O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Hoteleira
  4. Israel
  5. Amos Goldreich Architecture
  6. 2018
  7. Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects

Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects

  • 17:00 - 8 Junho, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects
Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects, © Amit Geron
© Amit Geron

© Amit Geron © Amit Geron © Amit Geron © Amit Geron + 25

  • Construtora Principal

    Efrata 2003 Ltd.
  • Engenharia

    Yovlim Ltd.
  • Paisagismo

    Itamar Landscape Architecture Ltd.
  • CDM

    Barkan Ltd.
  • Drenagem

    Irna Dubitzki
  • Elétrica

    New Edge
  • Fachada de Tijolos de Silicato

    Ackerstein Home
  • Cliente

    No To Violence
  • Mais informações Menos informações
© Amit Geron
© Amit Geron

Descrição enviada pela equipe de projeto. Projetado pelo escritório, Amos Goldreich Architecture, com sede em Londres, juntamente com a empresa local, Jacobs-Yaniv Architects, este abrigo é um dos únicos no mundo que foi projetado e construído em consultoria com a equipe que irá ocupá-lo e executá-lo. Liderada pela ativista pioneira dos direitos humanos, Ruth Rasnic, do grupo internacional "No To Violence", a instalação fornecerá um refúgio muito necessário para mulheres e crianças em dificuldades e abusos de todas as localidades e origens.

© Amit Geron
© Amit Geron

De acordo com a World Health Organisation, mais de 45% das mulheres em Israel, assim como muitos países no oeste, serão vítimas de violência doméstica em algum momento das suas vidas e recentes estatísticas indicam que 45% das crianças em Israel também estão sujeitas à violência. É uma epidemia mundial. 

“…45% das mulheres em Israel serão vítimas de violência doméstica em algum momento das suas vidas…”

Planta - térreo
Planta - térreo

Projetando um novo equipamento

Amos Goldreich: “Eu admiro muito o trabalho do artista Eduardo Chillida e enquanto desenhava esse edifício, eu recorri a um projeto muito popular seu, ‘Okamoto’ que projetou ao escavar uma montanha. Isso evocou a ideia de uma pedra escavada por dentro, deixando-a com duas superfícies: uma externa rústica, enquanto a interna seria lisa e delicada. Esta analogia tornou-se o conceito principal do nosso edifício, que tem duas fachadas - a externa segura e protetora e a fachada interna, voltada para o jardim central, o “coração” terapêutico do abrigo ”.

© Amit Geron
© Amit Geron

Na chegada do abrigo, cada nova família recebe uma pequena "casa" que é parte de uma edificação maior. A fim de permitir que as famílias possuam uma rotina diária normal no refúgio, as 'casas' são separadas por funções comuns e conectadas por corredores internos. O berçário é fisicamente separado do grande edifício permitindo que sua função, como uma creche comum, seja cumprida. Ou seja, as mães deixam os filhos no espaço pela manhã e os buscam ao final do dia. 

“… cada família recebe uma pequena 'casa' que faz parte do edifício maior, permitindo que elas tenham uma rotina diária normal…”

© Amit Geron
© Amit Geron

O refúgio acomoda diversas funções - áreas comuns, jardim de infância, sala de informática, lavanderia, cozinha e refeitório, dependências independentes para cada família, acomodação de funcionários, áreas de escritório para o gerente do edifício e funcionários (incluindo assistentes sociais, um psicólogo infantil, chefes de casa, um trabalhador de cuidados infantis e um advogado em tempo parcial). Há profissionais adicionais: psicoterapeutas, terapeutas artísticos, bem como voluntários como esteticistas, cabeleireiros, massagistas e praticantes de artes marciais, entre outros que ajudam as crianças em seus estudos e conhecimentos de informática.

© Amit Geron
© Amit Geron

O santuário verde no pátio interno desempenha um papel crucial como ponto de encontro dos moradores. Também serve a um propósito funcional, criando ótimas conexões visuais entre as mães e as famílias, bem como entre as mulheres e seus filhos. O corredor interno circundante (ou "rua") conecta os espaços internos e externos e cria um espaço de fluxo livre no qual mulheres e crianças podem interagir, enquanto ao mesmo tempo mantêm linhas de visão mútuas entre elas e a equipe.

© Amit Geron
© Amit Geron

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Abrigo para Vítimas de Violência Doméstica / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects" [Shelter For Victims Of Domestic Violence / Amos Goldreich Architecture + Jacobs Yaniv Architects] 08 Jun 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/895789/abrigo-para-vitimas-de-violencia-domestica-amos-goldreich-architecture-plus-jacobs-yaniv-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.