Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Duas Casas Novas e um Estúdio-Galpão / VANDERSALM-aim

Duas Casas Novas e um Estúdio-Galpão / VANDERSALM-aim

© Egbert de Boer © Egbert de Boer © Egbert de Boer © Egbert de Boer + 54

Casas  · 
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura VANDERSALM-aim
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Fotógrafo Created with Sketch.
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Assinkhout, Interfaca, SCH Holland, Schüco, Vande Moortel + Dnis
  • Arquiteto Responsável

    Bart van der Salm
  • Ano do projeto

    2017
  • Construção

    Bouwbedrijf Elpenhof BV - De Wijk
  • Fundação / Solo

    Vreeswijk Grondwerken BV - Raalte
  • Instalações

    Tijhaar Vilsteren BV - Vilsteren
  • Execução - Interiores

    ALM - Zwolle
  • Paisagismo

    Harjan Inkelaar
  • Casa A

    180 m²
  • Casa B

    166 m²
  • Estúdio-Galpão

    44 m²
Mais informações Menos informações
© Egbert de Boer
© Egbert de Boer
Implantação
Implantação

Descrição enviada pela equipe de projeto. VANDERSALM projetou duas residências e um estúdio em 't Rozendael - ' t Nijenhuis. Os existentes celeiros e estábulos da fazenda foram demolidos para dar lugar a duas novas edificações residenciais. O novo conjunto agora é constituído por um pátio moderno, juntamente com o volume existente na fazenda. O posicionamento das habitações sugere a privacidade de uma local cercado por edifícios, mas também oferece visões abertas para a paisagem pastoral. O ponto de partida mais importante para a estrutura organizacional de ambas as casas era "viver com a paisagem".

© Egbert de Boer
© Egbert de Boer

A fazenda existente era composta por uma casa na frente e outra atrás, mas com a posição escolhida dos novos volumes, as relevantes linhas de visão permanecem intactas enquanto são criadas áreas privadas sem o acesso visual dos vizinhos. Muros vegetados contínuos servem para envolver as habitações no ascendente essenstructuur (séries de níveis originados com o tempo - uma típica paisagem holandesa). Esta área murada, portanto, é lida como uma "sala ao ar livre" e é visualmente parte do espaço interno. Os muros continuam pelas bases dos edifícios, numa extensão para cima das mesmas pedras que compõem o pavimento. Estas são coladas, sem argamassa, de modo que a textura do pavimento se torna um "tapete de pedra" e, portanto, resulta numa base sólida para as residências.

© Egbert de Boer
© Egbert de Boer
Elevações - Casa B
Elevações - Casa B

O projeto reflete uma interpretação contemporânea de tipologias locais de celeiros. O conjunto parece modesto e privado devido ao esquema de cores escuras e às ripas de madeira.Nas outras fachadas, aberturas emolduradas oferecem uma vista ilimitada da paisagem. As casas são construídas com uma estrutura autoportante de madeira feita sob medida, sem junções visíveis. Além de sua função de sustentação, a estrutura adquire o caráter de um elemento de mobiliário. Permanece visível por toda parte e faz referência ao galpão; claro, pragmático e sóbrio, mas ainda finamente detalhado. Na ausência de soluções baseadas na complexidade ou na aparência, as decisões de projeto foram fundamentadas unicamente na materialidade, na tectônica e na paisagem.

© Egbert de Boer
© Egbert de Boer

As residências são virtualmente neutras em termos de energia; elas são muito bem isoladas, sem gás e equipadas com uma bomba de calor cuja fonte é o ar.Cada casa tem aproximadamente 40 painéis fotovoltaicos que são incorporados em um local separado situado no limite do terreno.Carros elétricos podem ser carregados na área de estacionamento e não há estacionamento no terreno da fazenda. Ambas as residências têm uma espaçosa varanda interna no lado sul, que agem como um filtro natural em relação ao calor do verão e protegem as casas na maior parte do ano.

© Egbert de Boer
© Egbert de Boer

O pavimento térreo é equipado com aquecimento de baixa temperatura e tem uma alta eficiência devido ao piso de concreto monolítico. Os materiais de construção são de alta qualidade e principalmente de madeira. O VANDERSALM-aim é um escritório que busca a maestria na arquitetura. O arquiteto, como mestre construtor, trata sua área de atuação do ponto de vista de um realizador e se concentra no afeto (amor pelo ambiente construído e pela paisagem), bem-estar (pertencimento) e o objeto construído como uma coisa natural (tectônica).

© Egbert de Boer
© Egbert de Boer

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Duas Casas Novas e um Estúdio-Galpão / VANDERSALM-aim" [Two Detached New Homes and a Studio-Shed / VANDERSALM-aim] 09 Ago 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/899765/duas-casas-novas-e-um-estudio-galpao-vandersalm-aim> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.