O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Equador
  5. Estudio A0
  6. 2017
  7. Casa Ortega / Estudio A0

Casa Ortega / Estudio A0

  • 09:00 - 27 Abril, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Casa Ortega / Estudio A0
Casa Ortega / Estudio A0, © Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

© Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo + 35

  • Arquitetos

  • Localização

    Sangolqui, Equador
  • Arquitetas Responsáveis

    Ana María Durán Calisto, Jaskran Kalirai
  • Arquiteta principal / Texto

    Ana María Durán Calisto
  • Área

    507.0 m2
  • Ano do Projeto

    2017
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Raúl Ortega, Juan Francisco Pérez, Juan José Tohme
  • Direção de Obra

    Aldo Echeverría, Raúl Ortega, Jorge Larco
  • Estrutura

    Aldo Echeverría
  • Instalações

    Fernando Salazar C.
  • Iluminação

    Raúl Ortega
  • Engenharia Estrutural

    Aldo Echeverría
  • Engenharia Hidrossanitária

    Fernando Salazar C.
  • Engenharia Elétrica

    Pedro Jarrín C., Gerardo Asensio
  • Construção

    Carlos Morales
  • Proprietário

    Raúl Ortega
  • Mais informações Menos informações
© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Desenhar uma residência para alguém é construir um retrato. O retrato de um ou mais seres humanos em sua relação com os outros e com o mundo. A Residência Ortega foi desenhada para um filho devoto. O requerimento era claro: um volume para os pais, outro para Raul e uma potencial família. Duas casas em uma: independentes e interconectadas. Dois elementos abertos que vinculam-se em um 8 horizontal, símbolo do infinito, do eterno retorno. Uma forma de desatar os laços sem rasgá-los é oferecer-lhes seu justo espaço. O social (cozinha, sala de jantar, estar) poderia ser compartilhado; o privado (habitações e banheiros) poderia ser separado. O ponto de partida foi, então, a montagem de duas peças de igual forma porém em diferente escala: um "C" que abraça um jardim para Raul, outro "C" que abraça outro jardim para seus pais. O primeiro recebe o sol da tarde e está orientado para a cordilheira que perfila seu horizonte, o segundo recebe o sol da manhã e está orientado ao interior. Pela natureza dupla da residência, a superfície da área privada, no segundo nível, superou a superfície da área compartilhada e semi-compartilhada, no térreo. Alguns muros inclinados diferenciam o volume adquirindo sua própria função e vida: um como biblioteca escalonada, o outro como jardim interno.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Quais seriam os materiais, as texturas? Raul administra, junto com seu pai, duas fábricas: uma especializada na manufatura de peças de madeira, outra na extrusão de envases plásticos para hospitais. Visitá-las foi memorável. A fábrica de madeira é um grande galpão bem iluminado, construído por Raul. A dos envases plásticos: um laboratório químico. A Residência Ortega deveria incorporar um caráter industrial: a estrutura seria de aço com uma lógica de montagem. Mas Raul não queria viver em uma fábrica. Cresceu em Sangolquí, um antigo vale agrícola repleto de fornos de tijolo, cuja fumaça negra marcava a caligrafia dos muros. A residência deveria ser um híbrido de fábrica e moradia rústica de campo, especificamente, de tijolo. Era imperativo que não se separasse do seu contexto. 

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo
Cortes
Cortes
© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

E, o mais interessante para mim, visto que o gênero frequentemente está contra nós: a residência deveria ter "um toque feminino". Raul é um ser profundo. Ela é projetada não pensando em si mesmo, mas nos outros: seus pais e, algum dia, seus filhos, sua mulher. "Se trabalho como um homem, a casa será uma casa de homens, com muita energia yang", me disse. "Eu quero uma residência onde possam ser felizes também as mulheres e as crianças. Uma casa com sua dose de yin". Raul havia meditado antes de me escrever: queria que sua casa fosse desenhada por uma mulher.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo
Fachadas
Fachadas
© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

A última vez que o visitei fui com meus filhos. Eles se apropriaram dela como uma fortaleza cheia de recuos e cantos onde se esconder e brincar. 

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Ortega / Estudio A0" [Casa Ortega / Estudio A0] 27 Abr 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/893083/casa-ortega-estudio-a0> ISSN 0719-8906