O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Showroom
  4. Brasil
  5. MNMA studio
  6. 2017
  7. Forma e L'Atelier / MNMA studio

Forma e L'Atelier / MNMA studio

  • 05:00 - 22 Setembro, 2017
Forma e L'Atelier / MNMA studio
Forma e L'Atelier / MNMA studio, © Andre Klotz
© Andre Klotz

© Andre Klotz © Andre Klotz © Andre Klotz © Andre Klotz + 16

  • Arquitetos

  • Localização

    R. João Moura, 100 - Pinheiros, São Paulo - SP, Brasil
  • Área

    100.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

© Andre Klotz
© Andre Klotz

Descrição enviada pela equipe de projeto. A mostra de mobiliário, Forma e L’Atelier: um recorte do design moderno paulistano com o projeto expográfico assinado pelo MNMA studio a convite da casa- galeria Apartamento 61, passa pelos anos 50, 60 e 70, e não tem a pretensão de ser uma exata reconstituição histórica. A intenção é criar e estabelecer diálogos entre a Forma e a L’Atelier, e recontar – através de móveis, fotos, arquivos e depoimentos – a história dessas duas fábricas, que abriram suas portas nos anos 50 na cidade de São Paulo.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

O Local da mostra foi em uma das primeiras casas modernistas, idealizada pelo artista Victor Brecheret em torno de 1939 e que posteriormente passou por uma intervenção assinada pelo arquiteto Rino Levi, atualmente funciona  como uma casa-galeria com curadoria do casal André Visockis e  Vivian Lobato, com um acervo refinado de mobiliário  e  que atende colecionadores do mundo todo.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

A própria casa se tornou o partido do projeto. O "esqueleto" de frames metálicos  retirados dos próprios ângulos da estrutura formou uma instalação que dialoga  com o espaço  permitindo que a  própria  arquitetura original guie o  Expográfico e todo o mobiliário exposto ganhe uma forte expressão.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

A história do design moderno paulistano está fortemente ligada ao fim da Segunda Guerra Mundial.

Planta
Planta
© Andre Klotz
© Andre Klotz

O ponto de partida desta exposição é a virada dos anos 1940 para 1950, com a chegada do italiano Carlo Hauner e do polonês Jorge Zalszupin ao Brasil. Nessa época, o país passava por grandes transformações no campo industrial e na urbanização das cidades, em especial no eixo Rio-São Paulo, na tentativa de construir um Brasil moderno.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

Junto às mudanças pelas quais o Brasil passava, parte dos estrangeiros que se fixou em São Paulo aliados a empresários, promoveram iniciativas importantes na metrópole, que vivia uma efervescência cultural com a abertura do MASP, do MAM e das primeiras Bienais.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

A arte e a arquitetura já expressavam o modernismo. Em paralelo, surgiu a necessidade de um mobiliário que conversasse com essa nova proposta estética. O cenário de São Paulo era favorável e foi essencial para a condução de novas experiências de artistas e arquitetos, que se aventuraram como empresários na tentativa de desenhar móveis para ambientes modernos. Entre elas estão a Forma, fundada por Carlo Hauner e a L’Atelier, de Jorge Zalszupin.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

Tanto na Forma, como na L’Atelier, percebe-se uma ruptura com o antigo e com os “móveis de estilo”. O pensamento moderno e ao mesmo tempo muito dinâmico que acompanhou as mudanças socioeconômicas que o país passava, a aposta na difusão do mobiliário moderno a partir da produção de móveis seriados, e por fim a influência e sucesso na importação do design internacional, que colocou o Brasil em contato com grandes nomes do design mundial.

© Andre Klotz
© Andre Klotz

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
MNMA studio
Escritório
Cita: "Forma e L'Atelier / MNMA studio" 22 Set 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/879573/forma-e-latelier-mnma-studio> ISSN 0719-8906