Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Hotéis
  4. Portugal
  5. Paulo Braga + Cristina Amaral
  6. 2015
  7. Torre de Gomariz Wine Spa Hotel / Paulo Braga + Cristina Amaral

Torre de Gomariz Wine Spa Hotel / Paulo Braga + Cristina Amaral

  • 09:00 - 22 Outubro, 2018
  • Curadoria de Pedro Vada
Torre de Gomariz Wine Spa Hotel / Paulo Braga + Cristina Amaral
Torre de Gomariz Wine Spa Hotel / Paulo Braga + Cristina Amaral, © João Morgado
© João Morgado

© João Morgado © João Morgado © João Morgado © João Morgado + 41

© João Morgado
© João Morgado

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Quinta de Gomariz é uma propriedade com cerca de doze hectares, situada em Cervães, concelho de Vila Verde, com referências históricas conhecidas que remontam ao séc. XIII. O conjunto edificado da quinta, formado pela casa senhorial, torre e capela possui um valor patrimonial notável, encontrando-se em vias de classificação pela DGPC. A quinta chegou ao início do nosso século com as construções completamente arruinadas, funcionando apenas parcialmente a exploração agrícola.

© João Morgado
© João Morgado

Por decisão dos proprietários, foi definida uma estratégia que, permitindo a reabilitação do conjunto, garantisse a sustentabilidade da intervenção. O aproveitamento turístico surgiu desde cedo como a solução mais indicada, tendo em conta as características ímpares da propriedade.

© João Morgado
© João Morgado

O início da nossa intervenção deu prioridade aos trabalhos de reabilitação e consolidação estrutural da torre, solar e capela.

© João Morgado
© João Morgado

Os princípios que nortearam o projeto para a implantação das novas construções foram os mesmos que historicamente foram seguidos para as construções já existentes. A torre manteve-se como o marco mais a nascente, continuando a ser o ponto de partida do conjunto. Os dois eixos existentes, o primeiro marcado pela orientação da implantação dos edifícios (nascente-poente) e o segundo, pelos acessos (norte-sul), ditaram as regras. O eixo nascente-poente foi prolongado para nascente, até ao limite de propriedade, para criação de um novo acesso, face à impossibilidade de alteração do original. Definido este percurso, localizaram-se as novas construções do lado sul, tirando partido do declive, integrando as novas construções no terreno e minimizando o impacto sobre os edifícios com valor patrimonial.

© João Morgado
© João Morgado

As salas para eventos e as áreas de serviço foram construídas abaixo do piso térreo do solar. O sequeiro e a antiga eira foram preservados, integrados na área destinada a spa e bar. O alojamento distribui-se por três volumes, atenuando assim o impacto da massa construída.

© João Morgado
© João Morgado
Elevação
Elevação
© João Morgado
© João Morgado

Os materiais utilizados, granito, aço, madeira e vidro, reforçam a articulação e integração das novas construções com o existente.

© João Morgado
© João Morgado

A madeira foi profusamente utilizada nas construções, nomeadamente em soalhos, tectos, caixilharias interiores e exteriores e em ripados exteriores. Pinho manso nacional em soalhos e escadas, no interior da torre e no solar. Castanho nacional, em tectos no solar, sequeiro e capela e em soalhos no sequeiro e nos quartos. Ripados exteriores em pinho nórdico termicamente modificado, importado, de florestas de produção sustentável.

© João Morgado
© João Morgado

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Torre de Gomariz Wine Spa Hotel / Paulo Braga + Cristina Amaral" 22 Out 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/904236/torre-de-gomariz-wine-spa-hotel-paulo-braga-plus-cristina-amaral> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.