O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. Allouchie Arquitetos
  6. 2017
  7. Casa Cobogó / Allouchie Arquitetos

Casa Cobogó / Allouchie Arquitetos

  • 04:00 - 31 Outubro, 2017
Casa Cobogó / Allouchie Arquitetos
Casa Cobogó  / Allouchie Arquitetos, © Antônio Preggo
© Antônio Preggo

© Antônio Preggo © Antônio Preggo © Antônio Preggo © Antônio Preggo + 21

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Buscamos uma arquitetura contemporânea e genuinamente pernambucana.

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Localizado em condomínio particular em área limítrofe do perímetro urbano de Caruaru, principal cidade do agreste pernambucano, o lote possui orientação sudeste, de maior incidência dos ventos durante o ano.

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Optamos por uma arquitetura simples no quesito ostentação, porém grandiosa na questão da emoção, da simbiose sensorial. Podemos dizer que esse “caminho” está absolutamente relacionado à personalidade dos arquitetos, detentores de uma intuição mais contida no ato de projetar, mas que por vezes implode de tanta expressão artística e significado.

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

A Casa Cobogó é mais uma arquitetura que surge a partir do vazio, quase que central, um lugar de chegada, que precede uma sutil promenade arquitetônica.

Planta
Planta

Materiais naturais como madeira, artesanais como o ladrilho hidráulico, e aparentes e “brutos” como o concreto, o ferro e o vidro, aliados à uma sutileza no uso de cores e um pé-direito baixo (2,26m – medida do Modulor referente à altura do homem médio com braço levantado) conferem ao lugar uma ambiência acolhedora e “humana”.

Corte
Corte
© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

O desafio mais pragmático do projeto foi atender ao programa de necessidades relativamente vasto para o tamanho do lote (375m²) e um desejo de espaços amplos e por vezes abertos. Tudo isso em um único pavimento. A solução natural foi: integrar os “recuos obrigatórios” aos ambientes, eliminado qualquer “espaço morto” dentro dos limites do terreno, tanto nas áreas externas à construção como às internas. Podemos claramente perceber essa intuição desde o acesso de pedestre, passando pelo terraço, bem como na garagem e na horta orgânica.

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Evaldo Coutinho defendia a arquitetura enquanto produto da construção, e não do projeto. E que a única maneira de sentirmos sua essência espacial era estando na própria obra. O fato de termos projetado e construído a obra, nos permitiu mais uma vez fazer experimentos durante a execução, o que certamente foi fundamental para o resultado final.   

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Outros dois aspectos importantes para nós eram o conforto ambiental e o controle da privacidade. Septos, marquises, cobogós, esquadrias estrategicamente localizadas e dimensionadas, são alguns elementos arquitetônicos que surgem como solução. Em alguns casos, elementos, como por exemplo a “pele” (muro de tijolo manual aparente) da fachada frontal que protege os quartos, surgem como solução para ambos problemas. Por ser uma parede vazada, permite a passagem da iluminação e ventilação natural ao mesmo tempo que confere privacidade aos usuários da casa e permite a visão da rua aos mesmos. Além é claro de um apelo estético e poético. 

© Antônio Preggo
© Antônio Preggo

Pensando na dimensão funcional da casa, duas premissas foram importantes na estruturação da planta. Queríamos a possibilidade de dois acessos independentes e distantes entre si, um para veículo e outro para quem chegasse a pé. Era importante para nós que ambos nos levassem  inicialmente à área social da casa. Dessa forma, a sala surge com uma espécie de vestíbulo, só que localizado no centro da edificação, e que dá acesso direto à área íntima e à cozinha. Uma solução prática e simples.

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Cobogó / Allouchie Arquitetos" 31 Out 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/882146/casa-cobogo-allouchie-arquitetos> ISSN 0719-8906