Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Out-to-Out House / L.E.FT Architects

Out-to-Out House / L.E.FT Architects

© Bahaa Ghoussainy © Bahaa Ghoussainy © Bahaa Ghoussainy © Bahaa Ghoussainy + 43

Faqra, Líbano
  • Arquitetos: L.E.Ft Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 250.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2016
  • Fotógrafo Fotografias: Bahaa Ghoussainy
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arclinea, Carl Stahl, Delta Light, EDRA, RGM, Viabizzuno
  • Paisagismo: Frederic Francis Landscape Architecture
  • Engenharia E Complementares: BTUTP
  • Construtora: CPM Contracting
Mais informações Menos informações
© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizada no resort de esqui de Faqra, no Líbano, a Out-to-Out House é uma estrutura de dois pavimentos acomodada na esquina de um terreno triangular. De suaves linhas curvas, o edifício foi concebido de forma a criar diferentes espaços ao ar livre com variadas qualidades espaciais e ambientais. A casa é então definida por um pavimento térreo retangular (5,5m x 20m) que abriga os espaços mais íntimos enquanto a área social ocupa o pavimento superior de forma curva (5,5m x 24m).

© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy
Implantação
Implantação
© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy

O conceito do projeto foi inspirado em um dito popular libanês, o qual afirma que neste pequeno e rico país é possível ver o sol nascer esquiando nas montanhas e tomar um banho de mar durante o por do sol; uma sobreposição de paisagens e climas que refletem a complexa geografia do Líbano. A casa foi concebida para abrigar parte desta experiência única, acolhendo os visitantes em uma estrutura aconchegante que integra a vista para a montanha a partir da cobertura com uma área externa com piscina ao ar livre através de um movimento circular contínuo por onde se desenvolve a circulação.

© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy

Depois de mapear os ciclos sazonais de ocupação do resort e sobrepor esta procura com os feriados religiosos e nacionais do Líbano, os arquitetos procuraram conceber uma estrutura que maximizasse a ocupação anual da casa através da criação de quatro espaços abertos "específicos ao clima" de cada estação. Cada um destes espaços, de acordo com a sua configuração e orientação é ideal para ser utilizado tanto em sua estação específica quanto ao longo do ano. Estes quatro espaços externos fazem com que a casa esteja exposta ao clima, ao sol, à sombra, à brisa e à acumulação de neve.

Corte 1
Corte 1

O projeto se organiza ao redor de uma circulação que une estes quatro espaços específicos: a primavera esta representada pelo terraço de boas-vindas do primeiro pavimento, a partir deste ponto passamos por uma escada que nos leva ao deck da cobertura que se refere ao outono. Este jardim suspenso está voltado à um pátio interno, ou "jardim de inverno". A partir de uma escada metálica em espiral chegamos finalmente ao espaço da piscina, que acolhe o programa relativo à mais quente das estações, o verão. Este movimento espacial e contínuo complementa perfeitamente a sequência dos espaços internos da casa.

© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy

Este percurso então torna-se uma maneira de experimentar a arquitetura desde o exterior, um espaço intermediário entre a construção e a natureza. A formalidade do projeto é uma resposta a articulação destes diferentes volumes e de como eles foram dispostos para aproveitar ao máximo as vistas. O térreo é conformado por uma planta retangular bastante simples, com os espaços voltados para a área externa do deck da piscina. No primeiro pavimento as áreas de estar se "dobram" para usufruir das melhores vistas permitindo, também, um olhar mais introspectivo para o próprio edifício.

Planta - térreo
Planta - térreo

Internamente, o espaço é marcado por duas linhas paralelas, uma parede de serviço curva revestida de madeira que acompanha uma fachada de vidro curvo na fachada, a qual oferece vistas panorâmicas para a paisagem montanhosa da região. O terraço funciona como o coração da casa, um espaço aberto acima das copas das árvores, um lugar que acolhe festas e eventos ao pôr do sol e que também é acessível diretamente a partir do ponto mais alto do terreno, além de conectar-se com a casa através da deslumbrante escada metálica que acaba por transformar-se no guarda corpo da cobertura.

© Bahaa Ghoussainy
© Bahaa Ghoussainy

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Out-to-Out House / L.E.FT Architects" [Out-to-Out House / L.E.FT Architects] 21 Ago 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/900421/out-to-out-house-left-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.