O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. Japão
  5. Tezuka Architects
  6. 2016
  7. Jardim de infância Asahi Fase I & Fase II / Tezuka Architects

Jardim de infância Asahi Fase I & Fase II / Tezuka Architects

Jardim de infância Asahi Fase I & Fase II / Tezuka Architects
Jardim de infância Asahi Fase I & Fase II  / Tezuka Architects, © Kida Katsushida, FOTOTECA
© Kida Katsushida, FOTOTECA

© Kida Katsushida, FOTOTECA © Kida Katsushida, FOTOTECA © Kida Katsushida, FOTOTECA © Kida Katsushida, FOTOTECA + 16

© Kida Katsushida, FOTOTECA
© Kida Katsushida, FOTOTECA

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Jardim de Infância Asahi original foi perdido durante o terremoto Tohoku em 11 de Março de 2011. O escritório Tezuka Architects, fundado pelo Comitê Japonês para a UNICEF, projetou e reconstruiu o jardim de infância em uma área de terras altas utilizando grandes árvores que morreram pelo sal depositado sobre a terra no tsunami de 2011. Essas árvores tem significados simbólicos para os habitantes locais, uma vez que tinham sido plantadas para conformar o caminho que leva ao Templo Daioji, principal templo na colina cuja altura foi sempre suficiente para escapar de tsunamis historicamente. Muitos habitantes sobreviveram graças aos ensinamentos de um padre do templo que costumava orientá-los sobre como escapar do local.

© Kida Katsushida, FOTOTECA
© Kida Katsushida, FOTOTECA

Nosso objetivo com o projeto era expressar que as árvores não eram apenas material para a construção da escola, mas que representavam um lar para o espírito dos habitantes da cidade. Reutilizar as árvores mortas para criar um novo jardim de infância para a próxima geração da cidade reitera a esperança de todos em Tohoku ou Japão.

Planta 01
Planta 01
Planta 02
Planta 02

Todas as partes do edifício incluindo estrutura, pisos e corrimão, foram feitas a partir dessas árvores que haviam sido plantadas após o tsunami de 1611, exatamente 400 anos do tsunami de 2011. Utilizou-se os tradicionais encaixes e vínculos da madeira sem juntas metálicas, já que essas técnicas antigas fizeram com que a arquitetura tradicional japonesa sobrevivesse por mais de 1300 anos. Assim como no projeto original, ergue-se um enorme pilar com dimensões seccionais de 600x600 mm no edifício. O projeto é uma mensagem para aquelas crianças que provavelmente encontrarão com um tsunami nos próximos 400 anos.

© Kida Katsushida, FOTOTECA
© Kida Katsushida, FOTOTECA

Fase II

Já se passaram cinco anos do terremoto, mais crianças retornaram à cidade. A primeira fase do projeto se tornou insuficiente e o jardim de infância decidiu implantar uma segunda fase de construção com pressa.

Composição Estrutural Fase I
Composição Estrutural Fase I

Infelizmente, hoje em dia o entorno do lote do projeto encontra-se completamente transformado. Há um acelerado desenvolvimento em larga escala que acompanha a recuperação da cidade pós terremoto. A paisagem exuberante vem se perdendo. A colina foi sendo seccionada, a ponto da área de jardim protegida ser a única que permanece com a altitude original. O local transformou-se em uma paisagem análoga a uma torre construída de castelo em uma área residencial plana.

© Kida Katsushida, FOTOTECA
© Kida Katsushida, FOTOTECA

A construção da segunda fase refere-se a um complexo de templos com a construção de um pagode na encosta da colina. Esse é o resultado da tomada de consciência em relação ao templo Daiouji e de seu papel maternal em relação às crianças do jardim de infância. Agora há três edifícios adicionais com profundos beirais e longas escadas que conectam esses volumes. O jardim da primeira fase de construção fica no topo da colina. 

Corte
Corte
Elevação
Elevação

Já que as grandes árvores que formavam o passeio do antigo templo foram utilizadas, não era mais possível criar um grande pilar. Assim, decidiu-se construir de forma econômica com materiais de tamanho racionalizado. No entanto, a mensagem para as crianças depois de 400 anos foi mantida. Todos os encaixes continuaram sendo projetados da maneira tradicional de travamento, o que perdura por um longo período de tempo.

Croqui
Croqui

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Tezuka Architects
Escritório
Cita: "Jardim de infância Asahi Fase I & Fase II / Tezuka Architects" [Asahi Kindergarten Phase I & Phase II / Tezuka Architects] 15 Nov 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/882582/jardim-de-infancia-asahi-fase-i-and-fase-ii-tezuka-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.