O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Visitantes
  4. Coreia do Sul
  5. Architects Group RAUM
  6. 2017
  7. Centro de Visitantes do Bosque Busan / Architects Group RAUM

Centro de Visitantes do Bosque Busan / Architects Group RAUM

  • 05:00 - 3 Outubro, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Centro de Visitantes do Bosque Busan / Architects Group RAUM
Centro de Visitantes do Bosque Busan / Architects Group RAUM, © Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

© Yoon Joonhwan © Yoon Joonhwan © Yoon Joonhwan © Yoon Joonhwan + 33

  • Arquitetos

  • Localização

    180-2 Jangjeon-ri, Cheolma-myeon, Gijang, Busan, Coreia do Sul
  • Arquiteto Responsável

    Oh Sinwook
  • Arquiteto Colaborador

    No Jeong-min
  • Equipe de Projeto

    An Shin, Yu Seongcheol, Park Gyuhyun, Yoon Jeongock, Choi yunjeong ,Lim Ahyun, Kim Dayeong , Heeeun (Hannah) Oh (estagiário: Adlai E. Stevenson High School), Jieun (Gina) Oh (estagiário: Adlai E. Stevenson High School)
  • Área

    325.83 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

Processamento espacial para a experiência sensorial da floresta.
Interface com a distância até a floresta.
Continuidade da interface.

© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

A arquitetura é pequena diante da natureza. Por isso, tentei projetá-la para viver gentilmente com essa condição e estar na natureza. Eu queria impedir que o espaço arquitetônico dominasse as colinas, cobrindo as árvores, ficando escondido na floresta. O espaço interno da edificação também revela o fato de que a natureza é o melhor espaço para construção. Para isso, a imagem dos troncos na floresta é recriada por meio de um elemento artificial no espaço arquitetônico com os pilares e vigas. Dessa forma, gerou-se uma imagem visual da floresta na neblina, combinando a floresta e a luz. Também foi aderida a ideia de que a natureza pode penetrar no espaço arquitetônico.

© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan
Planta - Nível A
Planta - Nível A
© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

As madeiras exteriores remetem à natureza e os pilares de madeira enfatizam a sensação vertical das florestas. As persianas se sobrepõem aos pinheiros na floresta, criando uma variedade de profundidades e enfatizando a continuidade.

© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

A circulação é uma interface entre a floresta e o espaço arquitetônico. Você pode sentir a relação entre a natureza e o espaço artificial percorrendo esse corredor. Quando você entra na residência, após vivenciar tal percurso, percebe que até mesmo o espaço interno estabelece uma relação com a floresta. Esta relação é formada entre as árvores do exterior e a persiana de madeira interior e o seu espaçamento. Especialmente quando olha-se para fora, a floresta de pinheiros e os pilares internos são sobrepostos uns aos outros criando várias profundidades e sentidos no espaço. Essa cena possibilita a experiência visual dos vários ambientes criados na floresta. Além disso, o uso da madeira, que estimula o olfato, enfatiza  nossos sentidos e desempenha seu papel em nos fazer sentir sua presença em um nível maior.

© Yoon Joonhwan
© Yoon Joonhwan

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Visitantes do Bosque Busan / Architects Group RAUM" [Busan Forest of Healing Visitor Center / Architects Group RAUM] 03 Out 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/903066/centro-de-visitantes-do-bosque-busan-architects-group-raum> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.