Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Arquitetura Brasileira

  1. ArchDaily
  2. Países
  3. Brasil

Projetos mais recentes em Brasil

Últimas notícias em Brasil

Os 20 projetos mais esperados para 2020

À medida que 2019 se aproxima do fim, aumenta nossa expectativa em relação a tudo aquilo que está por vir no mundo da arquitetura para 2020. Uma infinidade de projetos deverão ser concluídos no próximo ano, edifícios das mais variadas escalas e programas, impressionantes obras de arquitetura espalhadas pelos quatro cantos do mundo.

Casas brasileiras: 15 residências com janelas de piso a teto

A concepção das janelas de um edifício é fator determinante para a salubridade e conforto térmico dos ambientes. No caso das janelas de piso a teto, a dupla vantagem que se tem a partir da boa iluminação dos espaços internos e ampla vista para a paisagem talvez seja o fator mais atrativo para a sua adoção em edifícios residenciais. Normalmente localizadas em pontos estratégicos, como nos espaços de convívio ou em quartos não direcionados à rua, esse tipo de janela promove uma eficiente integração entre os espaços internos e externos.

Casas brasileiras: 11 residências elevadas do solo

Assim como muitas decisões projetuais no campo da arquitetura, a escolha de elevar uma casa em relação ao terreno não tem impactos apenas estéticos, mas também - ou sobretudo - funcionais. Elevar um edifício do solo ajuda a afastar a umidade e melhorar a circulação do ar, ao mesmo tempo em que minimiza seu apoio no plano e, consequentemente, a necessidade de movimentação de terra para executar a obra. Assim, lajes suspensas são simultaneamente soluções arquitetônicas e bioclimáticas passivas, adequando-se bem ao clima quente e úmido que caracteriza a maior parte do Brasil.

Casas brasileiras: 26 residências com brise-soleil

Projetar em um país onde o clima é predominantemente equatorial ou tropical implica em tomar decisões que diminuam a sensação de calor nos espaços internos da edificação. A versatilidade, a funcionalidade e a estética do brise-soleil são características que encorajam arquitetos, sobretudo no contexto brasileiro, a utilizá-lo em edifícios residenciais. O brise-soleil, quebra-sol, ou apenas brise, funciona como uma espécie de “meio termo” entre abertura e fechamento, controlando a entrada de iluminação no edifício sem impedir a ventilação. Além disso, o sistema também permite uma maior conciliação entre a privacidade dos espaços internos e a vista para o externo.

São Paulo: Metrópole fluvial

O projeto apresentado no mestrado São Paulo – Paris, Metrópoles Fluviais. Ensaio de Projeto de Arquitetura das orlas do canal Pinheiros inferior, córrego Jaguaré e córrego Água Podre reconhece o papel dos rios como principal estruturador urbano e busca o redesenho da metrópole que ao longo de seu desenvolvimento deu as costas para seus cursos d’água e os transformou em leitos para esgoto e lixo.

Diferentes modos de hospedar: 10 projetos de hotéis brasileiros

Ao contrário de quando era visto apenas como um espaço para dormir e tomar banho, hoje um Hotel necessita aprimorar a experiência da viagem para atrair hóspedes e apresentar um diferencial frente à concorrência direta ou até mesmo com novas modalidades de hospedagem como o AirBnb. Assim, além da qualidade dos quartos, as áreas de lazer, restaurantes, paisagem e arquitetura são elementos que determinam o sucesso de um empreendimento.

Em países como o Brasil que possuem paisagens distintas e uma população diversa, é possível se deparar com diferentes soluções na hora de pensar o projeto de hotéis. Por isso, reunimos dez exemplos nacionais nos quais a arquitetura se destaca e traz uma identidade única para cada um desses edifícios.

Guia de arquitetura de Belo Horizonte: 25 lugares para conhecer na capital mineira

Em 1897 foi instituída a Cidade de Minas Gerais, que em 1901 passou a ser chamada de Belo Horizonte. O projeto urbanístico de Aarão Reis para a capital mineira deu origem à primeira cidade moderna planejada no Brasil. A malha ortogonal que define quarteirões, grandes corredores e diferentes zonas urbanas foi inspirada em outros modelos de cidades, como Paris e Washington, com a presença de ideais modernizantes e republicanos que inspiraram a hierarquização do território.

O paisagismo na arquitetura contemporânea brasileira em 15 projetos

A paisagem ao redor do ambiente construído pode fazer toda a diferença em um projeto. Os elementos naturais que são integrados na arquitetura ou projetados para compor com ela traçam um enorme diferencial na forma como experienciamos o espaço. Por isso, conceber projetos paisagísticos está longe de ser uma tarefa simples. Para trazer alguma referências de composições com a natureza e outros elementos que ajudam a configurar um lugar, reunimos quinze projetos contemporâneos brasileiros que partem desde simples gestos até outros que expõem a exuberância de nossa flora tropical.

10 Apartamentos brasileiros de até 65m²

No Brasil, o mercado imobiliário e a demanda habitacional diminui cada vez mais a área dos apartamentos. Além disso, nem sempre a planta traz uma solução funcional e confortável para seus moradores, desafiando os arquitetos a pensarem formas de converter essa situação em algo favorável. Aqui, selecionamos dez projetos brasileiros que lidam bem com a pequena escala e servem como referência no momento de enfrentar esta tarefa. Veja todos, a seguir.

Casas brasileiras: 20 residências com empenas cegas

As empenas cegas, ou fachadas sem aberturas, geralmente não são partidos projetuais em residências, mas sim frutos da necessidade de privacidade em certos ambientes, principalmente quando o recuo em relação ao edifício vizinho é pouco ou inexistente. No entanto, as empenas cegas podem vir a tomar lugar de destaque no conjunto de um edifício, seja pelo contraste entre cheios e vazios, seja pela valorização da empena de outras formas - como aplicação de pintura, textura, jardim vertical etc. -, seja, por fim, pela localização da empena cega na parte frontal do edifício - ou seja, uma “inversão de papéis” entre as fachadas laterais, geralmente resignadas à privação de aberturas, e a(s) fachada(s) frontal e/ou posterior, normalmente com aberturas.