O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Templo
  4. Canadá
  5. Shim-Sutcliffe Architects
  6. 2015
  7. Templo de Wong Dai Sin / Shim-Sutcliffe Architects

Templo de Wong Dai Sin / Shim-Sutcliffe Architects

  • 17:00 - 24 Fevereiro, 2018
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Templo de Wong Dai Sin / Shim-Sutcliffe Architects
Templo de Wong Dai Sin / Shim-Sutcliffe Architects, Cortesia de Shim Sutcliffe Architects
Cortesia de Shim Sutcliffe Architects

© James Dow © James Dow © James Dow © James Dow + 15

  • Arquitetos

  • Localização

    Markham, ON, Canadá
  • Arquitetos responsáveis

    Brigitte Shim, Howard Sutcliffe
  • Líderes do projeto

    Monica Leung, Andrew Kimber
  • Área

    300 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Estrutura

    Blackwell Structural Engineers
  • Mecânica

    BK Consulting Inc.
  • Elétrica

    Dynamic Designs and Engineering Inc.
  • Engenharia civil

    Masongsong Associates Engineering Ltd.
  • Paisagismo

    NAK Design Group
  • Planejamenti

    Bousfields Inc.
  • Advogados de planejamento

    Sherman Brown
  • Construtora

    Gillam Group Inc.
  • Concreto

    Verdi Alliance
  • Revestimento

    Krypton Steel Inc.
  • Marcenaria

    Two Degrees North Inc.
  • Trabalho em couro

    Kai Leather Product Design
  • Folha de ouro

    Jan’s Workshop
  • Iluminação personalizada

    Lighting Nelson & Garrett Inc.
  • Aberturas

    Tradewood Windows and Doors Inc.
  • Mais informações Menos informações
© James Dow
© James Dow

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Templo de Wong Dai Sin é um espaço sagrado e moderno que abriga uma dinâmica comunidade taoísta comprometida com o desenvolvimento espiritual através da tradicional prática de tai chi. O Instituto Taoísta Fung Loy Kok encomendou um projeto para seu novo lar espiritual na região suburbana de Toronto que deveria refletir não apenas a essência de suas crenças religiosas, mas também a modernidade de seus afiliados. Este local de cerimônias está implantado em uma importante via suburbana, próximo a um shopping center e um cul de sac que dá acesso a uma série de mansões familiares.

© James Dow
© James Dow

O projeto do templo é deliberadamente assimétrico, mantendo seu equilíbrio como uma pose de tai chi. A fachada sul do edifício é visível a partir da movimentada rua que dá acesso ao templo, revelando dois grandes balanços desiguais apoiados em esbeltos planos de concreto aparente. As rígidas legislações para vagas de estacionamento no local exigiam elevar o edifício principal acima do solo e liberar a superfície do térreo para os veículos. O templo  é apoiado sobre uma laje de concreto integrada com sete pilares de concreto, amarrados a uma robusta plataforma ancorada no solo.

© James Dow
© James Dow

O sistema protendido da laje de concreto permite os mais de 10 metros de balanço no lado oeste, pairando sobre o estacionamento que é a base de suporte da estrutra do espaço sagrado do templo. Um balanço menor de pouco mais de 5 metros no lado leste serve para acomodar um terraço exterior que funciona como contrapeso para o balanço maior. O concreto aparente também é utilizado nas duas escadas suspensas que, juntamente com um elevador, fornecem acesso aos espaços de celebração no segundo pavimento.

© James Dow
© James Dow

O exterior do edifício, nas fachadas norte e sul, possui uma série de aletas verticais em aço corten que são utilizadas para direcionar as vistas para a paisagem do entorno. As grandes aberturas verticais de piso ao teto se estendem para o exterior de forma a permitir a ampla iluminação natural dos espaços internos e uma eficiente ventilação cruzada. As fachadas leste e oeste, que confrontam com os edifícios vizinhos, foram revestidas com grandes painéis abstratos de aço inox de forma a garantir a privacidade durante as cerimônias.

Corte A
Corte A

Dentro do Templo Wong Dai Sin, grandes claraboias automatizadas circulares estão ligadas a sistemas de iluminação de luz vermelha que servem para controlar a luz natural, além de oferecer suporte para os grandes anéis de incenso usados para as cerimônias taoístas de oração. Essas lanternas vermelhas de diâmetros variados criam um plano de forro abstrato com uma luz natural etérea, que quando combinada com a queima de incensos configuram um espaço cheio de espiritualidade conectado com o céu e a terra, o interior com o exterior.

© James Dow
© James Dow

Dentro da sala de orações, o memorial hall, o espaço é mais introvertido. Esta pequena estrutra de madeira dentro do templo é um espaço contemplativo em memória dos antepassados. A materialidade do bambu envolve esta atmosfera contemplativa e introspectiva do memorial.

© James Dow
© James Dow

O projeto faz referência clara a outros templos Wong Dai Sin mais tradicionais de outras partes do mundo através da sua manipulação e amplificação da luz natural, o uso instrumental de cores e seu compromisso com uma paleta de materiais cuidadosamente selecionada. O culto diário de uma das religiões mais antigas do mundo está inserido na alma deste espaço sagrado de caráter contemporâneo.

© James Dow
© James Dow

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Templo de Wong Dai Sin / Shim-Sutcliffe Architects" [Wong Dai Sin Temple / Shim-Sutcliffe Architects] 24 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889434/templo-de-wong-dai-sin-shim-sutcliffe-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.