O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Austrália
  5. maarch
  6. 2017
  7. Life on MAARS / maarch

Life on MAARS / maarch

  • 17:00 - 14 Fevereiro, 2018
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Life on MAARS / maarch
Life on MAARS / maarch, © Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

© Douglas Mark Black © Douglas Mark Black © Douglas Mark Black © Douglas Mark Black + 28

  • Arquitetos

  • Localização

    Austrália
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

Descrição enviada pela equipe de projeto. Implantado no topo de uma encosta rochosa no extremo oeste da Austrália, este pequeno projeto é um exemplo preciso de arquitetura contemporânea, uma caixa de aço e vidro.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

O terreno localizado no distrito de Darlington, na zona metropolitana de Perth, exigiu uma análise minuciosa das suas excepcionais condições naturais para que o edifício pudesse ser implantado adequadamente. O programa de necessidades apontava para uma série de espaços que pudessem se expandir para os jardins em meio a natureza, além de uma ampla reforma no que sobrou de uma antiga casa construída no local no final de 1970.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

O edifício existente, em grande parte construído em alvenaria (blocos cerâmicos e pisos de concreto), proporcionou uma boa estrutura de massa térmica, mas com poucas aberturas e pés direitos baixos. A solução encontrada foi expandir a casa em direção norte até os limites da floresta, criando uma sequência de espaços de convívio em meio a natureza.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

As amplas aberturas de vidro emolduram a paisagem natural rochosa incorporando-a nos seus espaços interiores, estabelecendo uma nova relação interior e exterior anteriormente inexistente. Um banco externo de concreto aparente configura os limites do jardim. As condições naturais interferem diretamente no uso e ocupação dos espaços de modo que os moradores se sentem intimamente conectados com a paisagem. Pela manhã e tarde a casa é preenchida pelos cantos dos pássaros enquanto que ao entardecer, são os insetos que tocam a musica de fundo.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

A intervenção é esta caixa de vidro modernista que parece flutuar sobre a paisagem exótica (quase extraterrestre). Parece um lugar que leva o nada à lugar nenhum. Mal podemos ver as luzes da cidade à distancia, como se realmente estivéssemos em um lugar muito, muito distante. 

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

O interior de detalhes sóbrios e primorosos contrasta fortemente com esta paisagem exterior primitiva. Ainda que não seja uma nave espacial, esta casa mais se parece com um refúgio funcional e requintado no meio do nada. O projeto de marcenaria foi desenvolvido em conjunto com Simone Meraldi, um exímio especialista italiano. Suas bordas de compensado aparente e acabamento em fórmica cinza refletem a paleta interior simples e sóbria. A mesa foi projetada pelo designer local Nathan Day a partir da ideia de configurar um novo espaço familiar onde os pais pudessem cozinhar e comer enquanto observam o bebê recém nascido no ambiente ao lado.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black

O edifício integra estratégias passivas de controle de temperatura e ventilação natural, com um sistema de exaustão que expele o ar quente durante a noite enquanto a brisa de ar fresco flui a partir da fachada leste. Luz e sombra encontram-se em equilíbrio assim como o novo e o velho, inteligentemente orquestrados a partir de uma solução arquitetônica brilhante. O projeto é perfeito na combinação precisa entre os espaços interiores e áreas externas. Isso tudo proporciona um estilo de vida indoor-outdoor, onde as estações do ano se relacionam diretamente com o uso dos espaços. No verão, a vida transcorre pelos pátios e jardins externos. Durante o inverno, estes vazios permitem que a cozinha esteja sempre bem iluminada, ou que a chuva caia livremente por entre os ambientes da casa.

O projeto foi integralmente construído em estrutura de madeira por Hans Donni, um experiente construtor suíço, sua atenção aos detalhes foi essencial para que este projeto pudesse se tornar realidade. O terreno encontra-se em uma delicada zona de alto risco de incêndios, o que levou a implantação do conjunto longe da encosta onde algumas áreas abertas estavam disponíveis. Devido à isso o acesso à propriedade tornou-se o grande desafio deste projeto. A estrutura leve foi escolhida por uma série de motivos práticos, evitando fundações complexas em um terreno rochoso além das características sustentáveis inerentes à construção em madeira. Painéis de concreto foram utilizados quando necessário para dar estabilidade à estrutura de madeira. Um sistema de isolamento eficiente nos painéis das paredes e a utilização de vidro de alto desempenho foram incorporados para proporcionar melhores condições de conforto para o cliente.

© Douglas Mark Black
© Douglas Mark Black
Cita: "Life on MAARS / maarch" [Life on MAARS / maarch] 14 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888796/life-on-maars-maarch> ISSN 0719-8906