O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. França
  5. AUM Pierre Minassian
  6. 2017
  7. La Mira Ra / AUM Pierre Minassian

La Mira Ra / AUM Pierre Minassian

  • 17:00 - 18 Março, 2018
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
La Mira Ra / AUM Pierre Minassian
La Mira Ra / AUM Pierre Minassian, © Erick Saillet
© Erick Saillet

© Erick Saillet © Erick Saillet © Erick Saillet © Erick Saillet + 33

© Erick Saillet
© Erick Saillet

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa La Mira Ra, localizada no sul da França, é fruto de uma longa reflexão sobre o encontro da natureza selvagem do Mediterrâneo e a pureza minimalista da arquitetura contemporânea - um casamento que resulta em um projeto arquitetônico único. Realizada entre 2015 e 2017 por Pierre Minassian e sua equipe de arquitetos, hoje a casa oferece aos seus habitantes uma abertura íntima em direção ao mar. A integração do projeto com seu meio ambiente e sua coabitação foram os dois elementos-chave no desenho da casa. Localizado em um terreno especial, esta propriedade privada tem a obrigação de incluir o uso da pedra local em todas as suas construções. Este requisito, juntamente com o amor do arquiteto pela serenidade do concreto aparente, dá origem a um abraço poético dos dois materiais. A pedra encontra seu lugar envolvendo a casa do lado de fora e se mesclando no ambiente externo também rochoso.

© Erick Saillet
© Erick Saillet

Isto é alcançado não só graças à paleta de cores das rochas similar à do solo que a casa toca, mas também por refletir os raios do sol com um brilho quente. A superfície interna é feita de concreto para criar uma atmosfera sóbria e calma. Ao mesmo tempo, sua pele suave reflete perfeitamente os raios de luz que penetram na casa ao pôr do sol. Ao deixar as paredes e o teto nus, o arquiteto deixa o concreto revelar suas peculiaridades - cada superfície orgulhosamente traz suas próprias características e irregularidades. O projeto distribui o programa em dois níveis seguindo a inclinação natural do terreno, de modo a não se esconder dos cidadãos e, ao mesmo tempo, virar completamente a casa para a vista deslumbrante. Por este motivo, o volume superior, incluindo os quartos, se projeta apenas a meio nível do chão. Ele se divide no meio para que um discreto lance de escadas possa descer e chegar a um pátio que marca a entrada da casa.

© Erick Saillet
© Erick Saillet

O posicionamento da entrada - abaixo do nível dos olhos, garante uma primeira filtragem do olhar do transeunte e um primeiro passo em direção à intimidade da casa. O menor volume, incluindo a suíte principal, a sala de estar e cozinha, está completamente escondido do olhar externo. Seu formato simples de caixa, feito de concreto aparente, abre-se para o mar com sua fachada totalmente envidraçada. O piso da caixa é puxado para fora para estender o espaço interno em direção à vista - a sala e a cozinha podem ser abertas inteiramente ao terraço graças aos painéis de vidro de correr. Os espaços de estar se transformam assim em uma sala de estar de verão - longe do sol quente, mas ao mesmo tempo ao ar livre. Com as aberturas do pátio de entrada e a resultante série de correntes naturais de ar frio, ocorre um sistema de resfriamento natural. A proteção solar da casa é assegurada pelo modo como as aberturas são tratadas e pela instalação de brises de madeira de altura total que se adaptam à sua localização e orientação.

© Erick Saillet
© Erick Saillet
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Erick Saillet
© Erick Saillet

No volume superior, juntamente com o corredor com vista para o pátio orientado para o sul, os brises são fixadas de modo a fornecer uma filtragem permanente não só da luz solar, mas também do olhar de estranhos. Quanto aos quartos, orientados para a vista e, portanto, para o nordeste, a proteção é assegurada pelas venezianas de correr. A mesma ideia é aplicada para o menor volume - as venezianas também podem ser escondidas para desaparecer da vista dos moradores. Além disso, o telhado verde permite um isolamento térmico complementar e simultaneamente contribui para a integração da casa em sua localização natural, que se encontra abaixo do topo do terreno. Os espaços ao ar livre do projeto reafirmam a inserção da construção em seu terreno criando uma passarela que começa no pátio e se desenvolve ao redor da casa e da piscina, voltada para o mar. Este caminho finalmente se dispersa no jardim do deserto expondo com grande orgulho uma bela coleção de diferentes espécies que caracterizam a diversidade da flora do lugar.

© Erick Saillet
© Erick Saillet
Cortes Longitudinais
Cortes Longitudinais
© Erick Saillet
© Erick Saillet

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
AUM Pierre Minassian
Escritório
Cita: "La Mira Ra / AUM Pierre Minassian" [La Mira Ra / AUM Pierre Minassian] 18 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890596/la-mira-ra-aum-pierre-minassian> ISSN 0719-8906