O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Austrália
  5. Phorm architecture + design
  6. 2016
  7. Casa na Árvore Taringa / Phorm architecture + design

Casa na Árvore Taringa / Phorm architecture + design

  • 13:00 - 18 Agosto, 2017
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Casa na Árvore Taringa / Phorm architecture + design
Casa na Árvore Taringa / Phorm architecture + design, © Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones
  • Construção

    Marvel Constructions
  • Projeto Estrutural

    Optimum Structures
  • Fabricação e Instalação em Aço

    Watkins Steel
© Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa na Árvore Taringa é uma extensão da residência no quintal. É, ao mesmo tempo, integrada e independente da casa principal. A Casa na Árvore traz uma mudança na ocupação do terreno, refletindo uma atitude de informalidade inspirada por uma árvore peculiar e pelo território que ela ocupa.

© Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones

Brisbane é um lugar verdejante, subtropical e suburbano. Os lotes das casas geralmente são longos e estreitos. As casas tradicionais de madeira e estanho se aproximam educadamente do limite da rua e criam grandes espaços desocupados na parte posterior. Esses "quintais" tendem a ser cobertos de vegetação, sem regras e dominados por crianças e suas estruturas improvisadas. A Casa na Árvore é concebida como um convite para visitar e se envolver neste espaço especial, geralmente inexplorado.

© Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones

A área da edificação é reduzida e seu posicionamento é feito com cuidado para minimizar a interferência na paisagem. O edifício gera um grande pátio entre ele e a casa, assegura privacidade aos vizinhos e proporciona sombra à tarde. A planta triangular foi a resposta encontrada para os condicionantes do entorno.

Vista Axonométrica
Vista Axonométrica

A borda longa [hipotenusa] foi interrompida para acomodar a majestosa árvore, abrindo uma ampla face nordeste para o jardim, projetada também para receber o jogo das sombras da árvore. O lado mais curto contém a escada translúcida.A fachada oeste captura o calor intenso e a luz do dia e pode ser vista da rua. Revestida com um drapeado metálico, a Casa na Árvore é revelada ao bairro como um objeto urbano inesperado em meio à vegetação. Ela não apresenta uma elevação formal voltada para a casa original, somente a "borda fina da cunha" está presente. A intenção não era preencher o espaço do quintal, mas manter seu aspecto natural e desocupado.

© Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones

A edificação é projetada como um conjunto de espaços informais, com paredes divisórias de correr abertas para abraçar e usufruir da paisagem. O programa não é rígido, o andar de baixo é uma plataforma similar a uma varanda, há uma parede de escalada, e o andar de cima é um loft. A escala do edifício é proporcional à árvore. A estrutura é esticada e alongada para alcançar os galhos mais baixos. A escala dos próprios usuários muda conforme a escala dos espaços internos; em alguns momentos aumenta e em outros diminui. O movimento é centrífugo ao longo dos seus 3 lados, levando os ocupantes do térreo à cobertura. A estrutura do edifício sutilmente reforça as mudanças na orientação e na geometria ao longo do trajeto.

Plantas - Níveis Inferior e Superior
Plantas - Níveis Inferior e Superior

Muitos aspectos da Casa na Árvore são reflexos não da arquitetura residencial local, mas sim da linguagem lúdica e da sensibilidade das tradicionais casinhas cúbicas das crianças que surgem nesse tipo de terreno. Embora refinada e precisamente executada, a Casa na Árvore traz uma reflexão sobre a montagem dos ecléticos materiais e texturas dessas estruturas simples. E ainda mais particularmente, sua capacidade de coletar experiências do lugar e criar memórias.

© Christopher Frederick Jones
© Christopher Frederick Jones

Ver a galeria completa

Cita: "Casa na Árvore Taringa / Phorm architecture + design" [Taringa Treehouse / Phorm architecture + design] 18 Ago 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/877610/casa-na-arvore-taringa-phorm-architecture-plus-design> ISSN 0719-8906