O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Cultural
  4. Brasil
  5. HARDT Planejamento
  6. 2015
  7. Centro Cultural Curitiba / HARDT Planejamento

Centro Cultural Curitiba / HARDT Planejamento

  • 05:00 - 31 Outubro, 2017
Centro Cultural Curitiba / HARDT Planejamento
Centro Cultural Curitiba / HARDT Planejamento, © Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

© Jefferson Carollo Filho © Jefferson Carollo Filho © Jefferson Carollo Filho © Jefferson Carollo Filho + 33

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua Antônio Meirelles Sobrinho, 540 - Cajuru, Curitiba - PR, Brasil
  • Arquiteto Responsável

    Marlos Hardt
  • Área

    2140.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Arquitetura, Interiores, Paisagismo, Conforto Ambiental, Sustentabilidade e Acessibilidade

    HARDT PLANEJAMENTO – Marlos Hardt, Karlos Ervin Kaltmaier, Leticia Peret Antunes Hardt, Valéria Romão Morellato Hardt
  • Acústica

    Relacus
  • Elétrica, Hidráulica, Estrutura e Fundações

    KJS Engenharia
  • Ar Condicionado

    Mauro Esmanhoto
  • Construção

    Serrana Vitória Engenharia
  • Topografia

    Englevel
  • Mais informações Menos informações
© Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

Descrição enviada pela equipe de projeto. O novo Centro Cultural da Associação Brasileira da Soka Gakkai (BSGI) em Curitiba se tornou um importante edifício da associação presente em 192 países do mundo com sedes em diversas cidades brasileiras. A comunidade da BSGI de Curitiba se transferiu de uma sede menor no bairro Jardim das Américas para seu novo Centro Cultural com mais de 2.000 m² em lote de 6.270 m² no Bairro Alto, em Curitiba. Na ocasião foi realizada uma grande festa com danças típicas, discursos de autoridades e dos arquitetos responsáveis pelo projeto, além da presença do presidente da Associação no Brasil.

Planta - Térreo
Planta - Térreo

IMPLANTAÇÃO

A edificação monolítica ocupa a porção central do terreno de esquina, garantindo afastamentos generosos das divisas e proporcionando assim amplas visuais e possibilitando a articulação de pequenas praças ao seu redor. A estratégia de implantação permite eventual ampliação por meio de edifício anexo na porção posterior do lote, aonde atualmente encontra-se o estacionamento de veículos.

ACESSOS

O acesso de pedestres ocorre na porção central da testada principal, alinhado com a entrada principal da edificação. Os acessos de veículos ocorrem nas extremidades do estacionamento em “L”, além de um acesso especial para autoridades próximo ao acesso de pedestres e com conexão ao estacionamento.

© Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

PAISAGISMO

O tratamento das áreas externas foi articulado a partir de 5 praças alocadas ao redor do edifício. Com formato circular, cada praça representa um elemento importante à cultura budista e da Soka Gakkai.

PAVIMENTO TÉRREO

O edifício possui permeabilidade visual e de circulação  no pavimento térreo, integrando-o com o entorno. O acesso principal se localiza em sua porção central, destacado por uma marquise metálica e o acesso secundário é o espelhamento deste, também no centro da edificação. Buscou-se fácil legibilidade dos ambientes internos articulados a partir dos acessos. No setor leste encontra-se o auditório para 500 pessoas, salas técnicas e acesso de serviços. O setor oeste comporta a ala administrativa, sanitários, sala para convidados e auditório pequeno para casamentos e outros eventos de menor porte com capacidade para 200 pessoas. Ainda na ala oeste, voltado para a fachada principal, encontra-se a circulação vertical.

© Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

PAVIMENTO SUPERIOR

No pavimento superior encontram-se salas multi-uso - especialmente para orações e aulas, os escritórios, sala de música e conexão com ao 1º balcão do auditório através de passarela suspensa sobre o hall principal. Na porção leste, encontram-se salas de ensaio na porção posterior do auditório.

BIOCLIMÁTICA

O edifício conta com diversas soluções para melhoria de sua qualidade ambiental. O auditório possui sistema de controle de ruídos composto por diversas camadas de materiais isolantes abaixo da telha sanduíche e junto ao forro. Foram criadas aberturas zenitais na circulação do pavimento superior com janelas laterais que permitem o controle térmico da edificação. No inverno rigoroso de Curitiba, mantém-se as janelas basculantes fechadas, garantido assim a permanência do calor dentro da edificação. Já no verão, as janelas são basculhadas permitindo a liberação do ar exausto e quente criando um efeito-chaminé no centro do edifício, com tomada de ar pelas portas de acesso e pelas janelas laterais.

© Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

VOLUMETRIA

Visando unidade entre os 2 setores do edifício, foi projetada uma cobertura que “abraça” o auditório com forma mais angulada, assim como o setor administrativo e acadêmico. Como estratégia para aumentar a área útil da sala de música e escritórios no pavimento superior, projetou-se estes volumes para fora da fachada principal, dinamizando assim a volumetria. Nas abas laterais do auditório, as paredes inclinadas possibilitam proteção e destaque às saídas de emergência assim como criam movimento. O contraste entre o vidro, o granito flameado e as empenas brancas também proporciona maior identidade a obra.

© Jefferson Carollo Filho
© Jefferson Carollo Filho

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
HARDT Planejamento
Escritório
Cita: "Centro Cultural Curitiba / HARDT Planejamento" [Curitiba Cultural Centre / HARDT Planejamento] 31 Out 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/882145/centro-cultural-curitiba-hardt-planejamento> ISSN 0719-8906