O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Residencial
  4. México
  5. Moneo Brock Studio
  6. 2018
  7. Residência TEC 205 / Moneo Brock Studio

Residência TEC 205 / Moneo Brock Studio

  • 21:00 - 18 Maio, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Residência TEC 205 / Moneo Brock Studio
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica © Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica © Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica © Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica + 38

  • Arquitetos

  • Localização

    Monterrey, México
  • Arquitetos Responsáveis

    Belén Moneo, Jeffrey Brock
  • Equipe de Arquitetura

    Pedro Arnanz, Irene Alberdi, Francisco Blázquez, Juan Crespo, Guillermo Avanzini, Elias Sad
  • Gestão de Projeto e Coordenação de Obra

    Construcción Sorteos Tec: Santiago Cerna, Alonso Villarreal, Araceli Santibáñez, Lizzette Garza
  • Engenharia de Estruturas

    Sociedad de Diseño Constructivo, S.A. de C.V.
  • Engenharia de Instalações

    AISA, Alta Ingenieria en Instalaciones, S.A. de C.V.
  • Construtora

    Grupo Inmobiliario Canada, S.A. de C.V.
  • Superfície do Terreno

    738 m2
  • Superfície do Jardim

    398 m2
  • Área

    673.0 m2
  • Ano do Projeto

    2018
  • Fotografias

Residência TEC 205 / Moneo Brock Studio, © Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Residência TEC 205 está muito próxima do parque ecológico Chipinque em Monterrey, uma paisagem urbana dominada pela Sierra Madre. Essa casa é o prêmio do Tradicional Sorteo que é organizado pelo Tecnológico de Monterrey para arrecadar fundos para seus alunos todos os anos.

Axonométrica 1
Axonométrica 1

O desenho da residência surge a partir de quatro grandes árvores existentes no terreno. A arquitetura da residência as envolve, as veste, emoldura e extasia. As árvores, agora envoltas pela casa, habitam novos espaços. Cada um dos ambientes da casa estendem-se a um espaço exterior que lhe corresponde e amplia, apresentando um paisagismo diferente, um caráter único e uma luz individual. Os espaços da casa são delimitados e emoldurados por muros que se desconectam e flutuam, estendendo-se até o jardim. Essa composição construtiva permite a leitura como elementos independentes, plásticos, escondendo a volumetria exterior da residência. 

© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

Admiramos e apreciamos o uso da cor na arquitetura mexicana, desde a arquitetura vernácula, aos mestres Barragán e Legorreta, e o incorporamos nesses muros que caracterizam tanto o exterior como o interior da moradia.

Planta interior 1
Planta interior 1
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
Planta interior 2
Planta interior 2

A casa está organizada em três alturas, acessando-a pelo pavimento intermediário, fazendo com que o pavimento mais baixo, do jardim, esteja parcialmente enterrado. Foram dispostos aqui os dormitórios, aproveitando a inércia térmica da terra, trazendo frescor à casa e economizando energia. Também potencializamos o uso da ventilação natural, orientando as aberturas para favorecer a entrada de ar fresco e evacuação de ar quente. Essas medidas formam parte das estratégias sustentáveis da casa, que buscam reduzir seu impacto ambiental.

Corte 1
Corte 1
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
Corte 2
Corte 2

A cobertura é concebida como um grande ambiente exterior, delimitado por muros e janelas que emolduram as fantásticas vistas às montanhas. Esse é o espaço principal de entretenimento, acessível desde a entrada do terreno com uma escada exterior independente. 

© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

No interior, a cor se tornou a nova protagonista. O pigmento de cada parede permanece dentro da residência, reconhecendo ainda mais sua autonomia e definindo o caráter de cada ambiente. Em algumas estâncias foram utilizados papéis pintados com murais vibrantes que trazem cor e, em outras, peças cerâmicas mexicanas com padrões geométricos e cores vivas. 

© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

Alguns dos produtos são desenho de Moneo Brock, como os tapetes coloridos, geométricos e orgânicos. Vale destacar o biombo Moneo Brock, de acrílico translúcido e colorido, que recebe o vistante no hall de entrada e estabelece o caráter geral do interior. 

© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica
© Adrián Llaguno – Documentación Arquitectónica

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Residência TEC 205 / Moneo Brock Studio" [Casa TEC 205 / Moneo Brock Studio] 18 Mai 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894719/residencia-tec-205-moneo-brock-studio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.