Casa Mirante / FGMF Arquitetos

Casa Mirante / FGMF Arquitetos

© Rafaela Netto© Rafaela Netto© Rafaela Netto© Rafaela Netto+ 36

Aldeia da Serra, Brasil
  • Arquitetos: FGMF Arquitetos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  815
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fotógrafo Fotografias:  Rafaela Netto, Renato Caiuby
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AFA tintas e texturas, APS componentes Elétricos LTDA, Ardece, Arquitetura da Luz /, EXBRA revestimentos, Fochella, Guinter Parschalk – Studio IX, Ibratin, Inovar, Skylight Estruturas, Tekal, Zanchet
  • Coordenadores:Ana Paula Barbosa, Gabriel Mota, Luciana Bacin, Marília Caetano, Sonia Gouveia
  • Colaboradores:Carmem Procópio, Juliana Nohara, Ligia Meirelles, Thiago Pimentel
  • Estagiários:Cláudia Bicudo, Fernanda Silva, Henrique Abduch , Julian Seifert, Luiz Falavigna, Mariana Schmidt , Nara Diniz, Patricia Kupper, Rodrigo de Moura, Rodrigo Oliveira, Yara Bello
  • Construtora:Steel Construções e Empreendimentos
  • Projeto De Estrutura E Fundações :Stec do Brasil Engenharia ltda
  • Projeto De Instalações Hidráulicas E Elétricas:Gavazzi Engenharia
  • Paisagismo:Juliana Freitas Paisagismo
  • Projeto Luminotécnico:Studio Ix
  • Projeto De Interiores:Andrezza Alencar e FGMF
  • Autores:Fernando Forte, Lourenço Gimenes, Rodrigo Marcondes Ferraz
  • Cidade:Aldeia da Serra
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno determinou a lógica de concepção desta residência, desde os estudos. Algumas características do local são especialmente marcantes –lote extenso, de largura ligeiramente variável, em declive acentuado. Em sua extremidade norte há uma linda vista, composta por um lago artificial. Duas construções vizinhas sombreiam e causam sensação de pouca privacidade nas laterais superiores do terreno.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Havia o desejo dos espaços sociais e de convívio ficarem voltadas para o lago, a para norte, ao mesmo tempo em que existia a necessidade de se evitar ao máximo a sensação de estrangulamento que os vizinhos causavam. A partir dessas determinantes locamos a residência na porção central do lote, em posição privilegiada em relação as construções existentes e garantindo a interessante vista para os espaços sociais. Por conta do comprimento longitudinal da construção, optamos por criar pátios semi-internos que ventilam e iluminam a casa, além de proporcionar maior relação com a natureza, desejo dos proprietários.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Com essas premissas lançamos mão de uma estrutura simples, metálica, que vence vãos transversais variáveis de cerca de 11 metros. Essa estrutura seria o item organizador do espaço e estaria locada exatamente no limite dos recuos obrigatórios, além de ter presença marcante na estética da construção. A residência surgiria de fato através lajes recortadas apoiadas sobre esta estrutura primária, e a grande maioria das vedações seria em vidros temperados nas bordas dessas lajes, amplificando a importância da estrutura.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Em ambas laterais da estrutura, no limite do recuo, descoladas da residência propriamente dita, foram aplicados brises verticais com espaçamento variável (espaçamento este calculado em função dos espaços internos, vistas e vizinhos) que ficam sustentados através da estrutura primária. Esses brises se projetam em ambas extremidades, e trabalham como um envelope de toda a construção, organizando-a e agindo como um filtro entre o externo e o interno.

Planta - Térreo
Planta - Térreo
Planta - Pavimento Superior
Planta - Pavimento Superior

O projeto busca ampliar as experimentações do escritório com os limites de percepção interno versus externo através de um jogo entre término da estrutura, posicionamento de vedações, vazios, brises externos e paisagismo, elevando os espaços laterais de recuos, geralmente relegados, a uma posição de protagonistas do cotidiano dessa construção.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

O projeto busca ampliar as experimentações do escritório com os limites de percepção interno versus externo através de um jogo entre término da estrutura, posicionamento de vedações, vazios, brises externos e paisagismo, elevando os espaços laterais de recuos, geralmente relegados, a uma posição de protagonistas do cotidiano dessa construção.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Mirante / FGMF Arquitetos" [Mirante House / FGMF Arquitetos] 25 Set 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/880032/casa-mirante-fgmf-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.