O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Indonésia
  5. Somia Design
  6. 2017
  7. Casa Mandanila / Somia Design

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Casa Mandanila / Somia Design

  • 17:00 - 9 Fevereiro, 2018
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Casa Mandanila / Somia Design
Casa Mandanila / Somia Design, © Mario Wibowo
© Mario Wibowo

© Mario Wibowo © Mario Wibowo © Mario Wibowo © Mario Wibowo + 15

  • Arquitetos

  • Localização

    Sul de Denpasar, Indonésia
  • Arquiteto Responsável

    Gerry Surbakti
  • Área

    154 m²
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa fica em um lote de 320 metros quadrados em um pequeno complexo residencial em Denpasar, Bali, localizado em frente a uma escola primária, onde o ruído e as atividades escolares influenciam indiretamente a casa durante o dia. Esta casa era inicialmente uma cozinha e uma garagem de uma edificação maior que costumava produzir alimentos para uma empresa de serviços de buffet. Depois, o proprietário decidiu dividir a casa em duas partes separadas. Naquela época, a casa era bastante grande, mas ainda assim havia pouca luz natural e uma mistura de acabamentos. Em termos de briefing, o cliente desejava uma casa balinesa tropical que se adaptasse ao estilo de vida casual da família. Essas questões foram desafiadoras para o arquiteto conceber este projeto de reforma. Como transformar uma área de serviço em uma nova casa urbana habitável?

Corte
Corte
© Mario Wibowo
© Mario Wibowo
Renderização - Interior
Renderização - Interior

Era claro que a mudança mais importante seria a reorganização da planta. A nova planta oferece 3 quartos com um banheiro para cada um. O arquiteto garantiu que cada quarto recebesse muita luz natural, "incorporando o hábito natural da vida tropical, criamos aconchego com um fluxo contínuo entre dentro e fora, de maneira minimalista". Com mais de 4 metros de altura, uma parede cobre a casa para reduzir o ruído que vem da escola. Além disso, oferece privacidade às atividades dos moradores dentro da casa. Feita de milhares de blocos de concreto modulares organizados, esta parede também torna-se o ícone da casa. Uma combinação de seixos soltos e um deck de madeira nos leva à entrada. Atravessando uma grande porta pivotante, somos surpreendidos por um pequeno jardim que fica atrás da porta principal, para que mal consigamos identificar qual área pertence ao exterior e qual pertence ao interior. Não há uma fronteira clara entre um e outro.

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Diferente de outras casas comuns, esta não apresenta um ambiente para convidados assim que entramos na casa. A casa começa com um corredor que pode ser usado como um foyer para recebe-los. No final do corredor, nos deparamos com uma parede feita de tijolos que traz aconchego à casa. Ao entrar na sala principal, há uma sala de estar, jantar e um espaço de trabalho posicionados num mesmo espaço, sem paredes divisórias. Aqui, todas as atividades dos membros da família podem ser feitas juntas em um só lugar. Esse tipo de layout, em planta livre, torna o espaço mais amplo. A parede de tijolos torna-se o plano de fundo da sala e traz aconchego e uma sensação de lar.

Planta Baixa
Planta Baixa

Este projeto de reforma foi difícil, mas desafiador para o arquiteto. Foi necessário adequar a casa a todas as limitações estruturais e, por isso, podemos perceber uma parede no meio da sala principal. Na verdade, ela é resultado da existência de uma coluna estrutural que então se transformou numa parede divisória decorativa entre o sofá e a sala de jantar. O objetivo era criar um espaço aberto onde as atividades se misturassem. Por exemplo, ao mesmo tempo o pai pode trabalhar na mesa de trabalho, a mãe na despensa, enquanto as crianças  brincam no sofá-cama; todos eles podem ainda interagir livremente nesta sala. Para resolver a falta de incidência de luz natural, o arquiteto posicionou um jardim ao lado da casa como um túnel de vento e luz. Durante o dia, há muita luz incidindo nos ambientes, assim como um "espaço de respiração" para a casa.

© Mario Wibowo
© Mario Wibowo

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Somia Design
Escritório
Cita: "Casa Mandanila / Somia Design" [Mandanila House / Somia Design] 09 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888079/casa-mandanila-somia-design> ISSN 0719-8906