O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Suíça
  5. Herzog & de Meuron
  6. 2017
  7. Castagnola / Herzog & de Meuron

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Castagnola / Herzog & de Meuron

  • 13:00 - 26 Março, 2018
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Castagnola / Herzog & de Meuron
© Studio Daulte
© Studio Daulte

© Studio Daulte © Dani Hunziker © Dani Hunziker © Dani Hunziker + 14

  • Arquitetos

  • Localização

    Lugano, Suíça
  • Sócios

    Jacques Herzog, Pierre de Meuron, Christine Binswanger (Partner in Charge)
  • Equipe de projeto

    Martin Fröhlich (Associate, Project Director), Dieter Mangold (Associate), Kentaro Ishida (Associate), Giulio Rigoni. Fernando Alonso, Alessandro Farina, Hans Focketyn, Alexander Sadao Franz, Yuko Himeno, Karina Hüssner, Anna Jach, Ondrej Janku, Adriana Müller, Jochen Seelos, Basil Spiess, Christian Voss, Thomas de Vries
  • Área

    4390.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

  • Paisagismo

    Michel Desvigne Paysagiste, Paris, França
  • Engenharia estrutural

    Lurati Muttoni Partner SA, Mendrisio, Suíça
  • Física do edifício

    IFEC Consulenze SA, Rivera, Suíça
  • Engenharia de fachada

    Patocchi Sagl, Cevio, Suíça
  • Geometria

    Lucchini & Lippuner SA, Viganello, Suíça
  • Consultoria de geotécnica

    Urs Luechinger, Pregassona-Lugano, Suíça
  • Consultoria de segurança

    Gruner AG, Basel, Suíça
  • Segurança contra incêndio

    IFEC Consulenze SA, Rivera, Suíça
  • Elétrica

    Alpiq InTec Svizzera SA, Rivera, Suíça
  • Hidráulica

    Consorzio Tech-Insta SA,Lotti Impianti SA, Silvano Pozzi SA, Lugano, Suíça
  • Ventilação

    Consorzio Tech-Insta SA,Lotti Impianti SA, Silvano Pozzi SA, Lugano, Suíça
  • Trabalhos em concreto

    Impresa generali di costruzioni Garzoni SA, Lugano, Suíça
  • Aquecimento

    Consorzio Tech-Insta SA,Lotti Impianti SA, Silvano Pozzi SA, Lugano, Suíça
  • Aberturas

    Huber Fenster AG, Suíça
  • Área Do Terreno

    5700 m2
  • Área De Projeção

    1815 m2
  • Volume bruto

    33210 m3
  • Mais informações Menos informações
© Studio Daulte
© Studio Daulte

Villa Favorita em Lugano

Os históricos jardins da Villa Favorita compõem a paisagem as margens deste Lago no pé do Monte Bré desde o final do século XVII e são importantes elementos urbanos da cidade de Lugano. Os treze edifícios implantados nos jardins foram construídos entre 1687 e 1932. O estilo historicista é característico da arquitetura do Ticino (único estado da Suíça onde o italiano é a língua oficial) e, em geral, da maioria das villas construídas no norte da Itália. Originalmente, a Villa Favorita foi um edifício isolado e independente entre Lugano e Castagnola. Atualmente encontra-se rodeada por blocos habitacionais modernistas construídos durante a segunda metade do século XX. A arquitetura modernista é também um estilo bastante difuso em todo Ticino, a qual foi empregada na construção de diversos apartamentos de final de semana junto ao Lago de Lugano.

Castagnola / Herzog & de Meuron, © Studio Daulte
© Studio Daulte

Até recentemente, esta propriedade fazia parte dos Jardins da Villa Favorita. Um enorme muro coberto pela vegetação suporta o terraço construído para acomodar uma piscina e uma grande área verde. Junto a este terraço estão localizadas a Casa Glorietta, construída no século XVII, e a Pinacoteca idealizada pelo então proprietário Barão Hans Heinrich Thyssen-Bornemisza em 1933. Esta galeria abrigou a famosa coleção de Thyssen-Bornemisza antes de a mesma ser levada para o Palácio Villahermosa em Madri em 1990. Carmen Thyssen-Bornemisza, viúva de Hans Heinrich, vendeu a  propriedade para um investidor do Ticino que, em 2009, encomendou este novo projeto de apartamentos aos arquitetos Herzog & de Meuron. Em 2015, Thyssen-Bornemisza vendeu o restante da Villa Favorita para uma família de industriais da Itália.

© Dani Hunziker
© Dani Hunziker

Uma fileira de oito edifícios

Oito casas de diferentes tamanhos foram construídas com dimensões e detalhes específicos e singulares. Para maximizar a frente junto ao lago, elas foram projetadas como um edifício único e interconectado, de modo que cada uma das oito unidades pode se beneficiar da impressionante vista para o Lago de Lugano. As casas possuem de três a quatro pavimentos, adaptados a íngreme topografia do terreno. Uma série de escadarias lineares criam eixos visuais que atravessam o conjunto. As escadas foram construídas como os tradicionais caminhos escalonados das encostas do Ticino. As salas de estar e jantar estão diretamente conectadas com os jardins; os quartos com varandas e vistas panorâmicas estão localizados nos pavimentos superiores. A partir da Via Cortivo, junto ao limite norte do terreno, caminhos estreitos e escadas seguem através da vegetação densa da encosta até as entradas separadas de cada um dos edifícios. Um elevador de veículos permite acesso a garagem no subsolo, onde todos os edifícios se conectam.

© Dani Hunziker
© Dani Hunziker

Geometrias sobrepostas

A estrutura básica do projeto se repete através de suas paredes verticais implantadas perpendicularmente ao declive do terreno. Recortes circulares, horizontais e verticais se sobrepõe a essa ordem ortogonal para conformar as varandas e pátios. Este grid espacial geometricamente complexo cria espaços internos e externos que se sobrepõe, construído uma atmosfera única feita de luz e sombra. A geometria circular também se aplica a pequenos espaços como elevadores e banheiros, criando uma transição fluida entre os espaços maiores e menores e uma continuidade espacial entre o interior e o exterior.

© Studio Daulte
© Studio Daulte

Uma arquitetura mediterrânea

A estrutura e as paredes foram rebocadas com um acabamento rústico enquanto que as aberturas foram construídas em madeira de teca; os jardins, os terraços e a cobertura estão pavimentados com pedras ou abrigam jardins. As vistas excepcionais nos espaços internos das casas são realçadas por uma materialidade interior quase silenciosa, definida por pisos de madeira e paredes brancas. a implantação escalonada no terreno, a subdivisão dos edifícios, o acabamento das paredes e a colocação precisa dos forros brancos nos vazios das fachadas, contribuem para que os novos edifícios pareçam se encaixar naturalmente na paisagem. Do lago, os edifícios são percebidos como uma estrutura organicamente integrada ao entorno.

© Dani Hunziker
© Dani Hunziker

Paisagismo

O caráter da Via Cortivo permanece o mesmo. As grandes árvores foram cuidadosamente preservadas durante a construção; árvores menores e arbustos foram relocados ou substituídos. Assim como antes, a vegetação diversa e densa continua a cobrir a encosta norte do terreno, proporcionando este excelente pano de fundo verde. Voltados para o sul, os terraços das oito unidades formam uma grande e contínua área ajardinada, com sutis ilhas de vegetação separando cada um dos jardins particulares. O layout escalonado e a vegetação abundante aumentam a privacidade dos apartamentos. Pinheiros altos, semelhantes aos utilizados na Villa Favorita, fornecem sombra sem obstruir as vistas. O arquiteto paisagista Michel Desvigne foi o responsável por criar esta intrincada trama de jardins entre a Villa Favorita e o novo edifício projetado por Herzog & de Meuron.

© Dani Hunziker
© Dani Hunziker

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Herzog & de Meuron
Escritório
Cita: "Castagnola / Herzog & de Meuron" [Castagnola / Herzog & de Meuron] 26 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/891278/castagnola-herzog-and-de-meuron> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.