O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Indonésia
  5. Wahana Architects
  6. 2009
  7. Uma Caixa Disfarçada / Wahana Architects

Uma Caixa Disfarçada / Wahana Architects

  • 11:00 - 21 Abril, 2018
  • Traduzido por Giovana Martino
Uma Caixa Disfarçada / Wahana Architects
Uma Caixa Disfarçada / Wahana Architects, © Mario Wibowo
© Mario Wibowo

© Mario Wibowo © Mario Wibowo © Mario Wibowo © Mario Wibowo + 31

  • Arquitetos

  • Localização

    Jacarta, Indonésia
  • Arquitetos Responsáveis

    Rudy Kelana and Gerard Tambunan
  • Equipe de Projeto

    Endah Tri Subekti
  • Área do Terreno

    1500 m²
  • Área

    1800 m²
  • Ano do projeto

    2009
  • Fotografias

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizado em um bairro residencial na região oeste de Jacarta, o projeto desta residência buscou se esquivar de ser pomposo, pesado ou arrogante. Os arquitetos buscaram entender quais eram as verdadeiras necessidades dos clientes, os quais colaboraram intensamente para que todas as demandas fossem atendidas no projeto.

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Uma casa repleta com o calor de relacionamentos familiares é a essência deste projeto de 1800 m². O principal desafio ao desenhar uma casa espaçosa é conseguir fazer com que os membros da família se sintam próximos e confortáveis. Este é um conceito importante que nós oferecemos como arquitetos. Além disso, outro desafio era implantá-la no terreno sem destoar de seu entorno. Para isso, decidiu-se quebrar o  edifício em pequenos volumes e usar linhas horizontais para quebrar a escala, além do uso de vegetação densa em sua fachada principal para disfarçar os volumes.

Em um terreno de 1500 m² nós construímos três edifícios com 3 pavimentos além do subsolo, com duas salas de estar, sala de jantar,  2 depósitos, 5 dormitórios, 7 banheiros, escritório, sala para as crianças, terraço, piscina, 3 fontes decorativas e 200 m² de jardim vertical e um pequeno lago. 

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Os espaços verdes que cercam a casa podem ser aproveitados também de dentro, graças ao envolucro de vidro que envolve a construção. Os moradores podem saldar as manhãs enquanto aproveitam seu café na mesa de jantar, a qual é propositalmente posicionada fora da sala de jantar. A sala das crianças olha para a piscina e é iluminada pela luz natural que reflete no jardim. 

Fachada B
Fachada B
© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Casas grandes não devem fazer com que os membros da família se sintam distantes. Dessa forma, a largura dos três quartos das crianças funciona como um salão para que os irmãos possam se reunir enquanto fazem trabalhos escolares, estudam ou brincam juntos. Esta organização se dá no fim do corredor, de forma que os pais conseguem se comunicar com as crianças, mantendo hábitos importantes como dar boa noite no fim do dia. A área das crianças é marcada por pilares e paredes revestidas de madeira teca e a maçaneta foi intencionalmente removida para reforçar a sensação de uma parede contínua. 

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

O projeto de interiores escolheu ajustar a paleta do mobiliário de acordo com o projeto de arquitetura. Cores terrosas como marrom, cinza, bege e preto se alinham com a atmosfera da construção. O desafio de uma casa grande  pode ser abafado pela seleção de cores quentes. Além disso, a madeira utilizada neste projeto era de propriedade do antigo dono e foi submetida a um processo de reciclagem, otimizando o recurso. Apesar de muitos detalhes dos ambientes utilizarem madeira antiga, o resultado é um design contemporâneo. 

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

O mobiliário foi dominado por marcas como Naoto Fukasawa, Jean Paul Gautier, Carlo Colombo, Vincent van Duysen, e Poliform, escolhidos pelo cliente em conjunto com o designer. O exterior se mistura com o interior a partir de portas de correr e painéis de vidro.O uso de luz natural e artificial, tanto dentro, quanto fora da casa, cria uma atmosfera harmoniosa que pode ser sentida em todos os espaços.  

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Wahana Architects
Escritório
Cita: "Uma Caixa Disfarçada / Wahana Architects" [A Box in Disguise / Wahana Architects] 21 Abr 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Martino, Giovana) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/892816/uma-caixa-disfarcada-wahana-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.