O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. México
  5. HRBT
  6. 2017
  7. Residência AT / HRBT

Residência AT / HRBT

Residência AT / HRBT
Residência AT / HRBT, © Onnis Luque
© Onnis Luque

© Onnis Luque © Onnis Luque © Onnis Luque © Onnis Luque + 41

  • Arquitetos

  • Localização

    Oaxtepec, México
  • Arquiteto Responsável

    Laurent Herbiet
  • Área

    320.0 m2
  • Ano do Projeto

    2017
  • Fotografias

  • Projeto Estrutural

    Ing. Alejandro Solano
  • Obra Civil

    Mtro. Sandalio Simón
  • Colheita Pluvial, Instalação Hidro-Sanitária e Estratégia Hídrica

    Spl.
  • Paisagismo

    Abel Gutiérrez, Diana Hernández - Diseño Contacto
  • Instalação Elétrica

    Alejandro Olvera
  • Marcenaria

    Francisco Santander
  • Fotovoltáicos

    Andrés Marquina MARSAM
  • Mais informações Menos informações
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Residência AT se compõe a partir da repetição de uma série de elementos de concreto que vão modulando os espaços sobre um eixo. Localizada na parte alta de uma colina, aproveita o desnível original do terreno para implantar-se no nível do jardim, e manter no nível de acesso os serviços, cisternas e quarto de hóspedes.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

© Onnis Luque
© Onnis Luque

A casa orienta o jardim principal para o sul, filtrando as adjacências com vegetação, gerando privacidade em relação às vias do entorno, hierarquizando as vistas para o campo, o vale de Oaxtepec e as nuvens. A arquitetura cresce da pedra e detêm beirais e lajes inclinadas, que fragmentam a passagem de luz.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Os planos de concreto expressam as marcas das fôrmas de madeira, e permitem abrir vistas ao norte e ao sul, sempre permitindo manter uma continuidade visual com os jardins, que foram projetados com vegetação endêmica e que se aproveita da espécies de suculentas de baixo consumo de água, o que faz com que seja possível usar água residual tratada biologicamente para regar, sem químicos residuais.

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Elevação Oeste e Cortes
Elevação Oeste e Cortes
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Em termos ambientais, a casa busca aproveitar recursos renováveis como o vento, a chuva e o sol. Para a ventilação e iluminação, os planos de concreto que se repetem no eixo leste-oeste e se abrem para a raia de natação, permitem um isolamento constante durante todo o dia para aproveitar a água e o sol. Ao estar aberta de norte a sul e contar com fechamentos de vidro que se abrem, gera-se uma ventilação cruzada regulável. Um montante de concreto ajuda a bloquear a entrada de sol na casa e, desta forma, não há necessidade de ar condicionado.

Toda a água da casa é aquecida com o sol por meio de um sistema Termo-Solar. Em termos de manejo energético, a Residência AT conta com 15 painéis fotovoltáicos instalados na cobertura, os quais geram 100% do consumo, e, além disso, ela está pronta para receber mais 30 painéis, sejam eles fotovoltáicos ou termo-solares.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

O manejo da água da casa começa com a chuva, a cobertura é uma superfície limpa, impermeabilizada sem hidrocarbonetos e, graças a isso, trata-se de uma superfície de 200 m² de captação de água pluvial que torna-se potável, canalizando a água através de um sistema de drenagem sifônica no concreto com filtros que se reúnem em um único tubo de descida. A água é conduzida a um filtro onde se separam partículas e folhas, e antes de entrar na cisterna pluvial passa por uma ala de separação de primeiras chuvas, removendo contaminação dissolvida na água.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

A água, ao se tornar potável, é utilizada em serviços (lavanderia, sistemas para regar o jardim, canos e lavabos) e na raia de natação, que, por sua vez, é desinfetada com sal e a drenagem do sanitário se conduz ao pavimento de tratamento de água residual que, através de um processo muito eficiente, pode ser reutilizada em sanitários, rega e limpeza. O excesso de águas pluviais e de água tratada se infiltram em um poço de absorção.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
HRBT
Escritório
Cita: "Residência AT / HRBT" [Casa AT / HRBT] 22 Mai 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894648/residencia-at-hrbt> ISSN 0719-8906