O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Embaixada
  4. Portugal
  5. PROMONTORIO
  6. 2017
  7. Embaixada do Egito / PROMONTORIO

Embaixada do Egito / PROMONTORIO

  • 09:00 - 27 Março, 2018
Embaixada do Egito / PROMONTORIO
Embaixada do Egito / PROMONTORIO, © João Morgado
© João Morgado

© João Morgado © João Morgado © João Morgado © João Morgado + 26

  • Arquitetos

  • Localização

    Av. Dom Vasco da Gama, 1400 Lisboa, Portugal
  • Autores

    Paulo Martins Barata, João Luís Ferreira, Paulo Perloiro, Pedro Appleton, João Per-loiro
  • Área

    1510.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© João Morgado
© João Morgado

Descrição enviada pela equipe de projeto. A nova Embaixada da República Árabe do Egipto localiza-se no Bairro do Restelo em Lisboa, num lote na Avenida Dom Vasco da Gama, tipologicamente caracterizada por uma série de moradias dos anos 40 e 50, muitas das quais foram gradualmente convertidas em espaços de representação diplomática.

© João Morgado
© João Morgado

O edifício de embaixada é aquele que por excelência incorpora a noção de identidade nacional.  É tanto um porto de abrigo e um refúgio seguro dos seus concidadãos, como é a representação externa do Estado ao mais alto nível.  Deve combinar a ideia de acolhimento e segurança, com os valores simbólicos da história do país e da sua cultura.  Neste caso, a compacidade do volume resultante das restrições regulatórias do lote serviu como metáfora do projecto, evocando a tradição fundadora do Egipto em toda a sua emanação estereotómica; a qual por sua vez enfatiza uma certa ideia de solenidade, um elemento essencial do protocolo da embaixada.

Axonométrica
Axonométrica

Neste contexto, o edifício funciona como um monólito composto por três lajes expressivas em betão aparente intercalado por uma massa de baixos-relevos discretamente evocativa dos padrões geométricos da antiguidade egípcia.  Seguindo o princípio clássico da trave e intercolúnio, estas paredes são interrompidas em posições específicas para a abertura de vãos.  No andar superior, os cunhais recuam formando varandas rectangulares numa sequência de rotações orientadas de esquina para esquina.  A cor antracite do pigmento nos painéis de betão GRC realça a monumental gravitas do conjunto que simultaneamente contrasta com a leveza dos caixilhos, em aço galvanizado metalizados à cor bronze.

© João Morgado
© João Morgado

A clareza dos circuitos públicos e privados, assim como a total visibilidade e controle no acesso dos visitantes, foi um dado essencial no desenvolvimento do conceito e da própria implantação do edifício.  Posicionado ao centro do lote e rodeado por um estreito jardim, na tradição Lisboeta dos palacetes do séc. XIX, o acesso automóvel é feito a partir da Avenida Dom Vasco da Gama, através de uma rampa suave. No lado oposto, uma portaria de segurança vigia e filtra o acesso público respectivamente, à embaixada e ao consulado.

Corte de Detalhes
Corte de Detalhes

No interior, a escolha de materiais nobres e simples reflectiu a preocupação de garantir um envelhecimento digno, além da reduzida manutenção.  Nesse sentido, as áreas públicas são em grandes lajes de mármore branco com lambris e apainelados em madeira maciça lacada.  Por último, uma monumental escadaria liga os três pisos numa lógica teatral que se sugere quase como um cenário Wagneriano, sendo revestida a prumos de madeira maciça que migram dos degraus e das guardas para as paredes, formando um único painel envolvente.  Este núcleo central é por sua vez coroado por uma claraboia em caixotão, cuja luz é filtrada por um tecto suspenso em padrões islâmicos de onde emana uma luz caleidoscópica que recorta diferentes jogos de sombras ao longo do dia.

© João Morgado
© João Morgado
© João Morgado
© João Morgado
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Embaixada do Egito / PROMONTORIO" 27 Mar 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/891343/embaixada-do-egito-promontorio> ISSN 0719-8906