Casa Alpha A1 / Arquitetura Viva

Casa Alpha A1 / Arquitetura Viva

© Marcus Camargo© Marcus Camargo© Marcus Camargo© Marcus Camargo+ 32

Goiânia, Brasil
  • Arquitetos: Arquitetura Viva
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2012
  • Fotógrafo Fotografias:  Marcus Camargo, Luan Kesley
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arquitetura Viva, Forbo Flooring Systems, JBC Vidros, Movelaria Viva, Votorantin
  • Autor:Luana Lousa
  • Projeto Estrutura:Dalton Souza e Silva
  • Projeto De Fundação:Dalton Souza e Silva
  • Projeto De Iluminação:Geovana Moretson
  • Projeto De Instalações Elétricas:Orlando Lisita
  • Projeto De Instalações Hidráulicas:Gerson Lisita
  • Projeto De Interiores:Arquitetura Viva
  • Projeto De Paisagismo:Arquitetura Viva
  • Cidade:Goiânia
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Marcus Camargo
© Marcus Camargo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Mais do que uma residência, esse projeto é um grande laboratório, escritório e gerador de conhecimentos e práticas de permacultura e bioarquitetura. Vários testes e "ecotécnicas" são constantemente implantados nesta casa-escola. No primeiro pavimento desenvolve-se a parte social da casa. Na sala de estar utilizou-se de pé direito duplo e iluminação zenital a fim de melhorar o conforto térmico e lumínico. Essa sala possui conexão direta com a varanda, que se fecha com brises de madeira mineralizada, dando acesso ao deck e à piscina. No pavimento inferior concentram-se os ambientes de serviço, escritórios, brinquedoteca e garagens.

© Marcus Camargo
© Marcus Camargo

Neste projeto, o potencial da sustentabilidade foi explorado a fim de promover uma arquitetura viva, saudável e permacultural. Nos quase dois mil metros quadrados de terreno, foi implantado um paisagismo funcional e comestível, irrigado por água de reuso, ou seja: toda a água usada em torneiras, chuveiros e lavanderia passam por um sistema de filtragem e rega todas as plantas. Nos telhados verdes a irrigação é feita com água da chuva vinda do tanque de reserva inferior. E, por fim, as águas negras são tratadas através de um sistema de “fossa de bananeiras”, criando microclima local através da evapotranspiração das folhas largas da planta.

© Marcus Camargo
© Marcus Camargo
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Marcus Camargo
© Marcus Camargo

Para a vedação e paredes internas, foi utilizada a alvenaria de adobe (tijolos de terra crua que medem 20x20x40cm), que garante um excelente isolamento térmico e acústico, além de ser um material altamente biocompatível com o corpo humano. Foram utilizadas também pedras de refugo de pedreira e todas as madeiras de portais, portas e do mobiliário são de demolição e as peças foram criadas pela arquiteta Luana Lousa, na marcenaria do escritório, a Movelaria Viva. Neste projeto, foram realizados os estudos de sol e ventos, que resumem os sistemas passivos de iluminação e ventilação. Há, também, o uso de painéis fotovoltaicos e aquecimento solar de águas, garantindo grande economia de energia.

© Marcus Camargo
© Marcus Camargo

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Alpha A1 / Arquitetura Viva" [House Alpha A1 / Arquitetura Viva] 23 Nov 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/883799/casa-alpha-a1-arquitetura-viva> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.