta da Buraca remonte a 1712, foi apenas na 2ª metade do séc. XVIII que se configurou o actual conjunto edificado, constituído por casa nobre, estruturas secundárias, jardim de buxo e pavilhão de fresco.

Planta - Térreo
Planta - Térreo
© João Ferrand
© João Ferrand

No edifício central situam-se a maioria dos serviços, que se distribuem pelos três pisos tirando partido da compartimentação e elementos decorativos pré-existentes – nomeadamente tectos, pavimentos e vãos interiores em madeira. Na articulação com os corpos secundários situam-se a área de recepção/espera e os espaços comuns – biblioteca, bar, instalações sanitárias e salas de reuniões, assim como o elevador, uma adição essencial para a circulação entre os edifícios que antes funcionavam de forma autónoma. Procurou-se preservar as características do edificado no que diz respeito aos materiais e linguagem, recorrendo a reinterpretações nas áreas de intervenção mais profunda. 

© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand

O programa a instalar e o tipo de utilização exigiam uma grande carga infraestrutural, que importava introduzir preservando a integridade da pré-existência. Simultaneamente, havia a necessidade de garantir o correcto funcionamento higrotérmico do edifício, corrigindo as causas das anomalias e introduzindo isolamento nas coberturas. Todas as soluções foram dimensionadas espaço a espaço, caso a caso, tendo em conta a função, número de utilizadores, orientação solar, fenestração, inércia térmica, carga térmica...

© João Ferrand
© João Ferrand
Elevações
Elevações

Procurou-se também identificar, diagnosticar e reabilitar os elementos decorativos que caracterizaram as sucessivas intervenções no edifício, consequência dos diversos proprietários que quiseram deixar a sua marca – como, por exemplo, os elementos originais do edifício em cantarias e balaustradas em pedra e gradeamentos em ferro, mas também aos painéis de azulejos decorativos (interiores e exteriores), a fachada de azulejos relevados voltada para o jardim de buxo, os “embrechados” e os frescos no tecto do pavilhão de fresco.

© João Ferrand
© João Ferrand

A intervenção nos espaços exteriores foi também muito importante no conjunto, tendo em consideração a classificação da Quinta do Bom Pastor como espaço verde de interesse municipal – requalificando muros e caminhos, mantendo sinais da sua matriz rural, redignificando o jardim de buxo e procurando reintegrar os espaços na relação do edifício com o exterior. 

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Estrada da Buraca, 1500-325 Lisboa, Portugal

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Reabilitação e adaptação do Palacete da Quinta do Bom Pastor / Nuno Valentim" 03 Nov 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/904814/reabilitacao-e-adaptacao-do-palacete-da-quinta-do-bom-pastor-nuno-valentim> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.