Centro de Tratamento para Saúde Mental de Jovens Mulheres Casa Verde / LDA.iMdA architetti associati

Centro de Tratamento para Saúde Mental de Jovens Mulheres Casa Verde / LDA.iMdA architetti associati
© Simone Bossi
© Simone Bossi

© Simone Bossi© Simone Bossi© Simone Bossi© Simone Bossi+ 24

San Miniato, Itália
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1060
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fotógrafo Fotografias:  Simone Bossi
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Artwood srl, Carmine Pagano srl, Saverio srl
  • Cliente:IRCCS Stella Maris Foundation
  • Construtora:Carmine Pagano srl
  • Topografia:Andrea Pozzuoli
  • Consultoria De Estruturas:STUDIO TECNO srl, engineer Andrea Capecchi
  • Consultoria De Instalações:engineer Massimiliano Valeri
  • Adequações Hospitalares:Engineer Claudio Magni
  • Segurança No Trabalho:STUDIO TECNO srl, Lorenzo Paterlini
  • Equipe De Projeto:Paolo Posarelli, Gianni Bellucci, Stefania Catastini, Massimiliano Settimelli, Alberto Canzoniero, Elena D'Andrea, Cristina Toni, Matteo Gallerini
  • Cidade:San Miniato
  • País:Itália
Mais informaçõesMenos informações
© Simone Bossi
© Simone Bossi

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto tem como objetivo recuperar e integrar um antigo terreno, já utilizado como um orfanato, construído em um terreno montanhoso e próximo ao antigo centro de São Miniato. O projeto "Casa Verde" foi assim nomeado por conta de seu valor histórico e social: casa remete ao lar, ao orfanato e verde remete à floresta de carvalhos próxima. Além disso é um projeto que se conecta: 

1. Se conecta à vegetação pelo estudo dos vários tons da cor da folha em diferentes estações;

2. Com as "hóspedes" ao imprimir seus desenhos na fachada de vidro;

3. Com a cidade ao reutilizar "vicoli carbonai" - caminhos de carbono que não são apenas necessários para a manutenção da topografia, como também tradicionais na região;

Diagramas
Diagramas

4. Com a luz natural a partir da escadaria principal;

5. Com as históricas e centenárias árvores ciprestes próximas a estrutura;

6. Com a arte a partir da colaboração do artista MERCURIO-S17S71 que pintou os perfis das "hóspedes" resultando na coleção de arte contemporânea chamada "Shamans". 

© Simone Bossi
© Simone Bossi

Este edifício é parte de um projeto maior que engloba todo o terreno e está quase finalizado, faltando apenas o laboratório da parte sudoeste, que será concluído, de acordo com o calendário, em 2018. 

© Simone Bossi
© Simone Bossi

A ideia principal do projeto é proteger, tanto a forma quanto os materiais da planta original, como é possível ver na geometria do telhado. Ao mesmo tempo, pretende-se também enfatizar as extensões com formas, materiais e cores condizentes com a cultura contemporânea. 

© Simone Bossi
© Simone Bossi

Durante o processo de projeto a consciência de trabalhar dentro de um sítio frágil ajudou. Escolhemos trabalhar com a cor verde não homogênea na segunda camada das fachadas para investigar a habilidade de se inserir e mitigar o novo volume no contexto. Esta fachada ventilada não tem somente um valor estético, mas também promove diferentes níveis de leitura: os painéis perfurados dão nitidez quando se está próximo ao edifício e imprecisão quando são vistos de longe. 

© Simone Bossi
© Simone Bossi

Os painéis perfurados e as aberturas na fachada principal exaltam o relacionamento entre espaços internos e externos: A luz natural é filtrada por micro-diafragmas, criando internamente, na escada principal, um ambiente confortável. Ao mesmo tempo, as aberturas na fachada principal criam dois telescópios óticos que projetam os visitantes tanto no histórico acesso à antiga casa, quanto na antiga casa de fazenda que está sendo reformada. 

Planta - Térreo
Planta - Térreo
Cortes
Cortes
Planta - 1º Pavimento
Planta - 1º Pavimento

Os espaços internos, dentro de sua simplicidade, queriam recriar  a sensação de estar dentro de uma sala de lã cardada, considerando sempre ser um espaço que recebe pacientes com distúrbios neuropsiquiátricos. Para isso foi utilizada a cor cinza claro, código 7074, com linhas coloridas em verde, azul e laranja, formando três diferentes zonas onde as meninas podem viver de acordo com o grau de sua condição. As mesmas cores verde, azul e laranja estão também presentes em detalhes de mobiliário e ícones de direção presentes nas paredes e portas para sinalizar os diferentes espaços e funções, como refeitório, sala de TV, sala de estar, ginásio, centro médico, lavanderia, cozinha, e etc. 

© Simone Bossi
© Simone Bossi

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Via Aldo Moro, 18, 56028 São Miniato PI, Itália

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Tratamento para Saúde Mental de Jovens Mulheres Casa Verde / LDA.iMdA architetti associati" [Casa Verde Young Women's Care Home for Mental Health / LDA.iMdA architetti associati] 17 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889126/centro-de-tratamento-para-saude-mental-de-jovens-mulheres-casa-verde-ldmda-architetti-associati> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.