Residência Rimrock / Olson Kundig

Residência Rimrock / Olson Kundig

© Benjamin Benschneider© Benjamin Benschneider© Kevin Scott / Olson Kundig© Benjamin Benschneider+ 21

  • Construtor:Copeland Architecture & Construction
  • Interiores:Debbie Kennedy
  • Cidade:Spokane
Mais informaçõesMenos informações
© Benjamin Benschneider
© Benjamin Benschneider

Descrição enviada pela equipe de projeto. A forma particular de Rimrock, uma estrutura em T, responde diretamente à falésia na qual está situada. No limite de um penhasco, a casa atravessa um afloramento vulcânico estável e recebe o nome de rimrock referente ao tipo geológico do terreno que apresenta uma parede de rocha pura no platô mais alto. A marcação existente abaixo da casa é natural, um caminho percorrido por animais que se movimentam entre as montanhas e o rio. A paisagem sensível do entorno, assim como o clima da região, foram importantes na hora da implantação da casa e da escolha da materialidade.   

© Benjamin Benschneider
© Benjamin Benschneider

Elevar os 480 m² acima do caminho serve a muitas funções, incluindo a preservação do fluxo dos animais. Além disso, a elevação da casa também auxilia a lidar com o clima da região, principalmente com as mudanças no padrão do vento no inverno que resulta em fortes nevascas. Elevar a casa permite o emprego de janelas com vistas de 180 graus para o Riverside State Park e para a região norte de Spokane, com o vale, as montanhas, a floresta, o rio e a cidade.

© Kevin Scott / Olson Kundig
© Kevin Scott / Olson Kundig

O projeto é o inverso do esperado de casas com bastante vidro. A porção mais acima da edificação, que é normalmente a parte mais translúcida do volume, é neste projeto, mais privativa. A parte mais baixa é de uso mais coletivo, e portanto tem mais transparência e contém um elemento em ponte que se estende sobre o caminho. Este nível transparente, com cozinha, sala de jantar e sala de estar, é mediado entre a perspectiva e o refúgio na beira do penhasco.

© Benjamin Benschneider
© Benjamin Benschneider

A parte mais alta é a mais privada da casa, e portanto, menos transparente, com aberturas dedicadas a vistas diretas. Um senso de intimidade permite ao morador se proteger do entorno que é espetacular e ao mesmo tempo agressivo graças ao seu clima tempestuoso. 

© Benjamin Benschneider
© Benjamin Benschneider

Materiais de construção resistentes e duráveis, principalmente aço e vidro, foram usados para resistir a condições ambientais adversas e irão envelhecer naturalmente. Os painéis de aço e a estrutura é 90/95% recuperada no local pelo proprietário. As janelas têm um sistema automático de sombreamento exterior, o qual reduz significantemente o consumo de energia para resfriamento. A erosão no terreno é prevenida pela coleta de água pluvial na cobertura que é direcionada a um poço seco que percola a água lentamente de volta ao sistema de águas subterrâneas.

© Kevin Scott / Olson Kundig
© Kevin Scott / Olson Kundig

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência Rimrock / Olson Kundig" [Rimrock / Olson Kundig] 23 Mai 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894811/residencia-rimrock-olson-kundig> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.