O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. México
  5. Tabb Architecture
  6. 2017
  7. Casa da Criança Indígena / Tabb Architecture

Casa da Criança Indígena / Tabb Architecture

  • 21:00 - 25 Abril, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Casa da Criança Indígena / Tabb Architecture
Casa da Criança Indígena / Tabb Architecture, © Juan Luis Fernández
© Juan Luis Fernández

© Juan Luis Fernández © Bernardo Bieri © Juan Luis Fernández © Lucía Arechederra + 23

© Juan Luis Fernández
© Juan Luis Fernández

Descrição enviada pela equipe de projeto. Ao conversar sobre projetos, sempre falamos do impacto e consequentemente das pessoas, dessa forma, os melhores projetos são os empáticos. A Casa da Criança Indígena é uma edificação que funciona como albergue de crianças indígenas, localizada em Vicam, um dos oito povoados Yaqui no centro do deserto de Sonora. A situação é difícil, alguns percorrem dezenas de quilômetros para estudar e serem atendidos aqui, praticamente todos vêm de povoados vizinhos. 

© Juan Luis Fernández
© Juan Luis Fernández

A arquitetura pode enriquecer uma comunidade?

A resposta holística tangível e intangível está na arquitetura saudável, a qual propõem sustentabilidade, enriquecimento ambiental e espiritualidade como raízes; abordando desde o comportamento do ser humano a partir da sua fisiologia, sensação e cognição de um espaço até a identidade gerada através de um processo colaborativo. O projeto foi realizado por meio de 4 eixos:

© Juan Luis Fernández
© Juan Luis Fernández

01. Desenho, Sustentabilidade e Criatividade

Nos termos básicos do projeto, "desenha sustentavelmente e pensa criativamente", são utilizadas as pautas da arquitetura passiva bioclimática. A configuração espacial do acesso permite o fluxo de ar, além de que é desenhado para manter as árvores existentes, o que é pertinente à essência do projeto. A orientação solar ajuda a regular a temperatura interior. Os balanços de junco diminuem a entrada direta do sol e permitem a circulação de ar. As técnicas de massa térmica unidas à identidade regional do edifício permitem a retenção de calor no inverno e proteção solar no verão. 

© Bernardo Bieri
© Bernardo Bieri
Planta
Planta
© Bernardo Bieri
© Bernardo Bieri

02. Materiais Regionais

O catálogo de materiais foi pensado, curado e desenvolvido para priorizar materiais locais de baixo impacto ambiental, de rápida renovação natural e produzidos localmente. O tijolo foi elaborado a 3km de distância do local, por pessoas com mais de 50 anos de experiência. O junco foi coletado nos rios sazonais do Vale do Yaqui.

© Bernardo Bieri
© Bernardo Bieri
© Bernardo Bieri
© Bernardo Bieri

03. Contratar Localmente

A equipe de trabalho inclui membros da comunidade Yaqui. Os materiais e alguns insumos foram elaborados no próprio povoado, por seus habitantes, como as senhoras vizinhas que faziam comida para os trabalhadores durante a obra. Com essas estratégias promove-se um modelo econômico muito mais equitativo, sustentável e saudável para todos. 

© Lucía Arechederra
© Lucía Arechederra

04. Inclui a Comunidade

A aproximação com os líderes tradicionais, artesãos, anciãos, professores, mães de família, crianças e visitantes, permitiu o entendimento da cosmovisão local e sua interpretação. As 800 telhas com simbolismo Yaqui que conectam os edifícios do conjunto foram pintadas durante a construção pela comunidade, crianças, jovens, pais de família, anciãos que aplicaram visão do povoado com suas próprias mãos na semente das próximas gerações. O grande resultado do projeto não somente é materializado em respostas edificáveis, mas cria a possibilidade de solidificar a estrutura social e identidade da comunidade. 

© Lucía Arechederra
© Lucía Arechederra

"Temos o mesmo sangue, aqui vivemos, somos a comunidade, somos o que se fala e como se convive" - Ramón, Mestre Yaqui

© Juan Luis Fernández
© Juan Luis Fernández

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Casa da Criança Indígena / Tabb Architecture" [Casa del Niño Indígena / Tabb Architecture] 25 Abr 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/893156/casa-da-crianca-indigena-tabb-architecture> ISSN 0719-8906