O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. México
  5. Apaloosa Estudio de Arquitectura y Diseño
  6. 2017
  7. Casa CH / Apaloosa Arquitectura

Casa CH / Apaloosa Arquitectura

Casa CH / Apaloosa Arquitectura
Casa CH / Apaloosa Arquitectura, © Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

© Carlos Berdejo Mandujano © Carlos Berdejo Mandujano © Carlos Berdejo Mandujano © Carlos Berdejo Mandujano + 23

  • Arquitetos

  • Localização

    Tuxtla Gutiérrez, México
  • Arquiteto Responsável

    Luis Armando Gómez Solorzano
  • Colaboradores

    Xochitl Abigaíl López Trujillo, Daniel Guadalupe Téran Orozco, Carlos Mario Pereyra Zenteno, Mtro. Alexander Coutiño de los Santos
  • Área

    211.0 m2
  • Ano do Projeto

    2017
  • Fotografias

"A arquitetura introspectiva não se nota do exterior, se produz de dentro para dentro, consequentemente, do que não há ou está mais de fora."

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

A residência está localizada em um lote de interesse social com três vizinhos e fachada para sul que absorve a incidência de calor solar durante todo o dia, o que obrigou a fechar a fachada da casa controlando a iluminação natural por pequenos vãos no pavimento superior e que correspondem a dois dos três dormitórios.

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

O edifício mede 6 por 15 metros e conta com um programa de residências de interesse médio, o estacionamento é o único acesso que funciona de entrada para acessar a cozinha desde o pátio de serviços, do acesso à recepção e se percebe a amplitude vertical da casa já que possui pé direito duplo e, sobre ela sobressaem duas entradas de absorção de luz natural que iluminam a área social e a ponte de comunicação entre dormitórios. As vigas foram deixadas expostas como eixos orientadores, assim como as paredes de tijolo aparente e revestimentos de gesso que mostram gradação da luz natural filtrada pelas entradas de luz.

Plantas
Plantas

O dormitório termina com barras verticais de madeira que encontram um pequeno terraço posterior, de modo que, desse ponto, entra a ventilação dominante e se distribui por todo o interior até dissipar o ar quente por saídas cruzadas.

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

A residência é atualmente iluminada durante as horas efetivas de sol, gerando, por sua vez, privacidade e qualidade de vida em seu interior, a ponte, que é um elemento difícil de produzir em dimensões reduzidas, foi possível graças ao fato do pavimento superior contemplar os três dormitórios, cujo principal conta com um banheiro em seu interior, e mais um banheiro.

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano
Cortes e fachada
Cortes e fachada

Concreto, tijolo, madeira e aço foram deixados aparentes para aproveitar suas propriedades e texturas naturais, além de gerar economia para o cliente em relação ao projeto, já que esses materiais são encontrados na cidade de Tuxtla Gutiérrez, Chiapas, e respondem corretamente ao contexto natural e regional.

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

Devido à decisão de projeto civil optou-se por subir o nível do edifício, já que existe um registro de saturamento de fluxos em temporada de chuvas, os cubos de luz foram discretamente mantidos por trás do portão de acesso e a parede de pedra na fachada, por motivos de segurança.

© Carlos Berdejo Mandujano
© Carlos Berdejo Mandujano

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Apaloosa Estudio de Arquitectura y Diseño
Escritório
Cita: "Casa CH / Apaloosa Arquitectura" [Casa CH / Apaloosa Estudio de Arquitectura y Diseño] 09 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/887456/casa-ch-apaloosa-arquitectura> ISSN 0719-8906