O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Argentina
  5. Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos
  6. 2017
  7. Residências Terrazas de la Estancuela / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos

Residências Terrazas de la Estancuela / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos

Residências Terrazas de la Estancuela / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos
Residências Terrazas de la Estancuela / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos, © Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

© Gonzalo Viramonte © Gonzalo Viramonte © Gonzalo Viramonte © Gonzalo Viramonte + 28

  • Empreiteira

    Victor Medrano
  • Instalações Sanitárias

    Jorge & Claudio García
  • Instalações Elétricas

    Alejandro Massaro
  • Serralheira de Obra

    Pinto & Barreto Herrería de Obra
  • Cálculo Estrutural

    Ing Jose Luis Gomez, Arq Ivan Salgado
  • Mais informações Menos informações
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno encontra-se localizado nos limites urbanos de La Calera, cidade a 20 km em direção oeste de Córdoba. O empreendimento urbano começou a ser uma opção de habitação sobretudo para famílias jovens. O bairro foi proposto em uma antiga pedreira onde a topografia, a vegetação existente e as impactantes vistas à cidade de Córdoba são prioritárias na localização. Uma pedra permite a subdivisão em condomínio e é nesse lugar que se desenvolve o projeto.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
Corte 1
Corte 1
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
Corte 2
Corte 2

O lote possui uma grande inclinação, tendo seu ponto mais alto na rua de entrada. O projeto pretende propor uma alternativa à comercialização deste tipo de residência, adequando o orçamento disponível e priorizando as variáveis do lugar, como paisagem, possibilidade de habitar, benefícios para o bairro e não só para o lote, tentando, assim, implantar corretamente os recursos disponíveis.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

A ideia parte da impactante relação com a paisagem e a natureza, além da necessidade de preservar as espécies arbóreas autóctones e a oportunidade de preservar as vistas a partir da rua, propondo um mirante no pavimento de acesso, onde apenas existe o estacionamento e dois bancos para contemplação da paisagem e da cidade ao longe.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte
Planta pavimento de estar
Planta pavimento de estar
© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

A proposta se resolve em pavimentos regulares, sendo que o primeiro contempla área de estar, cozinha, lavanderia e banheiro social vinculados a um terraço em toda a extensão do espaço, propondo um ambiente único com exclusivas vistas da paisagem. No pavimento inferior estão os dormitórios e um banheiro principal vinculados por um espaço que tem a possibilidade de ser utilizado como sala de estar, dormitório ou escritório. Área de serviços, depósito, casa de máquinas e encanamentos se concentram em um setor que separa o desfiladeiro da edificação e propõe um recuo e isolamento em relação à umidade do terreno natural.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

O projeto pretende resolver com precisão as decisões em termos de economia, sem perder qualidade na proposta, entendendo que a paisagem é prioritária e que as espécies vegetais devem ser conservadas, mesmo que isso demande esforços construtivos e de localização para tanto. A praça representa uma oportunidade para o bairro de poder recuperar o vazio e as relações de permeabilidade que hoje as residências em geral não propõem.

Croqui 01
Croqui 01

Os materiais utilizados foram comprados com antecedência e criando um estoque de tijolos cerâmicos e vigas pretendidas, que são a base da construção. O revestimento proposto é uma mistura de pedra e cimento, análogo ao antigo revestimento com vidro de casas de bairro locais dos anos 50-60, fazendo uma superfície única de envoltórios laterais e piso. Os trabalhos de serralheria, corrimões e proteções foram feitos com ferro de obra liso de diâmetro 18 protegidos com laca mate que recupera a cor natural do ferro. A praça recebeu um tratamento de piso de pedra em franca relação com as cores das rochas locais. Os tanques de reserva foram colocados embaixo das escadas de entrada para evitar a visão dos mesmos. Os revestimentos de banheiro foram feitos com mosaicos de granito e algumas peças sanitárias foram reutilizadas.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Por conta da grande inclinação do lote, os dois blocos de residência não se apropriam do terreno natural, criando assim uma base de vegetação natural autóctone que domina a montanha. A iluminação proposta só aparece na praça para revelar as espécies arbóreas em penumbras, os demais setores de contemplação, agregando valor à paisagem de luzes da cidade distante e à área escura que existe entre este bairro e o centro de Córdoba.

Croqui 04
Croqui 04

O projeto foca no que é necessário, as decisões que incidem na arquitetura realizada com recursos médios, distante dos signos mercantilistas que dominam hoje a paisagem destes bairros.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Residências Terrazas de la Estancuela / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos" [Terrazas de la Estancuela Houses / Adolfo Mondejar Estudio de Arquitectos] 17 Abr 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/892682/residencias-terrazas-de-la-estancuela-adolfo-mondejar-estudio-de-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.